fechar x

Porque hoje é domingo…Queen – “We Are The Champions”

Cemafauna é premiado por melhor trabalho científico em encontro em Salvador

cemafauna premio salvador

Biólogos e estagiários do Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna Caatinga) puderam mostrar neste mês pesquisas e trabalhos desenvolvidos no Centro durante a 8ª e 4ª edições, respectivamente, do Encontro Nordestino de Grupo de Estudos de Animais Selvagens (Engeas) e do Simpósio Baiano de Animais Selvagens (Simbas) no auditório do Pavilhão de Aulas III da Universidade Federal da Bahia em Salvador, capital baiana.

Dos 13 resumos apresentados no encontro, oito foram do Cemafauna com pesquisas nos mais variados temas. A bióloga Jéssica Viviane Amorim e o estudante do curso de Biologia e estagiário Luciano Modesto tiveram o trabalho intitulado “Estudo do comportamento em cativeiro de um grupo de macaco-prego (Sapajus libidinosusspix, 1823)” premiado como o melhor do evento.

Foi legal apresentar quatro trabalhos, dentre eles o de Jessica Viviane, do qual sou co-autor, sobre o comportamento do grupo de macaco-prego mantido no recinto de reabilitação do Cemafauna. Acredito que nós tenhamos recebido essa premiação devido ao tema que envolve tanto a área de medicina veterinária (bem-estar animal) quanto da biologia (comportamento animal)”, afirmou Modesto.

Jéssica ressaltou ainda que durante a análise dos animais em processo de reabilitação no recinto do Centro de Triagem de Animais Silvestres da instituição foi possível perceber que o comportamento apresentado é semelhante ao visto em vida livre, ou seja, quando na natureza. “A ambientação do recinto aliada aos cuidados da equipe de médicos veterinários permitiu que isso acontecesse, tendo em vista as referências pesquisadas sobre o assunto”, disse.

Outros trabalhos

Além dessa pesquisa, outros trabalhos também foram apresentados por uma parte do corpo de estagiários do Centro. Vitória Ribeiro falou sobre “Levantamento de dados da avifauna na operação de Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) realizada em abril e maio de 2016”; Paula Feitosa com o tema “Avaliação comparativa da dieta da espécie Bryconops aff. affinis (GÜNTHER, 1864) em dois trechos no Rios São Francisco”; Alisson Guedes sobre “Osteodistrofia fibrosa em Ceedocyon thous (Linnaeus, 1766): um estudo de caso” e Anette Viana sobre “Lesão tegumentar em Boa constrictor (Linnaeus, 1758) (Squamata; Boidae) encaminhada ao Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga, que também ficou em segundo lugar no concurso de fotografia do Engeas. (foto/divulgação)

Audiências Públicas discutem caprinovinocultura nos municípios de Pilão Arcado e Campo Alegre de Lourdes

Os municípios de Pilão Arcado e Campo Alegre de Lourdes, no norte da Bahia, realizaram recentemente audiências públicas com foco na caprinovinocultura, cujo objetivo foi discutir com os criadores as principais dificuldades e as propostas para potencializar essa atividade no Território Sertão do São Francisco. Estiveram presentes entidades da sociedade civil, representante do colegiado territorial, do governo do estado e agricultores.

Na programação, uma das palestras foi realizada pelo Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (IRPAA), que tratou da situação da caprinovinocultura na Bahia e no Território Sertão do São Francisco.

Também foi realizada uma discussão em plenária para que os criadores e lideranças presentes expusessem as dificuldades. As principais são insegurança hídrica do rebanho; necessidade de serviço de Assessoria Técnica e Extensão Rural (Ater) continuada; dificuldade na alimentação nos períodos de estiagem; degradação da caatinga através de desmatamento; dificuldade na comercialização dos animais e produtos – entre outras.

Propostas

Nas duas audiências foram construídas propostas pelos participantes a fim de nortear ações para melhoria da caprinovinocultura na região a partir de programas e políticas públicas. No Território Sertão do São Francisco já foram realizadas audiências em oito municípios. As próximas vão acontecer em Sento-Sé e Remanso (norte baiano). Após isso será realizado um encontro territorial com presença de várias entidades da sociedade civil, poder público e criadores. (foto: Clérison Belém/divulgação)

Sem conserto, buraco continua colocando motoristas em risco em frente ao IF Sertão-PE

caminhãocompesa atolado

Já se passaram 20 dias e um buraco no asfalto em frente ao Campus Petrolina do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IF Sertão-PE), no bairro João de Deus, zona oeste da cidade, continua provocando transtornos aos motoristas. No último dia 2 de agosto, após matéria publicada por este Blog, a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Seinfram) informou, através de nota, que faria o reparo no buraco.

