Leitor chama atenção para caminhão ‘sucateado’ circulando pelas ruas de Petrolina

Um caminhão-pipa que circulava pelas ruas de Petrolina, no dia de ontem (17), chamou atenção de um leitor do Blog, que não poupou críticas. (mais…)

Serrita: Justiça decide suspender ponto eletrônico dos servidores da prefeitura

Em Serrita (PE), Sertão Central, a justiça decidiu suspender o polêmico ponto eletrônico dos servidores da prefeitura municipal, que vinha causando uma série de reclamações e questionamentos nas repartições públicas locais.

A decisão (nº 0000093-53.2017.8.17.1380) foi do juiz Matheus de Carvalho Melo Lopes, da Comarca de Serrita, em favor do advogado Esmeraldo Cruz Sampaio, que foi o autor do mandado de segurança. A partir de agora, os servidores ficam desobrigados de ‘bater o ponto’.

O magistrado ressalta, no entanto, que “a ausência de controle biométrico ou eletrônico sobre os horários de entrada e saída não significa a dispensa do cumprimento da jornada mínima de trabalho imposta a todos os servidores públicos municipais de Serrita. O que se defere é a dispensa de controle de horários, mas não a dispensa do cumprimento da jornada de trabalho”. Resta saber se a prefeitura irá ou não recorrer da decisão. (foto/reprodução)

Vereadores de Juazeiro finalizam curso sobre atuação parlamentar

O curso sobre Atuação Parlamentar Municipal, ‘Conhecimentos Inerentes e Desafios’ – direcionado aos vereadores da Câmara de Juazeiro (BA) encerrou-se na sexta-feira (17) com balanço positivo. A iniciativa, do presidente da Casa Aprígio Duarte, Alex Tanuri (PSL), contou com a presença de todos os vereadores, seus assessores e colaboradores jurídicos e legislativos.

Gostaria de parabenizar a todos os vereadores e demais participantes. Juazeiro só tem a ganhar com esse curso porque a gente, com certeza, está se qualificando para chegar ao parlamento com vontade, com desejo de querer que nossa cidade continue sendo aquela Juazeiro que todos nós sonhamos. Juazeiro merece ter vereadores qualificados. A Câmara de Vereadores é a porta de entrada para o desenvolvimento da cidade”, avaliou Tanuri.

Uma das instrutoras do curso, Jéfilani Ferraz, ressaltou o comprometimento dos participantes durante a formação. “Foi impressionante a assiduidade dos vereadores, assessores e servidores da Câmara durante os três dias de curso. Eles foram muito participativos e atentos. Percebemos claramente que houve absorção de conteúdo durante os temas discutidos. Isso vai com certeza auxiliar na prática deles durante esta legislatura, tanto para os vereadores veteranos quanto para os que estão chegando agora à Casa Aprígio Duarte. Eles saem daqui muito seguros e fortalecidos sobre suas atividades e atribuições”, disse. (foto/divulgação)

Campeonato Pernambucano: Após eliminação na Copa do Brasil, Carcará quer vitória contra Central

Após ser eliminado pelo Sinop no meio de semana pela primeira fase da Copa do Brasil, o time do Salgueiro volta novamente o foco para o Campeonato Pernambucano. E o Carcará tem um jogo importante amanhã contra o Central de Caruaru, pelo Hexagonal do Título.

A partida, válida pela quarta rodada do hexagonal, será no Estádio do Carcará, o Cornélio de Barros, às 20h deste domingo (19). A vitória é essencial para o time sertanejo continuar dividindo a mesma pontuação que o Sport, ou mesmo assumir a liderança, uma vez que o Leão joga na tarde de hoje (18) o clássico contra o Santa Cruz.

Salgueiro e Sport têm sete pontos ganhos. O Carcará fica em segundo devido ao critério de desempate (tem mais cartões vermelhos).

Pelo Hexagonal da Permanência, o outro representante do Sertão na competição, Serra Talhada, também tem um jogo decisivo em casa, no Estádio Nildo Pereira. E a parada não será fácil. o Bode precisa vencer o Flamengo de Arcoverde, que lidera o hexagonal, caso contrário pode entrar na zona de rebaixamento. A partida, válida pela 6ª rodada, será às 16h.

Mutirão de Audiências da 1ª Vara de Família de Petrolina chega a mais de 70% de conciliação

A 1ª Vara de Família e Registro Civil de Petrolina fez uma avaliação positiva do 2º Mutirão de Audiências de Conciliação, que começou na terça (14) e seguiu até a quinta-feira (16), no Fórum Manoel Francisco de Souza Filho, no centro da cidade Através da iniciativa, foram realizadas 106 audiências e homologados 76 acordos. Ou seja, o mutirão alcançou uma média de 72% de conciliação.

As ações julgadas no mutirão foram processos ligados a divórcio, pensão alimentícia, guarda dos filhos e investigação de paternidade. O resultado alcançado diz respeito às ações em que todas as partes compareceram ao fórum. Ao todo, foram atendidas 315 partes envolvidas nos processos. A iniciativa teve como meta respeitar os princípios da duração e celeridade processual.

