Bahia: Governador Rui Costa anuncia contratação de aprovados em concurso da Polícia Civil

Policia-Civil-Bahia-11O governador da Bahia, Rui Costa, anunciou a contratação de mais de 900 candidatos aprovados no concurso público da Polícia Civil, realizado em 2012. A notícia foi antecipada pelo próprio Rui Costa na edição do programa ‘Digaí Governador!” desta terça-feira (26).

“Delegados, agentes e escrivães farão treinamento ainda esse ano e, portanto, vão ingressar na polícia para ajudar no trabalho de investigação“, comentou o governador, ao fazer referência à autorização dada aos secretários da Segurança Pública, Maurício Barbosa, e da Administração, Edelvino Góes, para dar continuidade ao processo seletivo.

Rui comentou ainda a inauguração de mais um Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep) como uma das estratégias de sua gestão para aprimorar o serviço prestado à população e avançar nas metas definidas como prioritárias de redução dos índices de violência na Bahia. “Usando um equipamento novo, instalações novas e elementos novos do trabalho em conjunto, nós vamos, a cada dia, melhorar a segurança pública em nosso estado”, disse o o governador, sobre a nova unidade que vai ser entregue na próxima sexta-feira, dia 29, em Iguaí.

Ao fazer um comparativo do conjunto das ações de segurança pública, o governador destacou a importância da educação, da família e da formação profissional, principalmente para os jovens, como elementos complementares ao trabalho Estado. “Educação e família são os dois pilares fundamentais que vão sustentar também a melhoria dos indicadores de segurança pública“, frisou.

Autoridades policiais e representante da EPTTC receberão homenagens na Casa Plínio Amorim

casa-plinio-amorimO inspetor-chefe da 6ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Paulo Lima, o subtenente do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), Yon Yves Pereira da Silva, e o agente de trânsito da EPTTC, Jilmar da Silva Barros, serão homenageados com honrarias concedidas pela Câmara de Vereadores de Petrolina.

Paulo Lima receberá o título de Cidadão Petrolinense em solenidade marcada para amanhã (27), no auditório do Sest/Senat, às 19h. O autor do Decreto Legislativo é o vereador Elismar Gonçalves. O inspetor-chefe também receberá a Medalha Senador Nilo Coelho, oferecida pelo prefeito Julio Lossio.

Já o subtenente Yon e o agente de trânsito Jilmar serão agraciados com a Medalha de Honra ao Mérito Dom Malan, concedida pela Casa. Os projetos de Decreto Legislativo são, respectivamente, dos vereadores Ronaldo Cancão e Edilsão do Trânsito. A solenidade acontecerá na quinta (28), às 19h30, coincidindo com a realização da 8ª e última plenária sobre acidentes com motos.

Projeto social que busca revelar novos talentos para o futebol em Petrolina abre inscrições amanhã

futebolIniciam-se esta semana em Petrolina as inscrições para o Projeto ‘Feras do Amanhã’, que visa à inclusão social e capacitação profissional de garotos de 16 a 23 anos. A iniciativa – uma parceria entre a prefeitura e o Petrolina Social Futebol Clube (PSFC) – consiste no desenvolvimento físico, técnico e psicológico dos meninos com vistas à formação de atletas profissionais de futebol, direcionados para o mercado de trabalho nacional e internacional e para composição de uma equipe de base da Fera Sertaneja.

Os garotos que apresentarem potencial já serão aproveitados para participar do grupo de profissionais do clube, que disputará em agosto a série A2 do Campeonato Pernambuco 2015.

As inscrições para seleção do primeiro grupo começam nesta quarta-feira (27) e prosseguem até a sexta-feira (29). Os interessados devem procurar Fernando Costa (Nando Gol), das 8h às 11h e das 14h às 17h, no Estádio Paulo Coelho. Outras informações podem ser obtidas através dos números (87) 8817-4541 ou 9631-8832.

Artigo do leitor: “Tem um rio morrendo”

rio são francisco_640x360Neste artigo enviado ao Blog, o advogado e ex-candidato a prefeito de Juazeiro, Márcio Jandir, conclama a sociedade civil do município a se erguer em de defesa do Rio São Francisco. O texto, embora sutilmente poético, mostra uma realidade dura, a qual já é conhecida de todos.

Confiram:

Tem um rio morrendo

E quem se importa?

