Enquete

Veículos estacionados irregularmente causam transtornos para moradores de condomínio na Estrada da Banana

carros estacionados irregularmenteDiariamente os moradores do Condomínio Mais Viver São Francisco, localizado nas imediações da Estrada da Banana, em Petrolina, sofrem com a falta de respeito de muitos motoristas que estacionam seus veículos na entrada do residencial, impedindo a passagem dos moradores.

Segundo informações enviadas através do WhatsApp do Blog, apesar de inúmeras reclamações aos condutores – sobretudo de caminhões -, os veículos continuam estacionados em frente à saída do condomínio, como se nada tivesse acontecendo. No local sobram aborrecimentos. E tudo por causa da falta de consciência dos motoristas. (foto/divulgação)

Casa Aprígio Duarte Filho concederá Diploma do Mérito Educativo a professoras juazeirenses

Câmara JuazeiroO Diploma do Mérito Educativo Professora Judite Leal Costa, criado pela Câmara Municipal de Juazeiro, homenageará em sessão solene na próxima segunda-feira (6), às 18h, as educadoras Layse de Luna Brito, Esmelinda Pergentino Nunes, Antonila da França Cardoso e Ana Lilia dos Reis.

A honraria foi criada pela Casa Aprígio Duarte Filho para comemorar o Dia Nacional da Educação (28 de abril).

De acordo com a assessoria da prefeitura, durante o evento a professora Rosy Costa fará uma explanação histórica da educação em Juazeiro. (foto/divulgação)

Mobilização em Petrolina vai cobrar do Governo de PE salários atrasados de motoristas do transporte escolar

GRE Petrolina_640x360Uma mobilização encampada por alunos da rede estadual, pais, professores, coordenadores das escolas e motoristas pretende cobrar do Governo de Pernambuco uma saída para encerrar a paralisação dos condutores de veículos que fazem o transporte de estudantes na área dos assentamentos de Petrolina.

Segundo informações recebidas pelo Blog, a mobilização acontecerá na próxima segunda-feira (6), pela manhã, em frente à Gerência Regional de Educação (GRE)/Sertão do São Francisco, na Avenida Monsenhor Ângelo Sampaio.

Parados há quase três semanas, os condutores reivindicam do estado os salários atrasados há mais de 90 dias. Os professores também estão sem receber há sete dias. Por lá, a insatisfação é grande.

Iniciada construção da primeira ‘Praça da Ciência’ em Juazeiro

construção praça da ciência juazeiroA Prefeitura de Juazeiro e o Governo do Estado iniciaram esta semana a construção da primeira ‘Praça da Ciência’ do município, que promoverá o conhecimento de maneira lúdica e interativa, gratuitamente e com a orientação de monitores.  (mais…)

Senhor do Bonfim: Serviço de Ouvidoria do 6° BPM ajuda a recuperar documentos perdidos

pmbahiaEm Senhor do Bonfim, no norte da Bahia, o serviço de Ouvidoria do 6° Batalhão de Polícia Militar (BPM) está colaborando para evitar dores de cabeça em quem perde algum documento.

Oferecido gratuitamente, o serviço pode ser acionado por qualquer cidadão. A Ouvidoria do 6°BPM fica localizada no Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC), no Central Shopping (Praça Nova do Congresso), onde a documentação é cadastrada depois de encontrada nas ruas para ser devolvida aos seus donos, mediante comprovação da identidade.

Quem tiver perdido algum documento por esses dias na cidade, pode procurar a Ouvidoria ou entrar em contato pelos telefones (74) 3541-9718/9947-4628. Boa iniciativa.

Pelo WhatsApp, servidores do Judiciário na região divulgam esclarecimento sobre reivindicações da categoria

justiça federal/Foto Skyscrapercity/reproduçãoEm greve por tempo indeterminado, os servidores do Judiciário em Petrolina e Juazeiro da Bahia divulgaram  em seu grupo, no WhatsApp, uma nota de esclarecimento do Poder Judiciário da União (PJU), a qual contesta a grande imprensa do país sobre as reivindicações da categoria.

Confiram:

Os servidores do Poder Judiciário da União (PJU), vêm a público prestar esclarecimentos a respeito das inverdades que têm sido publicadas na imprensa a respeito da aprovação do PLC 28/2015, que repõe parte das perdas salariais dos seus servidores, há 9 (nove) anos sem qualquer tipo de reajuste.

