Tuparetama: Após novo recurso, TRE-PE mantém registro de candidatura de prefeito eleito

SávioTorres - TuparetamaO Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) manteve, pela quarta vez seguida, nesta segunda-feira (5), o registro de candidatura do prefeito eleito de Tuparetama, Sávio Torres. Ele já havia conseguido o registro na Justiça Eleitoral em primeira instância, quando teve o pedido de candidatura deferido pela juíza eleitoral Ana Marques Veras.

A coligação Frente Popular de Tuparetama, do prefeito e candidato à reeleição, Dêva Pessoa, recorreu pela terceira vez junto ao TRE-PE, mas o Tribunal, por unanimidade, negou provimento ao novo recurso, mantendo Sávio como candidato e ratificando o resultado eleitoral. (Com informações de Anchieta Santos/ para o Blog/foto reprodução)

Transporte público: Gratuidade para idosos com menos de 65 anos e pessoas com necessidades especiais está suspensa em Petrolina

ônibusOs idosos com menos de 65 anos de idade e pessoas com alguma necessidade especial devem ficar atentos à gratuidade no transporte público de Petrolina. Por meio de nota enviada ao Blog nesta terça-feira (6), o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo do Vale do São Francisco (Setranvasf) informou que a gratuidade está suspensa na cidade e que os beneficiários devem procurar o Sindicato para revalidar seus cartões. Confiram a nota:

(mais…)

Lossio empossa nova diretoria da Facape para quadriênio 2017/2020

posse-antonio-habib-facape

O prefeito de Petrolina, Julio Lossio, empossou na noite de ontem (5) a nova diretoria da Autarquia Educacional do Vale do São Francisco (AEVSF)/Facape) para o quadriênio 2017/2020. O presidente Antonio Habib; o diretor executivo, José Alberto; a diretora acadêmica, Vânia Lassalvia; e a diretora administrativa financeira, Chirley Vianna formaram a chapa vencedora das eleições realizadas no último dia 4 de novembro, na autarquia. (mais…)

Foragido da Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes é recapturado em residencial de Petrolina

Penitenciária Edvaldo GomesUm fugitivo da Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes, em Petrolina, foi recapturado nesta terça-feira (5) no Residencial Vivendas, do Programa ‘Minha Casa, Minha Vida’.

Segundo informações repassadas pela Polícia Civil, Francisco Ednaldo Rodrigues estava foragido há cerca de três meses e foi localizado na Rua B do Bloco Rio Jordão.

Confiram as vagas de emprego disponíveis hoje na Agência do Trabalho em Petrolina

empregoA Agência do Trabalho de Petrolina divulgou mais uma lista com as vagas de empregos disponíveis para esta terça-feira (6). A lista traz oportunidades para Atendente de mesa, Técnico agrícola, Auxiliar de cozinha, Operador de caixa, entre outras.

O atendimento ao público é feito das 7h às 13h. A agência fica localizada no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho, área central de Petrolina. Outras informações podem ser obtidas através do número (87) 3866-6540. A lista completa pode ser conferida clicando aqui .

Uauá: Sem transporte, 180 pacientes com câncer têm tratamento suspenso

hospital-dr-jair-braga-uauaMoradores do município de Uauá, no norte da Bahia, cadastrados em um programa de transporte para tratamento em outras cidades, como  Juazeiro e Salvador, tiveram o benefício suspenso pela prefeitura. Ao todo, 207 pacientes, 180 deles com câncer, estão sem assistência. De acordo com o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Benedito Reis, a suspensão do serviço é para conter despesas municipais.

Como se não bastasse, quem precisa de atendimento no Hospital Municipal Doutor Jair Braga, único da cidade, enfrenta outros problemas. O município está com dificuldades para pagar o salário dos dois médicos que trabalham no local. Os profissionais estão exigindo receber antecipadamente para poder trabalhar e chegaram a abandonar o plantão no último fim de semana. Além disso, a unidade de saúde conta apenas com um enfermeiro, porque os outros quatro deixaram o serviço por falta de pagamento.

A secretária de saúde de Uauá, Luciene Góes, disse que recebe do estado R$ 70 mil por mês e que a verba não é suficiente para manter a unidade e os salários dos profissionais de saúde. Segundo ela, a solução encontrada é a negociação com os médicos. “Tem que pagar antecipado. Terminou o plantão, toma o dinheiro“, explicou.