A secretaria disse que no local existe uma tubulação quebrada de água. Antes de realizar o reparo no buraco, porém, a Seinfram afirmou que o conserto da tubulação seria realizado pela administração do IF Sertão-PE. Mas pelo visto, que isso não aconteceu. Ontem (20), um leitor flagrou o momento em que um veículo da Compesa ficou atolado no local. “O buraco está imenso, podendo provocar acidentes graves“, alertou. Haja bronca. (foto/Marco Aurélio)

Artigo do leitor: “As eleições de Petrolina e as práticas típicas de ‘currais’ eleitorais”

eleiçõesNeste artigo enviado ao Blog, o leitor Carlos Alberto Seixas critica certas práticas ainda existentes em Petrolina, típicas de ‘currais’ eleitorais.

Confiram:

Um dos grandes problemas da política brasileira é esse hábito nojento de, durante as eleições, fazer pressão psicológica nas pessoas com o objetivo eleitoreiro. Esse costume, bem típico de uma cultura de curral, continua vigorando em Petrolina, não apenas agora, mas sempre foi uma prática medonha. Contudo, com as mudanças na Lei eleitoral, alguma coisa tem melhorado, mas ainda não é o suficiente.

Em Petrolina a fiscalização precisa ficar atenta, pois tem tido muita pressão psicológica nas secretarias do atual governo para que os servidores (inclusive os concursados) participem das tais caminhadas. Isso é um absurdo. As pessoas têm direito ao seu trabalho, pois passaram no concurso e não devem nada a político A ou B.

Até que se prove o contrário, os cidadãos, segundo a Constituição, têm direito ao livre arbítrio, de ir e vir. Há uma “tropa de choque” na prefeitura que começa no gabinete e vai distribuindo listas dos servidores da vez que devem. Essa comissão é formada por cargos de confiança, que saem distribuindo regras e ordens expressas, obrigando literalmente as pessoas a saírem de suas salas, contra a sua vontade de irem para as caminhadas. Usa-se de chantagem, ameaças veladas.

Quem demonstra qualquer tipo de insatisfação passa a ser visto como figura “non grata” e é chamado na sala do secretário, como se houvesse um “grande olho”, uma “caça às bruxas”. Há espécies de “sargentões” no gabinete e nas secretarias, de olho nos “resistentes” e, diga-se de passagem, “concursados”, sendo obrigados a comparecer nas caminhadas. Uma coação, um desrespeito à cidadania. Que a Lei Eleitoral investigue, pois há um mal-estar e os servidores de carreira estão pagando um preço muito alto.

Carlos Alberto Seixas/Leitor

Pesquisa revela que 76,8% da população de Uauá desaprovam governo Olímpio Cardoso Filho

A taxa de rejeição ao atual prefeito de Uauá, no norte da Bahia, Olímpio Cardoso Filho (PDT), atingiu 76,8%, segundo pesquisa realizada pelo Instituto Múltipla encomendada pelo Blog do Carlos Britto. Os que disseram aprovar a atual gestão somaram 20,9%, enquanto os que responderam não saber ou não opinaram somaram 2,3%.

desaprovação olimpio

A pesquisa também mostra que 65,5% os uauaenses classificam o governo Olímpio Cardoso Filho como ruim ou péssimo. Os que disseram que é péssimo somaram 49,1%; os que responderam que a atual gestão é ruim somaram 16,4%; para 24,1% dos entrevistados, é regular, enquanto 9,6% disseram que a gestão é ótima ou boa. Os que disseram que é boa somaram 8,2%; apenas 1,4% classificaram como ótima; não sabem ou não opinaram, 0,8%.

desaprovação olimpio2

Dados

A pesquisa foi realizada entre os dias 15 e 16/08/2016. Foram 220 entrevistados em todo o município. O intervalo de confiança estimado é de 95%, numa margem de erro para mais ou para menos de 6,7%.  O registro foi feito junto ao Tribunal Regional da Bahia (TRE-BA), sob o número BA 07542/2016.

A área da pesquisa compreende os bairros da zona urbana (Alto do Conselheiro, Alto Malaquias, Populares, Centro, Populares Novas, Vila dos Gomes, Populares Velhas e Da lagoa) e as localidades rurais (Lagoa do Pires, Carataca, Serra da Cana Brava, Caldeirão do Almeida, São Paulo e Sítio Tomaz).

MPF quer afastamento de secretário de Saúde da Bahia por não garantir distribuição de insulina no interior do Estado

DSC_0469-001O Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) requereu na última sexta (19) o afastamento do secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas Boas Pinto, por não atender a decisão da Justiça Federal. Pinto deveria apresentar dados de aquisição e executar ações que viabilizassem a distribuição de insulina no interior do Estado, sob pena de multa diária de R$ 500,00, mas não se manifestou até o momento.