1) Não são R$ 25 bilhões, são R$ 10 bilhões, referentes às perdas dos últimos 9 anos e não vão impactar o orçamento deste ano. A recomposição será paga em parcelas semestrais pelos próximos 3 anos, portanto o impacto não será total no orçamento deste ano, como tem sido noticiado, mas diluído nos orçamentos dos próximos anos, demonstrando nosso compromisso com o ajuste fiscal;

2) Dos servidores são descontados IR e Previdência na fonte, o que reverterá aos cofres públicos cerca de R$ 3 bilhões;

3) O Poder Judiciário é superavitário, contribuindo para a arrecadação mais do que gasta em sua estrutura, em execuções fiscais e extrajudiciais, execução de verbas previdenciárias e custas judiciais;

4) O Judiciário é um poder independente, autônomo (art. 99 da CF/88) e não pode ser tratado como um mero departamento do Poder Executivo;

5) O PLC 28/15 tramita desde de 2009 (sob outras numerações mas o pleito é o mesmo) e passou por todas as comissões pertinentes do Congresso Nacional;

6) As carreiras do judiciário estão defasadas em comparação às suas homólogas do Legislativo e do Executivo, causando grande evasão em seus quadros;

7) Não podemos permitir o sucateamento do Poder Judiciário, é uma questão de preservação da nossa democracia.

8) Em 2006, o salário mínimo era de R$ 350,00 (trezentos e cinquenta reais) e hoje (2015) é R$ 788,00 (setecentos e oitenta e oito reais), representando um aumento de 125%. Neste mesmo período o reajuste nos salários dos servidores do PJU foi de 15,8%. Portanto está clara mais uma vez nossa contribuição para o ajuste fiscal do país e para a diminuição das desigualdades sociais.

9) Neste mesmo período a inflação média acumulada até 2015 (IPCA – dados do BC) foi de 56,03% (dados do IBGE);

10) A remuneração dos servidores do PJU não é por meio de subsídio. É composta por salário base + gratificação e algumas vantagens que não o acompanham na inatividade. Portanto essa taxa de aumento veiculada é enganosa e não reflete a verdade;

11) A este respeito segue anexo tabela com a porcentagem de aumento de cada carreira. O valor de 78% é para os Auxiliares Judiciários, carreira que está em extinção e para a qual não há mais concurso. Essa taxa visa corrigir uma injustiça que se comete com eles pois realizam o mesmo trabalho de técnico ganhando muito menos.

12) Esse aumento vem acompanhado de um aumento equivalente em relação aos valores pagos pelos servidores a título de imposto de renda (IR) e PSS o que fará com que a média de aumento, em dezembro de 2017, esteja entre 28% e 35% do atual salário líquido dos servidores, ou seja, em média um servidor receberá 33% a mais do que recebia em 2006, na época do nosso último aumento. Não precisa ser gênio em matemática para inferir que isso significa em 11 anos, um aumento anual de 3% – o que fica longe de superar a inflação do período que, em seu índice mais baixo, verificado em 2007, foi de 2.998%.

13) Lembre-se que esse planos salariais só existem pela falta de uma data base anual para a correção dos salários da categoria;

14) Usar o argumento de que “o momento não é favorável” não se sustenta. O PL tramita desde 2009. Em 2010 a taxa de crescimento do Brasil foi de 7,6%. Porque não foi concedido o aumento?

15) Neste mesmo período o salário da Presidente da República evoluiu 248% partindo de R$ 8.900,00 em 2006 para R$ 30.900,00 em 2015. Para quem quer que os servidores aceitem neste mesmo período 21,3% de aumento, é no mínimo imoral;

Maiores esclarecimentos podem ser vistos na Nota técnica do Supremo Tribunal Federal, autor do PLC 28/15 -http://www.stf.jus.br/…/noticiaNot…/anexo/RespostaNotaMP.pdf

“Não somos egocêntricos, pois não estamos pedindo aumento, estamos reivindicando apenas reposição inflacionária. Não fomos nós os causadores dos problemas econômicos do País.”