Em nota, a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) disse que a gestão do hospital é de responsabilidade do município. Já a prefeitura de Uauá apenas negou que o tratamento fora do domicílio foi interrompido. (fonte: G1-BA/fto: TV São Francisco)

 

Prefeitos do Sertão pernambucano são diplomados pela justiça eleitoral

geomarco-diplomado

O dia de ontem (5) no Sertão pernambucano foi marcado por diplomações de prefeitos e vereadores eleitos no último dia 2 de outubro. Na região do São Francisco, Geomarco Coelho (PSB) recebeu sinal verde da justiça eleitoral para governar mais uma vez Dormentes, a exemplo de Rafael Cavalcanti (PMDB), que rompeu um ciclo de 40 anos do grupo do deputado federal Adalberto Cavalcanti (PTB) no comando de Afrânio. As duas solenidades foram presididas pelo juiz eleitoral Josafá Moreira. (mais…)

Suposto desacordo entre UPAE e Hospital Memorial pode levar pacientes cardíacos à morte, denunciam médicos

cateterismo-cardiacoPacientes cardíacos de várias cidades da região que precisam de atendimento e recorrem à Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada (UPAE) de Petrolina para serem encaminhados ao Hospital Memorial podem ter complicações de saúde devido a uma ‘quebra de fluxo’ entre as duas unidades. O atendimento no Memorial é feito através de convênio com o Serviço Único de Saúde (SUS).

Segundo denúncias, os médicos da UPAE estariam impedidos de encaminhar pacientes cardíacos para realizar cateterismo (ou outros procedimentos de emergência) no Hospital Memorial, se não houver vagas para interná-los. Tudo teria ocorrido após um suposto desentendimento entre a coordenação médica da UPAE e a equipe médica do hospital.

De acordo com informações, por conta da grande demanda e o Memorial ter poucos leitos, a equipe médica do hospital teria estabelecido uma regra: fazer os procedimentos de emergência e enviar os pacientes de volta para UPAE, para serem acompanhados durante 24 horas ou até surgir vagas. No entanto, a coordenação médica da UPAE teria se negado a receber os pacientes de volta, cortando o fluxo entre a Unidade e o Hospital.

Perigo

Os próprios médicos do Memorial informaram a este Blog que o rompimento desse ciclo pode causar a morte de muitos pacientes, uma vez que é de suma importância o cateterismo e angioplastia em pessoas infartadas. Eles também disseram que 50% dos pacientes infartados morrem em até duas horas, caso não sejam tratados. Também é possível que o paciente fique com sequelas devido à demora no atendimento.

O suposto desentendimento entre as equipes das duas unidades de saúde ainda teria ocasionado a demissão de um profissional da UPAE. No último dia 25 de novembro, o clínico geral, que preferiu não expor sua identidade, contou a este Blog que enviou uma paciente para fazer cateterismo. Após o procedimento, o Memorial informou que a paciente precisava de uma cirurgia, mas o hospital estava sem leito disponível, e pediu à UPAE para recolhê-la até surgir uma vaga ou encontrar outra unidade para fazer a cirurgia. Esse processo já vinha acontecendo há bastante tempo, segundo ele.

O clínico geral teria informado o caso à coordenação médica da UPAE, que teria dito que esse fluxo (de volta) não seria possível. O médico da UPAE teria questionado que estava no regulamento da unidade, mas a coordenação teria rebatido e dito que isso não iria acontecer. O médico da UPAE, então, teria sugerido ao coordenador ligar  para um dos médicos do Memorial para resolver o caso. No dia 29 de novembro, ele foi chamado pela coordenação, que o demitiu. Para demiti-lo, a coordenação teria alegado que “foi uma questão de perfil  de serviço”, contou o profissional, que estava há dois anos nos quadros da UPAE.

Respostas

A reportagem do Blog entrou em contato com a assessoria de comunicação da UPAE, que enviou nota de esclarecimento sobre o assunto. “A Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE/imip) esclarece que, enquanto estabelecimento de saúde pré-hospitalar, recebe demanda espontânea de urgência e emergência, prestando o primeiro atendimento clínico aos pacientes. Após estabilização do quadro clínico, a vaga hospitalar é solicitada junto à Central de Regulação Interestadual de Leitos (CRIL)”, explica.

Ainda na nota, a UPAE diz: “como unidade solicitante, não nos cabe receber pacientes oriundos de serviços de saúde de maior complexidade, pois não somos unidade hospitalar e não realizamos internamento. Assim como não possuímos Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para dar suporte aos pacientes que passam por procedimentos de alta complexidade, como o cateterismo cardíaco.”

A Unidade ainda destaca que “de acordo com a Portaria nº 342, de 4 de março de 2013, do Ministério da Saúde, unidades de saúde como a UPA 24h são obrigadas a contrareferenciar o paciente que necessite de atendimento de alta complexidade para outro serviço de atenção integrante da Rede de Urgência e Emergência, proporcionando continuidade ao tratamento com impacto positivo ao quadro de saúde individual”, frisa. “Quanto ao caso do médico que foi desligado da UPAE, a Unidade esclarece que os motivos foram anteriores e alheios ao fato em questão”, finaliza a nota.

O Blog voltou a questionar a equipe do Memorial, a qual disse que a explicação da UPAE é uma norma da Secretaria de Saúde de Pernambuco. Porém, é questão de “bom senso” o envio dos pacientes para serem tratados e encaminhados de volta, pois o serviço já vinha sendo realizado há muito tempo e “funcionando perfeitamente”. Para solucionar o caso, o Memorial vai tentar um novo contato com a UPAE e também com a Secretaria de Saúde do Estado.

Reunião na Embrapa Semiárido marcará instalação de Comitê Assessor Externo

LOGO_EmbrapaUma reunião marcada para quinta-feira (8), a partir das 8h, na sede da Embrapa Semiárido em Petrolina, servirá como apresentação e instalação da nova diretoria do Comitê Assessor Externo (CAE) do centro de pesquisa. O órgão consultivo é formado por representantes das cadeias produtivas e de segmentos estratégicos da iniciativa privada, de instituições de ensino, organizações estaduais de pesquisa e extensão rural e entidades representativas da sociedade civil.

O Comitê foi criado em todos os centros de pesquisa da Embrapa, com a finalidade de promover a interlocução entre a instituição e seu ambiente externo, apresentando e debatendo problemas, soluções, desafios, tendências e oportunidades relacionadas ao universo de atuação da empresa. Entre suas atribuições está a captação de demandas dos segmentos agrícolas, em particular, e da sociedade em geral, e o monitoramento do ambiente, especialmente quanto à análise de tendências nos cenários de Ciência, Tecnologia e Inovação que sejam relevantes ao planejamento e à programação de pesquisa e desenvolvimento.

A reunião de instalação do CAE, que acontece durante a manhã, se dará em forma de audiência, sendo aberta à participação dos empregados e de representantes de instituições parcerias e do setor produtivo. Na ocasião, o presidente do CAE e diretor executivo de Transferência de Tecnologia da Embrapa, Waldyr Stumpf Júnior, irá contextualizar aos participantes o modelo de gestão da empresa e o potencial de contribuição do Comitê. O chefe-geral da Embrapa Semiárido, Pedro Carlos Gama da Silva, também fará uma apresentação da Agenda de Prioridades da Unidade, englobando as áreas de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação, Transferência de Tecnologia e Gestão Institucional.

Pela tarde, após uma visita às instalações da empresa, os membros do CAE se reúnem em sessão fechada, em que irão apresentar os desafios e tendências do setor produtivo. As demandas levantadas serão qualificadas e priorizadas, concluindo a reunião com uma proposta de encaminhamentos.
Na sexta (9), o diretor Waldyr Stumpf Júnior e as chefias da unidade participam de uma reunião interna para fechamento do que foi apresentado, destacando os principais pontos e demandas priorizadas com os membros do CAE, e definindo estratégias para tomada de decisão das medidas apontadas durante a reunião do CAE.

Composição

A composição do Comitê (2016 – 2019) é a seguinte:

Presidente
– Waldyr Stumpf Júnior, Diretor Executivo de Transferência de Tecnologia da Embrapa.

Secretário-executivo
Pedro Carlos Gama da Silva, Chefe-Geral da Embrapa Semiárido.

Membros indicados

– Antônio Rocha Magalhães, Consultor do Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE);
– Fernando Castilhos de Araújo Galindo Félix , Gerente do Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de Pernambuco;
– Ivan Pinto da Costa, Presidente do Instituto da Fruta do Vale do São Francisco–BA;
– Lúcia Carvalho Pinto de Melo, Secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de Pernambuco;
– Marco Aurélio Delmondes Bomfim, Chefe-Geral da Embrapa Caprinos e Ovinos;
– Mário Antônio Pereira Borba, Presidente do Sistema Nacional de Aprendizagem Rural (Senar);
– Naidison de Quintella Baptista, Coordenador da Articulação para o Semiárido (ASA), Técnico I do Movimento de Organização Comunitária (MOC), de Feira de Santana – BA e Presidente do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional do Estado da Bahia;
– Paulo do Carmo Martins, Chefe-Geral da Embrapa Gado de Leite. (fonte: Ascom Embrapa Semiárido)

Petrobras anuncia novo aumento dos preços dos combustíveis

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (5) o reajuste dos preços da gasolina e do diesel nas refinarias. Os aumentos foram de 8,1% e 9,5%, em média, segundo a estatal, e passam a valer nesta terça-feira (6). Se o reajuste for integralmente repassado pelos outros integrantes da cadeia do petróleo, sem alteração das demais parcelas que compõem o preço ao consumidor final, o diesel pode subir 5,5%, ou cerca de 17 centavos de real por litro, e a gasolina, 3,4%, ou 12 centavos de real por litro.

As principais razões para o aumento, segundo a Petrobras, são a alta nos preços do petróleo e derivados e a desvalorização da taxa de câmbio no período recente. “A Petrobras reafirma sua política de revisão de preços pelos menos uma vez a cada 30 dias, o que lhe dá a flexibilidade necessária para lidar com variáveis cuja volatilidade vem aumentando recentemente”, diz comunicado da companhia.

O reajuste nos preços dos combustíveis era considerado certo por muitos analistas, desde o acordo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para diminuir o volume de produção da extração de petróleo. O acordo puxou fortes altas na cotação da commodity desde a semana passada. (fonte: Veja)

 

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br