Talvez seja apenas mais um lamento, mas não me contive, devo falar. Um rio chamado de Santo, das vidas tantas de seus caminhos distantes, de sua gente ribeirinha, de tantas lavadeiras, boiadeiros, barqueiros, meninos, pescadores.

Há tanta poesia, crescemos embalados por elas, há tanta música que hoje ainda nos fazem tanger a alma em frio contido, de saudade extrema, da meiguice serena, mas tem um rio morrendo.

Conheci um historiador, barqueiro, barranqueiro, Juazeiro, Ermi Ferrari. Tive a honra de ouvi-lo falar do rio, das suas embarcações, lendas e histórias do seu povo. Ermi se foi e, há mais de trinta anos, Ermi falava de um rio que morria.

O que fizemos?      

Ermi se foi, deixou suas palavras, e hoje não mais entre nós, na presença do Pai Celestial, se põe triste ao ver morrer o rio que tanto amou e alertou para a destruição que avistava da proa do seu barco. 

Com a ameaça à economia regional, baseada no uso da água para a agricultura ou produção de energia, ouve-se lamentos de todos os lados, agricultores querem flutuantes, quase todas as turbinas já estão desligadas, um colapso se avizinha.

O que é preciso fazer? Quase impotente, me pergunto.

Escrevi há alguns anos um texto quando da greve de fome do Bispo Dom Cappio. Permaneço contra a transposição do rio.

A estupidez da matriz meramente econômica nos reserva, além da transposição do rio, para outras regiões do Nordeste, projetos compensatórios tratados igualmente como eleitoreiros, a exemplo do projeto defendido pelo Governador do Estado, como a transposição do Eixo Sul do Rio São Francisco, chamada de  ‘Canal do Sertão’, sendo o trecho inicial de 20 quilômetros, saindo de Juazeiro em direção a Senhor do Bonfim.

Não houve medida de proteção ao Rio São Francisco tomada de modo efetivo, sendo temerário todo e qualquer projeto que vise a tirar uma gota sequer de água do nosso rio.

Construíram tantas casas, de onde tiraram a areia? tem tanta areia no leito do Rio, por que não reflorestaram? tem tanta árvore querendo nascer. O mundo sustentável que defendemos exige do governo o pensamento lógico em defesa das matrizes naturais.

A riqueza pode ser gerada compartilhando a preservação do ambiente; temos uma obrigação com as gerações futuras e uma dívida com o Criador, que tudo nos deu, e quer de nós o amor e a proteção.

O Rio São Francisco é patrimônio da Humanidade, é do Povo Brasileiro, é o nosso Velho Chico, tão Juazeiro, tão eu, tão você.

É hora de parar tudo.

O rio que nos deu vida, nos fez cidade(s), precisa de cada um de nós. Quando menino, ouvia Ermi Ferrari dizendo e eu pensava que era impossível.

Está na hora de defender o Rio São Francisco. Toda a sociedade deve incluir a discussão na pauta; os nossos clubes de serviço, Rotary e Lions, as Maçonarias, a Igreja Católica, os Evangélicos, os Espíritas e demais religiosos, os sindicatos, as Associações. Precisamos incluir o rio em nossas orações.

Tem um rio morrendo, e nós precisamos nos levantar agora, que já é tarde, mas ainda nos resta esperança.

Márcio Jandir/Advogado e Juazeirense

Representantes da Gol, Avianca e Anac se ausentam em audiência na Alepe que discutiu redução de voos para Petrolina   

Aeroporto1-640x350Uma audiência pública realizada ontem (25) na Assembleia Legislativa de Pernambuco discutiu os prejuízos causados pela redução no número de voos comerciais regulares para Petrolina.

O debate foi promovido pela Comissão de Negócios Municipais Alepe, presidida pelo deputado Rogério Leão (PR), e atendeu a requerimento do deputado Odacy Amorim (PT). Mas nem todos os protagonistas da audiência compareceram.

Representante das companhias aéreas Gol e Avianca, bem como da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), se ausentaram do debate, o que motivou críticas sutis de Rogério Leão.

Entre os convidados da audiência estiveram presentes o Professor Rinaldo Remígio, presidente da Facape; George Torres, superintendente em exercício da Infraero em Petrolina; Juliano Neves, representante da Azul Linhas Aéreas; e Roberto Campos, gerente jurídico do Procon/PE.

