Com saída de Ranilson para o TCE, Aldo Santos assume pasta de Agricultura e Reforma Agrária de PE

[slider id=”nomeacao-aldo”]

Com a saída de Ranilson Ramos do Governo de Pernambuco para assumir uma vaga como conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Aldo Santos, que era secretário executivo de Agricultura Familiar, agora assume a Secretaria estadual de Agricultura e Reforma Agrária.

O governador Eduardo Campos (PSB) assinou, na tarde desta segunda-feira (13), tanto o ingresso de Ranilson  para o TCE, quanto a nomeação de Aldo Santos como novo secretário da pasta. Os atos serão publicados no Diário Oficial desta terça-feira (14).

Perfil

José Aldo dos Santos é natural da cidade de Altinho, no Agreste pernambucano. Formado em Agronomia e mestre em Administração Rural pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), coordenou o Centro de Desenvolvimento Agroecológico Sabiá e foi membro da coordenação estadual da Articulação do Semiárido (ASA) no estado, da coordenação executiva da ASA-Brasil e da coordenação nacional da Articulação Nacional de Agroecologia (ANA).

O novo secretário faz parte do Comitê Integrado de Combate à Estiagem e é o atual presidente do Conselho de Desenvolvimento Rural Sustentável de Pernambuco (CDRMS). Ingressou na atual gestão em janeiro de 2011, quando assumiu a Secretaria Executiva de Agricultura Familiar. Em junho de 2012, acumulou a gerência-geral do Programa de Desenvolvimento Rural Sustentável de Pernambuco (Prorural).

Comentários

4 thoughts on “Com saída de Ranilson para o TCE, Aldo Santos assume pasta de Agricultura e Reforma Agrária de PE”

  1. Osvaldo disse:

    Impossivel entender que um politico que foi secretário de governador passe ao Tribunal de Contas, num ato assinado pelo seu anterior chefe que ele vai controlar no futuro. Já tinha mãe de governador no TCU e mulher como secretária. E assim vamos.

  2. Joaquim disse:

    Que isenção terá o TCE com essas nomeações políticas?

  3. FAS disse:

    Esse cidadão já era puxado governador mesmo e agora ele vai está no lugar certo, o coronel Eduardo ja tem a mãe no TCU e por ai vai. baba nesse pais tem as suas recompensa. Trabalhe para fazer jus ao seu pequeno salario.

  4. Amaral disse:

    Tambem acho estranho esses tribunais de contas serem ocupados por politicos, deveria ser um cargo totalmente tecnico, ate pq não dá visibilidade politica pra ninguem, fica parecendo corrupção cristalina essas manobras

Deixe uma resposta

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br