Enquete

Enquanto isso…(Paulo Câmara esquece o Sertão)

1128e39758b74bb3dba9999f26514b42

Organizadores do 3º Festival Internacional da Sanfona apresentam novidades do evento em café da manhã nesta quarta

festival sanfonaOs organizadores do 3º Festival Internacional da Sanfona realizarão nesta quarta-feira (1º/7) um café da manhã, no Grande Hotel de Juazeiro, às 8h, para apresentar as novidades do evento deste ano à imprensa regional.

O 3º Festival Internacional da Sanfona acontecerá em Juazeiro, entre os dias 14 e 18 de julho e contará com a presença de grandes instrumentistas de várias regiões do país e do exterior. Realizado pela ‘Toca Pra Nós Dois Produções e Eventos Ltda’ e ‘Conspiradoria Projetos e Produções Ltda’, o evento homenageará dois ícones do instrumento: o mestre Camarão e Dino Rocha. Durante a programação do festival serão oferecidas ao público varias atividades como oficinas em sanfona, work shops, exposições, concurso de sanfoneiros, shows e concertos musicais, entre outros.

O festival é patrocinado pelo Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), através Lei Rouanet do Ministério da Cultura e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Juazeiro.

Museu de Fauna da Caatinga em Petrolina tem registro em cadastro nacional do Ibram

museu fauna petrolinaBoa notícia para a região: o Museu do Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Petrolina, que tem recursos advindos da importante parceria com o Ministério da Integração Nacional, está constando, desde a manhã de ontem (29), no Cadastro Nacional do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), órgão vinculado ao Ministério da Cultura, que já conta com mais de três mil instituições museológicas no Brasil.

Responsável por manter a Política Nacional de Museus (PNM), o aumento de visitação e arrecadação desses espaços, além de fomentar políticas de aquisição e preservação de acervos, o Ibram também administra diretamente 29 museus no país. Com a introdução nesse cadastro, o equipamento do Cemafauna não apenas passa a constar na consulta online no site do Instituto, como poderá também participar de editais para fomento a projetos e atividades integradas ao âmbito nacional.

No total, mais de 7 mil pessoas já visitaram o Museu da Univasf, entre estudantes, professores, pesquisadores, servidores públicos de Petrolina, Juazeiro da Bahia e Jaguarari (norte da Bahia), bem como do Piauí, Alagoas, Paraná – entre outros. O local ainda conta com uma loja de produtos do Cemafauna, tais como camisas, bonés, bolsas, canecas, quebra-cabeças, chaveiros, cartões postais, além de livros sobre animais da fauna brasileira.

O Museu fica localizado no Campus Ciências Agrárias da Univasf, na BR-407, Km 12, lote 543, Perímetro de Irrigação Nilo Coelho – s/n, no C1. A visitação é gratuita. Vale ressaltar que visitas de grupos de, no máximo 50 pessoas, devem ser realizadas pelo telefone (87) 2101-4821, ou ainda pelo e-mail museu.cemafauna@univasf.edu.br. (foto: Wesley Lopes/divulgação)

Brasileiros que vão aos EUA com frequência terão acesso facilitado

dilma e obamaA presidente Dilma Rousseff anunciou nesta terça-feira (30), ao lado do presidente norte-americano Barack Obama, a inclusão de cidadãos brasileiros no programa Global Entry, que facilita a entrada de quem viaja com frequência aos Estados Unidos. O anúncio foi feito durante declaração conjunta à imprensa, após reunião de trabalho entre os dois presidentes.

No Global Entry, o viajante não precisa passar pelas filas de imigração, apenas passa o passaporte em leitor eletrônico ao desembarcar nos EUA. A medida deverá beneficiar viajantes frequentes, sem validade para turistas eventuais.

Dilma também destacou a assinatura de um acordo previdenciário que vai beneficiar a comunidade brasileira que vive nos Estados Unidos.

Durante a declaração, Dilma e Obama destacaram a cooperação bilateral em áreas como comércio, investimentos, educação, defesa, energia e ciência e tecnologia e mudanças climáticas.

A presidente brasileira disse que a recuperação da economia dos Estados Unidos é importante para as economias do Brasil e do mundo e quer aproveitar o cenário para ampliar o fluxo de comércio e investimentos entre os dois países.

“Queremos ampliar e diversificar nossas trocas, nosso desafio é dobrar a corrente de comércio em uma década. O objetivo é construir condições para um relacionamento comercial ambicioso entre o Brasil e os Estados Unidos. Para isso, no curto prazo, devemos remover os obstáculos não-tarifários existentes para bens industriais e agrícolas, devemos reduzir a burocracia, as complicadas autorizações e outras restrições, ao mesmo tempo em que gostaríamos que fosse reconhecida a qualidade dos processos produtivos do Brasil”, listou.

