Obras de construção civil em Petrolina têm irregularidades, aponta sindicalista

12

A preocupação do Sindicato Nacional dos Empreiteiros de Mão-de-obra e Autônomos das Indústrias de Construção Civil (Sinuscom) com a fiscalização mais rigorosa das obras em andamento em Petrolina é tão grande quanto o significado da sigla da entidade.

Segundo o presidente do Sinuscom, José Augusto dos Santos, um bom exemplo são as casas populares construídas na cidade. Ele afirma que nem prefeitura, nem Crea, nem Caixa Econômica (parceira do programa habitacional) e nem Ministério do Trabalho fiscalizam como deveriam. As irregularidades mais comuns são a falta de equipamento de segurança dos obreiros e ausência de placas indicativas da obra e/ou da construtora.

Mas não são apenas as obras públicas. Quem tem terreno e que construir um imóvel tem de atentar para as normas vigentes, segundo José Augusto. “É quem nem um carro, quando você compra de uma cor e que mudar para outra, tem que pedir autorização ao Detran. Com construção é a mesma coisa. Não dá para você sair levantando uma casa sem levar em conta algumas normas”, revelou.

12 COMENTÁRIOS

  1. gostei na sua repostagem, mas ficou um erro grave quando vcs controu o nome do sindicato SIMOSCOM POR SINUSCOM

    ATENCIOSAMENTE

    Jose Augusto dos Santos presidente do SIMOSCOM

  2. Carlos Britto, bom dia li sua materia e vir tamanha repecução do sindicato que chegou a Petrolina para mostrar tudo que acontece nos bastidores da elite, mais digo que não só em Petrolina mais em outras localidades o SIMOSCOM faz este alvorosso com os especuladores da noticia, não fico supreso e parabens para o nosso presidente Estadual Jose Augusto dos Santos.
    parabens, parabens:

  3. O meu comentário é exclusivamente sobre o post acima do senhor Edward’s Belliny de Araújo.
    Em pesquisas que fiz na internet descobri que este senhor ,o Edward’s Belliny de Araújo é nada mais nada menos do que o Presidente Nacional do Simoscom.
    Como um presidente NACIONAL de uma potência,que é um sindicato se porta dessa maneira?
    Com essa falta de repertório e ainda mais com erros ABSURDOS de português.Uma ofensa a norma culta da nossa linguagem. Não tenho medo algum em falar que este senhor é um ANALFABETO! Realmente tem coisas que não consigo guardar em mim.

    Cordialmente,
    João Pedro Silva.

  4. Achei ótimo o trabalho do SIMOSCOM, mas no site oficial tem o número do escritório do sindicato de petrolina, eu liguei e era número de orelhão. gostaria muito que vocês me enviassem por email o número correto do escritório do SIMOSCOM de petrolina.
    Obrigado.

  5. Prezados,
    Para a segurança jurídica de todos que pretendem contatos com o referido SIMOSCOM ( que foi erroneamente denominado “sinuscom” pelo blogueiro responsável pela matéria ) sinto-me na obrigação de alertá-los quanto às evidências de crimes de estelionato, praticados pelo Sr. Manoel Belino de Araújo, que há 35 anos se faz passar por “Edwards Belliny de Araujo”. Ocorre que o referido sindicato trata-se de mera empresa de sociedade civil devidamente constituída, não tratando-se de entidade sindical propriamente dita. Ocorre, também, que o representante do referido sindicato encontra-se detido na cidade de São Paulo, de acordo com matéria veiculada pela reportagem da tv Bandeirantes em data retro, por práticas de estelionato e outros crimes, cometidos ao longo de 35 anos! Cumpre ressaltar que, embora o simoscom tenha se declarado vítima do estelionatário, este sindicato ainda veicula o nome do golpista em seus sites, que, de forma premeditada, informa números telefônicos inverossímeis e endereços incompletos. Assim, para aqueles que pretendem se engajar na suposta atividade sindical desempenhada por esse sindicato indiciado, e seus representantes, serve o presente como alerta!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome