Fechar x

Enquanto isso…

paixao

Artistas pernambucanos reforçam campanha contra desperdício d’água

irah caldeiraO que você faz para economizar água em sua rotina doméstica? Seis representantes da música nordestina responderam à pergunta. Irah Caldeira (foto), Josildo Sá, Maciel Melo, Nonô Germano, Petrúcio Amorim e Silvério Pessoa estão estrelando a  campanha ‘Economia se faz em todo lugar’, promovida pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Sensibilizados pela crise hídrica, especialmente na região do  Agreste, ocasionada pela estiagem que está em seu quinto ano consecutivo, os artistas abriram mão de seus cachês e gravaram vídeos dando dicas simples de como poupar esse recurso.

Nos vídeos, eles mostram como é possível realizar pequenas mudanças na rotina em prol da economia desse bem cada dia mais escasso na natureza. Irah Caldeira revela que, em sua cozinha, as práticas sustentáveis garantem uma relação respeitosa com o meio ambiente. “Eu não lavo frutas, legumes e hortaliças em água corrente. Eu utilizo um recipiente e deixo-os no molho. Quando eu preciso descongelar um alimento, retiro do freezer e coloco na geladeira, de um dia para o outro”, ensina a forrozeira.

Lavar os pratos gastando pouca água é a dica dada pelo cantor e compositor Josildo Sá em sua mensagem. Já Maciel Melo mostra como é possível fazer a barba apenas com uma toalha molhada e um copo d’água. Petrúcio Amorim recomenda fechar a torneira enquanto as mãos são ensaboadas e Nonô Germano aconselha os moradores de prédios e condomínios fechados a fazerem inspeções regulares à procura de vazamentos de água.

Por fim, Silvério Pessoa ressalta a importância de economizar o que ele classifica como “líquido divino” e também aproveita para sugerir ao público tomar um banho mais rápido, abrindo o chuveiro apenas no início e no final. “São artistas que usam seus carisma e identidade com a cultura local para transmitir uma informação essencial: a importância de economizar água num cenário tão adverso como o nosso, no qual a disponibilidade de água é mínima”, afirmou o diretor de Articulação e Meio Ambiente, José Aldo dos Santos.

Uso racional

Ainda  de acordo com o diretor Aldo Santos,  o tema economia de água  deve  estar sempre em evidência, independente de períodos de seca. “Usar água de forma racional é  o primeiro passo para a preservação deste bem finito, que é  a fonte da vida”, afirmou. Com o slogan ‘poupar água faz parte da nossa cultura’, a campanha  estará  nos canais institucionais da Compesa na internet, como a TV Compesa (via YouTube), e as redes sociais Facebook e Twitter. Também será divulgado pelo aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp para o público interno. (fonte/foto: Ascom Compesa)

Associação Proteger fará mais um bazar em Petrolina

cachorroA Associação Proteger irá realizar mais uma edição do seu bazar beneficente. Dessa vez, o evento acontecerá no dia 4 de junho (sábado), na Sociedade 21 de Setembro, em Petrolina (por trás do prédio da prefeitura), das 10h às 14h. O ambiente é climatizado e o local contará com segurança, garantindo maior comodidade e tranquilidade aos clientes que por ali passarem.

As peças do Bazar variam: são roupas, calçados e acessórios femininos e infantis; brinquedos; eletrônicos; entre outros artigos. Os produtos serão comercializados a preços baixíssimos (R$ 1 real o mínimo).

O evento, que é realizado de duas a três vezes no ano, tem como intuito arrecadar fundos para a ONG, que hoje cuida de mais de 100 cães e gatos de rua, e conta com pouca ajuda em forma de doação e de trabalho voluntário.

Outros eventos, como o Festival de Tortas – realizado uma vez por mês –, por exemplo, possui também o intuito de arcar com as despesas da associação, que são muitas. A Proteger também lembra que, durante o bazar, estará como sempre recebendo doações de ração, areia higiênica, produtos de limpeza e medicamentos veterinários (itens de uso diário pela ONG).

Ministro da Integração Nacional visitará amanhã em Cabrobó Projeto de Integração do São Francisco

Josélio-Andrade-MouraO ministro interino da Integração Nacional, Josélio Moura, visitará nesta sexta-feira (6) a segunda estação de bombeamento (EBI-2) do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, localizada em Cabrobó (PE), Sertão do São Francisco, informou a assessoria. O objetivo é vistoriar os trabalhos em uma das maiores estruturas da obra, hoje em fase de testes. Em abril o projeto alcançou o índice de 86,3% de avanço físico nos dois eixos – Norte e Leste.

Maior obra de infraestrutura hídrica do país, o Projeto São Francisco se estende por 477 quilômetros em dois eixos de obras. O empreendimento vai garantir a segurança hídrica de 12 milhões de pessoas em 390 municípios nos estados de Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba. A imprensa regional foi credenciada para acompanhar a agenda de Moura. (foto/reprodução)

Bairro Tabuleiro em Juazeiro vai ficar sem água nesta sexta-feira

tosemaguaOKO bairro Tabuleiro em Juazeiro vai sofrer nesta sexta-feira (06). É que o abastecimento d’água será interrompido das 8h às 14h.

Segundo o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Juazeiro (SAAE), a paralisação será necessária para que seja feito o entroncamento na rede de água que foi construída às margens da BA-210.

A nova rede, ressalta o órgão municipal, vai possibilitar um abastecimento mais eficaz nas ruas 01,02 e 03 do bairro.

Invenção de alunos no norte da Bahia pode ajudar na preservação da Caatinga

alunos sobradinho caatingaUma ideia nascida de um grupo de alunos do 7º ano da Escola Estadual Maria José de Lima Oliveira, da cidade de Sobradinho, no norte da Bahia, pode ajudar a preservar um dos mais importantes biomas do país. Eles criaram um foguete com o objetivo de tentar proteger árvores da caatinga que correm risco de entrar em extinção.

O foguete foi confeccionado com material reciclado (garrafa tipo Peti, Papelão, cano PVC e revestimento de papel alumínio) e ao ser lançado espalha sementes. Para isso os estudantes utilizaram a combinação de água e ar (Oxigênio e Hidrogênio).

O resultado da experiência deu tão certo que eles vão expor o Projeto na Feira Estadual de Ciência, esta semana em Salvador. Mais do que merecido. (foto: G1-BA/dibulgação)

A falta de cuidado que salta aos olhos

IMG_7396_Fotor

Quando a infraestrutura é tacanha, as cenas deprimentes aparecem em Petrolina. Essa senhora (foto) é obrigada a sair do abrigo e sentar-se no ‘gelo baiano’, ao lado do ponto de ônibus, pois esperar o coletivo, sentada com dignidade, é impossível.

Este Blog já publicou a denúncia de um comunitário, de que o número de mulheres com problemas vaginais tem aumentado porque esperam o coletivo em locais quentes.

Cuidar das pessoas, como mostra a foto, é mesmo frase de efeito de peça publicitária.

Ednaldo Lima volta a criticar oposicionistas na Casa Plínio Amorim: “Desrespeito com a população”

ednaldo lima

Mais um capítulo da queda de braço entre governistas e oposicionistas na Casa Plínio Amorim terminou em polêmica. Líder do prefeito Julio Lossio (PMDB) na Câmara Municipal, o vereador Ednaldo Lima voltou a criticar a atitude da bancada de oposição, que decidiu se retirar do plenário na sessão realizada na manhã desta quinta-feira (5), levando o presidente da Mesa Diretora, Osório Siqueira (PSB), a dar os trabalhos por encerrados por falta de quórum.

A gota d’água foi dois vetos de Lossio – um referente à instalação e regularização de antenas de transmissão na zona rural do município (048/13), de autoria do ex-vereador Alvorlande Cruz (PSL), e o outro relacionado a uma emenda do Legislativo ao acordo da prefeitura para beneficiar 1,5 mil famílias do Bairro Mandacaru, dentro do projeto de regularização fundiária (032/15) enviado pelo gestor. O terceiro projeto a ser votado seria o reajuste salarial dos servidores da Facape.

Um dos integrantes do bloco oposicionista, Ronaldo Cancão (PTB), solicitou a retirada dos vetos ao presidente Osório, o qual não acatou o pedido. O vereador, então anunciou que estava deixando a sessão, sendo acompanhado por Zé Batista da Gama (PDT), Zenildo do Alto do Cocar (PSB) e Edilsão do Trânsito (PRTB). Com os demais que sobraram em plenário, não havia quórum para continuar a sessão. Ednaldo lamentou profundamente o fato. “Eles tinham a opção de votar contra o veto, mas impedir que não tenha mais sessão, se retirando da sessão, para que não tenha quórum e não aconteça a votação, isso é um desrespeito não com o governo ou com os vereadores da situação, mas com a população. O que a população precisa é que essa Casa trabalhe”, alfinetou.