Dilma destacou a nova etapa do programa de concessões e disse que espera participação de investidores norte-americanos nas licitações de obras de infraestrutura do Brasil incluídas no pacote.

Matriz energética

Obama e Dilma também assinaram um compromisso para ampliar a participação de energia renovável na matriz energética dos dois países até 2030, para contribuir com a redução das emissões de gases de efeito estufa, que agravam as mudanças climáticas.

Ela acrescentou os esforços do Brasil para reduzir o desmatamento e disse que a meta é zerar a derrubada ilegal no país até 2030. “Também queremos virar a página e passar a ter uma política clara de reflorestamento. É importantíssimo para o Brasil, tem a ver com compromisso próprio que assumimos no Código Florestal”, acrescentou.

Dilma e Obama também comentaram a reaproximação entre os Estados Unidos e Cuba. Obama agradeceu o apoio de Dilma e do Brasil no processo e nas negociações para a abertura de embaixadas em Havana e Washington. Dilma reiterou o convite para que Obama venha ao Brasil em 2016 para os Jogos Olímpicos do Rio. O norte-americano agradeceu o convite e brincou que, caso venha ao Rio, não poderá usar em público uma camiseta do Brasil, presente de Dilma, para não entrar em conflito com seus compatriotas. (fonte: ABr/foto: Roberto Stuckert Filho/PR)

Artigo do leitor: “Reduzir não é a solução”

maioridade penalRodeado de muita polêmica, a redução da maioridade penal é veemente reprovada pela estudante universitária Raíssa Vasconcellos. Militante do Levante Popular da Juventude e presidente do Conselho Municipal da Juventude de Petrolina, ela argumenta que a medida não vai contribuir, em hipótese alguma, no combate à violência que campeia no país.

Confiram a íntegra do artigo:

Voltou à tona nas últimas semanas, por conta das votações no Congresso Federal, a discussão em torno da redução da maioridade penal em nosso país. Nenhuma surpresa, pois se trata de mais um elemento do atual cenário de avanço da pauta conservadora em nosso no Brasil.

Não há outra explicação. O que temos hoje é um assanhamento de setores conservadores e retrógrados que, não satisfeitos em avançar contra direitos dos trabalhadores e trabalhadoras, querem também por a nossa juventude na prisão.

E para isso se aproveitam da falsa ideia de que encher as prisões de gente irá trazer alguma segurança para a sociedade. Mas será que esta é a solução? Quem parou para analisar com fatos e dados concretos se tal medida ajuda ou não no combate à violência e num futuro melhor para os nossos jovens?

Segundo dados da Secretaria Nacional de Juventude, o Brasil possui hoje a quarta população carcerária do mundo e o número de presos cresceu 77% desde 2005. Será mesmo que a população se sente mais segura com isso? Estes números talvez provem que o encarceramento não resolve o problema da violência.

Quanto aos adolescentes em conflito com a lei no Brasil, estudo recente do IPEA mostra que entre os jovens, com idade entre 16 e 18 anos, em conflito com a lei e privados de liberdade, mais de 60% eram negros, 51% não frequentavam a escola, 49% não trabalhavam quando cometeram o delito e 66% viviam em famílias consideradas extremamente pobres. Então eu volto a perguntar se a prisão é a solução para a violência ou se faz mais sentido investir mais ainda em educação, trabalho digno e inclusão social. Para mim parece claro, mais uma vez, que vale a pena investir na juventude brasileira.

Vale sempre lembrar que a legislação brasileira já prevê meios de punição para o jovem infrator, com medidas que vão de prestação de serviço à comunidade e reparação de danos, a medidas socioeducativas em meio fechado com internação provisória, quando assim entendido ser necessário a partir da gravidade das ações. Portanto, a impunidade do adolescente é um mito, compartilhado por muitos e atestado pelo próprio IPEA, mas sem uma base concreta de realidade.

Este é um debate mais complexo, certamente, e que exige boa dose de estudos e análises e nestas poucas linhas são trazidas apenas algumas observações. Mas está claro que é um assunto que não deve ser tratado de maneira intempestiva. Parece claro também que soluções definitivas passam por forte investimento em educação e na abertura de oportunidades e qualificação para a juventude brasileira. Este, sim, é um desafio não só de um governo, mas de toda uma nação, para a garantia de um melhor futuro para todas e todos e, sobretudo, para nossa juventude.