Segundo o titular da 1ª Vara de Família e Registro Civil de Petrolina, juiz Iure Pedroza, o objetivo do mutirão foi alcançado. “Em três dias de trabalho, diminuímos o acervo de aproximadamente 2 mil processos em torno de 5%“, afirmou. Conforme determinado no novo Código de Processo Civil, é pressuposto do rito processual nas ações de família a realização de audiência de conciliação. Nesses casos, o réu é solicitado para comparecer à audiência, e não mais para responder preliminarmente a ação.

Ainda de acordo com o juiz Iure Pedroza, o próximo mutirão de audiências será no segundo semestre deste ano, possivelmente no mês de agosto. O magistrado acredita que os envolvidos nas ações, convidados a comparecer no mutirão, saem das audiências mais sensíveis à pacificação. “As partes ficam satisfeitas porque conseguem resolver o processo de forma abreviada e consensual“, disse.

Cristina Costa ameaça acionar MPPE para obrigar Mesa Diretora da Casa Plínio Amorim a cumprir Regimento

Ao que tudo leva a crer, a vereadora Cristina Costa não vai deixar barato o fato ocorrido na sessão plenária da última quinta-feira (16) na Casa Plínio Amorim, quando tentou responder às acusações feitas pelo seu colega de Legislativo, Ronaldo Silva (PSDB), ao Partido dos Trabalhadores (PT) – legenda da qual a vereadora é a presidente do diretório municipal em Petrolina. À imprensa, após o bate-boca que teve com Ronaldo, ela garantiu que dará a resposta na próxima sessão, terça-feira (21).

Mas Cristina não ficou só nisso. A vereadora prometeu acionar o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), caso a Mesa Diretora da Casa continue descumprindo o Regimento Interno. Na quinta-feira, o presidente Osório Siqueira (PSB) se ausentou e os trabalhos foram conduzidos pelo primeiro vice-presidente, Major Enfermeiro (PMDB).

O estopim da confusão aconteceu porque, no momento em que Cristina se preparava para rebater Ronaldo, o primeiro-secretário Manoel da Acosap (PTB) decidiu dar a sessão por encerrada, o que impediu a vereadora de se manifestar, ferindo o Regimento Interno porque ela teria direito de resposta, já que integra o PT. No início deste ano, a petista e Manoel se desentenderam num debate realizado por uma emissora de rádio de Petrolina. O episódio foi parar nas páginas policiais da cidade e virou um processo movido pela vereadora. Cristina deixou claro que a atitude do colega está relacionada a esse fato.

Numa nota enviada à imprensa, além de acusar a mesa de “abuso de autoridade”, Cristina afirmou que somente o presidente da Casa poderia ter encerrado a sessão. “O parlamentar (Manoel) ou não conhece ou está confundindo seu papel na Mesa”, declarou. “Ele sabe o erro que cometeu (referindo-se ao debate na rádio) e está preocupado com a audiência do processo que coloquei contra ele, e quer trazer isso para dentro desta Casa”, alfinetou. “Vamos chamar a atenção de Osório. Se esta Mesa Diretora tendenciosa continuar desrespeitando o Regimento, nós vamos atravessar a rua e pedir a intervenção do Ministério Público”, completou a vereadora.

Santa Cruz da Venerada abre ano letivo na próxima segunda-feira

O ano letivo na rede de ensino de Santa Cruz da Venerada, no Sertão do Araripe, será aberto nesta segunda-feira (20) com a realização de um encontro pedagógico com os professores municipais. A programação acontecerá a partir das 9h, na Escola Estadual Elvira Granja, com a presença da prefeita Eliane Soares (PR) e toda a equipe da Secretaria de Educação.

Por falar em Eliane, ela parece ter marcado pontos com os docentes santacruzenses. Segundo a professora Robervânia Gonçalves, que atua na rede municipal há mais de 10 anos, a expectativa para o ano letivo entre a categoria é das melhores, e muito se deve pelo compromisso que a prefeita tem apresentado para a categoria em pouco mais de 30 dias de governo.

Ela colocou os salários em dia, que vinham sendo pagos sempre com atraso, e já iniciou também a reforma das escolas. Isso demonstra comprometimento com a educação e traz boas expectativas tanto para nós, docentes, como também para os estudantes, pais e a comunidade como um todo“, elogiou a professora Robervânia.

Quinze municípios de Pernambuco continuam sem bancos

Dos 184 municípios, 56 foram alvos de assaltos a bancos ao longo de 2016 e no início deste ano. Em 15 deles, os serviços bancários seguem prejudicados e há até agências que não voltaram a funcionar, mesmo um ano após a ação dos bandidos. Afrânio, no Sertão do São Francisco, é um dos municípios sem banco. Os dados foram repassados pelo Procon-PE e fazem parte de uma investigação do órgão.

Diante disso, o órgão de defesa do consumidor teve uma reunião com representantes de cinco instituições bancárias nesta sexta-feira (17). O que deveria ser um encontro de respostas práticas e rápidas, resultou em mais prazos. A reunião ocorreu na sede do Procon-PE, localizado no Centro do Recife, e demorou cerca de uma hora.