Questões políticas

Ednaldo disse ainda não entender o “medo” da bancada oposicionista em analisar os projetos do Executivo. Ele deixou a entender, ainda, que os adversários de Lossio na Casa querem levar o debate administrativo para o campo político. “Fico preocupado quando a oposição se posiciona de uma forma que prejudica a cidade. Quando eles eram governo não tinham coragem de colocar essa matéria (a regularização fundiária). Eles são oposição também a projetos do prefeito, de desenvolvimento econômico e de geração de renda. Então, eu lamento essa postura da oposição, que se retirou do plenário com medo de se posicionar a favor ou contra”, disparou o líder governista.

Geomarco: “Entrei para ganhar a eleição em Dormentes”

Geomarco DormentesO ex-prefeito de Dormentes, Geomarco Coelho (PSB), está animado. Em conversa com este blogueiro ele admitiu que tem números que lhe animam em seguir na disputa.

Tenho pesquisas internas que me animam a seguir em frente. O povo de minha cidade sabe do meu compromisso e aprova nossas administrações. Em qualquer pesquisa que eu faça ou eles façam, a gente aparece bem e nossa rejeição é baixíssima, a menor. Entrei para ganhar a eleição”, afirmou.

Geomarco disse ainda que acredita que a cidade assistirá a uma disputa com três candidaturas. “Hoje vejo este cenário. Penso que eu, Josimara e Roniere vamos disputar. É claro que pode acontecer uma surpresa, uma desistência, uma composição. Mas adianto que do meu lado não vai ter desistência. Vejo uma grande vitória”, observou.

Fiscalização Preventiva Integrada no norte baiano fará balanço das ações em audiência pública nesta sexta em Juazeiro

agrotóxicos fazendaO programa de Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) realizará nesta sexta-feira (6), no auditório da 6ª Superintendência Regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), em Juazeiro (BA) uma audiência pública com o intuito de apresentar o balanço da operação e os números atualizados de apreensões e autuações. Os trabalhos fiscalizatórios abrangeram Juazeiro e mais nove municípios do norte da Bahia – Curaçá, Remanso, Casa Nova, Sento Sé, Pilão Arcado, Sobradinho, Uauá, Jaguarari e Campo Alegre de Lourdes.

Entre as ações mais recentes que constarão no relatório do FPI estão uma visita ao matadouro de Curaçá, no último dia 26/04, onde foram detectadas irregularidades. O local já havia sido interditado pelo Instituto de Meio Ambiente (INEMA), por não se adequar à legislação ambiental e sanitária. Na visita, a equipe da FPI verificou indícios fortes de abate no matadouro e registrou, na polícia, o crime de desobediência.

Os responsáveis pelo poder municipal estão sujeitos a responder às sanções previstas em lei. Em nota da assessoria de imprensa, a Prefeitura de Curaçá admitiu as falhas, mas justificou não ter recursos para melhorar a estrutura do matadouro – algo em torno de R$ 900 mil. “O município reconhece que investimento desse cunho está muito além do orçamento, e que deverá tentar buscar através de convênios e projetos em nível estadual e federal para investimento desse porte”, informou a nota.

Ao todo, 25 órgãos da área de meio ambiente e saúde realizam visitas a empreendimentos urbanos e rurais para identificar possíveis irregularidades, de acordo com a assessoria da FPI.

“Temos encontrado inúmeras omissões do poder público em relação à gestão ambiental no norte da Bahia. É preciso seriedade dos municípios, pois essas ações comprometem a qualidade de vida da bacia e dos seus moradores”, adverte a promotora de Justiça, Luciana Khoury, coordenadora do Núcleo de Defesa da Bacia do São Francisco do Ministério Público da Bahia (NUSF MP/BA). “A Fiscalização é preventiva, mas, caso se faça necessário, os responsáveis são autuados e, se for preciso, presos”, completa a promotora.

Gestão ambiental

Para orientar os municípios sobre a importância da gestão ambiental, a FPI realizou na última terça (3) em Juazeiro o 14° Encontro sobre Perspectivas da Gestão Ambiental Municipal. O evento discutiu os sistemas municipais de Meio Ambiente e de Cultura, além dos instrumentos de proteção ambiental, como licenciamentos e fiscalizações, e a necessidade de criação dos conselhos municipais de meio ambiente. (foto/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br