Abaixo o índice de reajuste por cargo e nível:

58,05% – A1 Analista;

58,60% – A2 Analista;

59,15% – A3 Analista;

55,62% – A4 Analista;

56,15% – A5 Analista;

56,69% – B6 Analista;

57,24% – B7 Analista;

57,78% – B8 Analista;

54,28% – B9 Analista;

54,81% – B10 Analista;

55,35% – C11 Analista;

55,89% – C12 Analista;

56,42% – C13 Analista;

54,52% – A1 Técnico;

55,35% – A2 Técnico;

56,18% – A3 Técnico;

53,00% – A4 Técnico;

53,82% – A5 Técnico;

54,64% – B6 Técnico;

55,47% – B7 Técnico;

56,30% – B8 Técnico;

53,12% – B9 Técnico;

53,94% – B10 Técnico;

54,76% – C11 Técnico;

55,59% – C12 Técnico;

56,42% – C13 Técnico;

78,56% – A1 Auxiliar;

76,94% – A2 Auxiliar;

75,33% – A3 Auxiliar;

71,76% – A4 Auxiliar;

70,20% – A5 Auxiliar;

68,66% – B6 Auxiliar;

67,12% – B7 Auxiliar;

65,61% – B8 Auxiliar;

62,24% – B9 Auxiliar;

60,77% – B10 Auxiliar;

59,30% – C11 Auxiliar;

57,86% – C12 Auxiliar;

56,42% – C13 Auxiliar.

STF/Supremo Tribunal Federal (STF.JUS.BR)

Enquete sobre secretário indicado por Lossio já supera mais de 33 mil votos

A enquete do Blog continua quebrando recordes. Já passamos dos 33 mil votos, fazendo a seguinte pergunta: “Se o prefeito de Petrolina, Julio Lossio, indicasse um secretário para sua sucessão, quem destes seria?

Os números não param de subir e os nomes de Orlando Tolentino e Marcelo Cavalcante disputam voto a voto.

Conheça o resultado parcial dessa votação que vai até domingo (12).

Captura de Tela 2015-07-03 às 16.33.33

Interdição de acessos ao Ceape deixa permissionários em alerta e secretário garante: “Medida é para trazer mais segurança”

acessos ao ceapeMais um episódio tenso envolvendo permissionários do Centro de Abastecimento de Petrolina (Ceape) foi registrado na tarde desta sexta-feira (3), quando funcionários da prefeitura estiveram no local e iniciaram o fechamento de alguns acessos, que, de acordo com o secretário Marcones Prazeres, estariam “irregulares”. (mais…)

Com apoio da CDL Petrolina, Projeto ‘Sebrae nos Bairros’ 2015 começará pelo Pedra Linda

petrolinaMais uma vez a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Petrolina selou parceria com o Projeto ‘Sebrae nos Bairros’ 2015’. A iniciativa tem por objetivo levar às comunidades informações nas áreas de gestão, tecnologia, crédito, comercialização, educação ambiental para os empreendedores formal, informal e o público em geral.

A ação deverá beneficiar milhares de pessoas em 24 bairros da cidade, começando pelo Pedra Linda, já na próxima segunda-feira (6).

O presidente da CDL, Manoel Vilmar, destaca a importância do projeto como uma forma eficaz de expandir serviços entre o pequeno empresariado e a população em geral, visando à qualificação. “É uma alegria muito grande participarmos desse projeto, em conjunto com todos os parceiros, porque levamos serviços de qualidade para o aperfeiçoamento e a qualificação dos pequenos empreendedores individuais e público em geral”, comentou Vilmar.

Para realizar o projeto o Sebrae conta com diversas parcerias, a exemplo da CDL, Prefeitura de Petrolina, Expresso Empreendedor, Agência de Fomento do Estado de Pernambuco (Agefepe), Agência do Empreendedor (AGE) e Federação das Associações de Bairros do Município de Petrolina (Feamupe).

Em menos de duas horas, PRF flagra mais de 330 veículos em alta velocidade na Ponte Presidente Dutra

foto radar ponteA Polícia Rodoviária Federal (PRF) efetuou uma operação com radar ontem (2) na Ponte Presidente Dutra, entre os quilômetros 129 e 130 da BR-407. Em menos de duas horas, 333 motoristas foram flagrados excedendo a velocidade permitida para o local.

Alguns flagrantes, de acordo com a PRF, mostram veículos com o dobro da velocidade máxima permitida para o sentido que foi fiscalizado, que é de 50 km/h.

O ponto da fiscalização, divisa entre as cidades Petrolina e Juazeiro (BA), é considerado crítico devido ao alto índice de acidentes. Para coibir os acidentes, a fiscalização com radar será intensificada.

Quem for flagrado em velocidade 20% acima do permitido, recebe multa média de R$ 83 e quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Essa multa pode variar dependendo da velocidade em que o veículo esteja. Se o condutor atingir a velocidade entre 20% a 50%, a multa é considerada grave, devendo pagar R$ 127. Ele também perderá cinco pontos negativos. Acima de 50%, a infração é gravíssima, o motorista fica com sete pontos negativos na CNH e paga multa no valor de R$ 574. (foto/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br