Raissa Vasconcellos/Estudante da Univasf, Militante do Levante Popular da Juventude e Presidente do Conselho Municipal de Juventude de Petrolina

(foto/reprodução arquivo)

O que eles disseram…

frase medeiros

Deputado baiano defende ruptura nacional do PT com o PMDB após votação da maioridade penal

jorge sollaO deputado federal Jorge Solla (PT-BA) aconselhou a presidente Dilma Rousseff (PT) a conversar com o ministro Jaques Wagner (Defesa) sobre a possibilidade de rompimento com o PMDB. O petista defendeu o fim da aliança em pronunciamento no plenário da Câmara nesta terça-feira (30), quando será votada a redução da maioridade penal. (mais…)

Enaltecendo papel dos servidores, Lossio lança Plano Municipal de Educação

lançamento lossio PMEEnaltecendo o papel dos servidores da área, o prefeito de Petrolina, Julio Lossio, lançou na manhã desta terça-feira (30) o Plano Municipal de Educação (PME). O documento estabelece 20 metas e estratégias para o setor nas redes pública e privada de ensino, com duração entre os anos de 2015 e 2025. A solenidade de lançamento do PME aconteceu no gabinete da prefeitura, que ficou lotado. Além do secretário de Educação, Heitor Leite, o evento contou também com a presença do ex-deputado Osvaldo Coelho, além de vereadores aliados, líderes comunitários e educadores.

Em seu discurso, Lossio fez questão de ressaltar a importância que a Secretaria de Educação (Seduc) e, sobretudo, seus servidores, terão na eficácia do PME. “Isso é o que devemos fazer, dentre as milhões de ideias que temos: ter alguém que possa concretizá-las e transformá-las em algo de concreto para a população”. Segundo ele, os educadores são “pilotos de um avião. E um avião não vai a lugar nenhum se não tiver um bom piloto”.

O secretário de Educação, Heitor Leite, chamou atenção também para a necessidade de um bom planejamento. “Nós não conseguiremos chegar a lugar algum, se não tivermos planejamento“, frisou. Ainda de acordo com Heitor Leite, a cidade prepara-se agora para uma nova fase. “Vamos para uma etapa que não é fácil. Vamos para o momento de colocá-las (as metas PME) em prática”, concluiu, lembrando que ações já são executadas em busca dos melhores resultados.

Exemplo disso foi a conquista de Petrolina em primeiro lugar no Sistema de Avaliação Educacional de Pernambuco (SAEP), na região do Submédio São Francisco e também, do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que se destacou à frente de 22 capitais brasileiras.

Além do PME, Lossio também assinou ordens de serviços para a construção de uma nova escola no Quilômetro 25 (Perímetro Maria Tereza) e a reforma de outras 29 unidades de ensino, passando pela ampliação das unidades escolares e aquisição de novas salas, conjuntos de banheiros com acessibilidade, cozinha, quadras e pátios. (fonte/foto: Ascom PMP/divulgação)

Divulgado resultado de enquete sobre como internautas acessam o Blog. Próxima é sobre sucessão municipal de Petrolina

resultado enqueteEncerramos agora há pouco a enquete em que perguntávamos ‘Como você acessa o Blog do Carlos Britto?’. Os resultados mostram que 2.652 internautas responderam ao questionamento, que tinha três opções de escolha: Celular, Computador e Tablets.

Conforme os dados, 67,9% (1802 pessoas) responderam que acessam este Blog por meio de computadores; 28,4% (752 pessoas) nos visitam pelo celulares; e 3,7% (98 pessoas) disseram que acessam por tablets.

Nova enquete

A nova enquete do Blog diz respeito aos rumos políticos do município, e queremos saber: ‘Se o prefeito de Petrolina, Julio Lossio, indicasse um secretário para sua sucessão, quem destes seria?’. São cinco opções de escolha: Orlando Tolentino, Ednaldo Lima, Cleber Carlos, Lúcia Giesta e Marcelo Cavalcanti.

Vale ressaltar que a enquete vai permanecer no topo da página do Blog por mais dois dias. Em seguida o resultado será divulgado.

PDT da Bahia fará encontro regional em Juazeiro de olho em 2016

roberto carlosA executiva do Partido Democrático Trabalhista (PDT) da Bahia anunciou para breve um encontro regional da legenda, marcado para acontecer em Juazeiro. O porta-voz da informação foi o deputado estadual Roberto Carlos, vice-presidente da legenda.

O foco do encontro, como não poderia deixar de ser, é o pleito municipal de 2016. “O objetivo é reunir os deputados estaduais, federais, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, presidentes e vice-presidentes pedetistas da região norte do estado para que, em consenso, de forma democrática e transparente, possam adotar as melhores diretrizes para as eleições do ano vindouro”, disse.

O presidente do PDT em Juazeiro, Kauber Fernandes, o vice-presidente Florêncio Galdino – além do próprio deputado – serão os grandes anfitriões do evento. A assessoria parlamentar não informou, no entanto, se o encontro já tem data definida.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br