O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, explicou que os prefeitos o procuraram preocupados com a situação. “Não é só a questão dos serviços, mas da segurança também porque tem casos de pessoas se deslocando 60 quilômetros até uma agência mais próxima, em outra cidade. Essas pessoas que estão lá na ponta são, geralmente, aposentados e pensionistas. É toda uma população que está sendo prejudicada”, pontuou.

Ao fim, ficou acordado que o Banco do Brasil, Bradesco, Santander, Itaú e Caixa Econômica terão 72 horas para apresentarem prazos de restabelecer todos os serviços por completo. Eles ainda terão que explicar se estão cobrando taxas aos correntistas, mesmo com as agências fechadas. Se sim, deverão devolver o dinheiro. O plano de segurança das unidades também deverá constar no documento com todos os mecanismos já usados e a proposta de adoção de novos.

O Procon-PE enviará um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). As instituições contarão com 10 dias úteis para analisar o texto e, se aprovado, encaminhar assinado. Quem não se ajustar estará sucessível a pagar uma multa que varia entre R$ 652 mil a R$ 7 milhões.

“A multa vai depender do TAC. Ela, inclusive, para nós, é secundária. O essencial é a reabertura das agências. Agora, se não houver essa abertura, evidentemente que vamos julgar esse processo como administrativo. Esse processo ficará suspenso até a conclusão da assinatura do Termo de Ajustamento”, destacou o secretário.

Retorno

Durante a reunião, as instituições comentaram o que estavam fazendo para retomar o sistema na sua totalidade. O Banco do Brasil reafirmou o compromisso em restabelecer o serviço o mais rápido possível. A instituição é a que mais sofreu com ações criminosas desde a onda de assaltos e explosões de agências, segundo o Procon-PE. O Bradesco seguiu a intenção do Banco do Brasil e ressaltou que tem 13 unidades fechadas no Estado. Porém, adiantou que investirá no sistema de marcar a cédula, caso o caixa eletrônico for corrompido. O Santander explicou que das mais de 60 agências distribuídas em Pernambuco, 16 foram atacadas, mas que em todas as atividades já foram retomadas. Já o Itaú alegou que não foi alvo das investidas dos bandidos, mas assumiu o compromisso de entregar seu plano de segurança. Por sua vez, a Caixa Econômica disse que tem duas unidades ainda fechadas, uma em Buíque e outra em Bonito, e garantiu que ambas voltam a funcionar na segunda-feira (20). (Com informações do G1PE)

Maria Elena contesta representante do Cortejo Afro sobre falta de apoio à agremiação para Carnaval 2017

A secretária de Cultura, Esportes e Turismo de Petrolina, Maria Elena Alencar, contestou o coordenador do Cortejo Afro, Antônio Matos (o ‘Toinho’), ao garantir que a prefeitura não se recusou a apoiar o desfile da agremiação, a qual tradicionalmente é parte da Festa de Momo na cidade.

“Não foi negado apoio ao Cortejo Afro. Nós apenas deixamos claro que iríamos apoiar a manifestação da mesmo forma que as outras atrações da festa, até porque não há tantos recursos e tivemos que direcionar da maneira que todos pudessem abrilhantar o nosso Carnaval. Mas não foi aceito e eles resolveram procurar vereadores da oposição antes de sentar com a gente“, atestou a secretária.

Para o coordenador do Cortejo Afro, a presença dos povos de terreiro em eventos como o Carnaval é um ato tradicional na cidade. Ele considerou “discriminatória” a forma como a atração foi tratada na montagem da grade de programação do evento, lançada na última quarta-feira, 15.

O Corteja Afro vem apenas somar e embelezar a festa. Vem com um conceito de desmitificar o preconceito contra essa manifestação. É uma manifestação sem fins lucrativos. Não manter o Cortejo é mais uma forma de reforçar essa discriminação. Se a lei da vereadora Cristina Costa não nos dá garantia de custos para a apresentação, a lei da atual secretária e vereadora Maria Elena nos dá. Queremos abrir o diálogo com o prefeito Miguel Coelho para mostrar esse reconhecimento e a importância da presença do Cortejo na programação do Carnaval”, disse o coordenador.

Antônio Matos ainda frisou que caso não haja o diálogo com a prefeitura, poderá buscar o Ministério Público para fazer valer as leis que garantem a presença das manifestações culturais como o Cortejo Afro em eventos com recursos públicos do município. Se não houver consenso, essa deverá ser em 10 anos de Cortejo que a apresentação deixará de ser atração no Carnaval da maior cidade do Sertão.

Utilidade pública: Unidade móvel de Saúde Bucal atenderá comunidade da Tapera na próxima segunda-feira

A diretoria de Saúde Bucal da Secretaria de Saúde de Petrolina estará com sua unidade móvel na comunidade da Tapera, área ribeirinha da cidade, na próxima segunda-feira (20). Por conta de problemas técnicos não foi possível realizar o atendimento, que deveria ter começado quinta (16) e encerrado nesta sexta-feira (17).

O órgão informa que o problema já está sendo solucionado e todos os pacientes foram reagendados para o dia 20.

 

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br