O requerimento faz parte de processo aberto a partir de ação do MPF, contra o Estado da Bahia e a União, em 2012, visando “à implantação de protocolo clínico e o fornecimento de insulina de ação basal ultrarrápida aos pacientes com diabetes /mellitus” na Bahia.

Em agosto de 2012, a Justiça Federal expediu medida liminar determinando ao Estado a implantação do protocolo, e à União o repasse dos recursos para aquisição dos medicamentos. Apesar de estabelecer o protocolo, o governo do estado concentrou o fornecimento da insulina no Centro de Diabetes e Endocrinologia da Bahia, em Salvador, sem o devido alcance aos usuários residentes no interior.

Segundo o MPF, a ausência da insulina tem causado graves problemas aos pacientes que moram fora de Salvador e que dependem do uso do medicamento, o que já ocasionou inclusive óbitos. A pedido do órgão, em outubro de 2013 a Justiça Federal aplicou multa diária de R$ 500,00 ao Estado pelo descumprimento da liminar em relação à distribuição da insulina no interior e ao encaminhamento de dados sobre os medicamentos adquiridos à União. Em outubro de 2014, nova decisão aumentou a multa para R$ 1 mil por dia, mas até o momento a medida não foi cumprida, nem os agentes públicos intimados para prestar informações se manifestaram. As informações são do MPF.

Deputados Kaio Maniçoba e Rodrigo Novaes alfinetam grupo de oposição em Floresta

kaio e rodrigoOs deputados Kaio Maniçoba e Rodrigo Novaes discursaram no último sábado (20) na feira da sulanca em Floresta (PE), no Sertão de Itaparica. Em clima de comício, os dois participaram de uma caminhada do candidato a prefeito Obadias Novaes, e soltaram o verbo contra a oposição.

Não me venham com essa história de quem comandou Floresta por 32 anos e fala agora em ‘Muda Floresta’. Deve ser ‘Volta Floresta’. A gente sabe que tem muita coisa a ser feita. Ninguém fica dizendo que está tudo as mil maravilhas”, disse Rodrigo Novaes, demonstrando apoio à candidatura de Obadias.

Floresta passou um período parada no tempo. Há oito anos estamos fazendo um trabalho diferente por Floresta. Esse trabalho não pode parar”, completou Novaes.

Para o deputado federal Kaio Maniçoba, filho da atual prefeita Rorró, “nenhum dos candidatos que se apresentam por aí tem a sua capacidade”, referindo-se a Obadias.

Digam a eles que a gente vai dar mais quatro anos de férias pra aprenderem como se faz política. A saúde estava na UTI, a educação nem se fala”, disse Kaio. Obadias não discursou no evento. (fonte: Blog do Elvis/foto: reprodução)

Ex-prefeito de Ponto Novo é denunciado ao MP-BA por não prestar contas de recursos repassados

TCM-BA-O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) determinou a formulação de representação ao Ministério Público Estadual contra o ex-prefeito de Ponto Novo (norte do Estado), Antônio Marcos Alves da Silva, para que seja apurado ato de improbidade administrativa face à ausência de prestação de contas de recursos repassados ao Centro Comunitário Social Alto Paraíso (Cecosap), no montante de R$2.368.044,95, no exercício de 2012. A relatoria determinou que o gestor devolva aos cofres municipais, com recursos pessoais, toda a quantia repassada a entidade, determinando multa de R$ 47.396,00 ao gestor.

A irregularidade foi identificada quando da análise das contas relativas ao exercício de 2012, que foram rejeitadas. Na oportunidade, Antônio Marcos não encaminhou a prestação de contas dos recursos repassados ao Cecosap e também não enviou folhas de pagamento referentes à remuneração dos secretários de Agricultura, Assistência Social, Planejamento e Educação. Apesar de notificado mais uma vez, o ex-prefeito não apresentou nenhuma justificativa, deixando o processo correr à revelia. Cabe recurso da decisão. As informações são do TCM-BA.

Homem é preso acusado de agredir companheira a pontapés no N-5

Um homem de 39 anos foi preso após agredir a própria companheira a pontapés no N-5 do distrito de Irrigação Senador Nilo Coelho, zona rural de Petrolina, ontem (10). Segundo informações do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), o fato aconteceu na Rua 16 da comunidade.

Quando chegaram ao local os policiais comprovaram o fato e prenderam José Clírio Filho. Após ser detido,  ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil (DPC), juntamente com sua companheira.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br