Demanda

O superintendente da Infraero em Petrolina, George Torres, informou que o aeroporto de Petrolina já chegou a receber oito voos diários. Atualmente são apenas cinco voos por dia e quatro, nas quintas e sábados. A diminuição na quantidade de voos e a grande demanda, segundo ele, fizeram com que o valor das passagens disparasse.

Durante o debate o deputado Rogério Leão informou que o colegiado fará novas reuniões a fim de esclarecer os termos da concessão. “Uma região tão forte nos setores de turismo e da agroindústria não pode ficar à mercê de interesses momentâneos das empresas de aviação civil“, disse. As informações são da assessoria.

Em Pernambuco, Marina Silva diz que Brasil caminhou 20 anos para trás

marina silvaMarina Silva, que é filiada ao PSB e está à frente da formalização da Rede Solidariedade como partido político, irá se reunir nesta terça-feira (26) com o governador Paulo Câmara (PSB). A ex-presidenciável chegou nesta segunda (25) ao Recife para um encontro com simpatizantes da Rede e não poupou o governo federal e o Congresso. “Tenho conversado com lideranças, movimentos sociais, intelectuais, trabalhadores, empresários. É uma perplexidade. Como é que a gente achava que estava avançando 20 anos para frente e descobre que caminhou 20 anos para trás”, afirmou.

A reunião de Marina com os simpatizantes da Rede  foi a portas fechadas, mas uma parte do discurso vazou. “Milhões de brasileiros correm o risco de perder seus empregos, pessoas tiveram que sofrer perdas em relação ao seguro-desemprego, é um monte de problemas que estão acontecendo na saúde, na educação, na segurança, no Minha Casa, Minha Vida. O Pronatec foi reduzido à metade. É muito grave”, falou.

A ex-presidenciável  ainda ressaltou que dez partidos têm “39 pedaços” do governo federal, em uma alusão ao número de ministérios da gestão petista. Antes de seguir para a palestra no auditório de um shopping na Zona Norte do Recife, Marina se encontrou com Renata Campos, viúva do ex-governador Eduardo Campos. O conteúdo da conversa, no entanto, não foi revelado pela ex-presidenciável, que afirmou que só falaria com a imprensa nesta terça.

Formação da Rede

Com o silêncio de Marina, quem falou sobre o processo de formação da Rede foi o coordenador geral do projeto, Pedro Ivo Batista. O dirigente reforçou a esperança no registro da Rede como partido político e disse que Pernambuco foi um dos Estados que mais contribuíram para a coleta de assinaturas. “Precisávamos de 43 mil e já temos 55 mil certificadas”, disse.

Pedro Ivo destacou que a Rede é favorável ao fim da coligação proporcional mesmo que isso acarrete dificuldades para o partido. Ele evitou falar sobre o processo de fusão entre o PSB e o PPS, mas declarou que politicamente a nova sigla tem interesse em seguir como aliada dos socialistas.

Quem também recepcionou Marina  foi Gilson Guimarães, ex-dirigente do PT que pediu desfiliação da legenda este ano  após não ter seguido as orientações partidárias nas eleições para o governo estadual. Ele declarou que pode levar seu grupo político para a Rede. “Vamos fazer um processo grande de desfiliação do partido. São em torno de quatro mil pessoas”, falou. (fonte: JC Online/foto: André Nery/JC Imagem)

Trio é preso acusado de tráfico de drogas em Cabrobó

drogasTrês homens foram presos sob acusação de tráfico de drogas em Cabrobó (PE), no Sertão do São Francisco, ontem (25).

De acordo com a 2ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), Ricardo Freire de Sá, Ivanildo dos Santos Vitorino e Nata Freire de Souza foram flagrados com 23 pedras de crack e 15 petecas de cocaína.

O trio foi encaminhado, juntamente com a droga apreendida, à Delegacia de Polícia Civil (DPC) da cidade, para adoção das providências legais. (foto/divulgação)

Comunitários alertam para “descaso” em quadra poliesportiva de Rajada

20150523_124030 fotoMoradores do distrito de Rajada, na zona rural de Petrolina, estão incomodados pela falta de estrutura na qual se encontra a quadra poliesportiva da comunidade. Segundo denúncias enviadas ao Blog por meio do WhatsApp, o local que deveria servir de espaço de lazer para os jovens está totalmente abandonado.

Os comunitários afirmam que quadra está tomada pelo lixo. Além de grades danificadas, as traves também estariam corroídas pela ferrugem o que representa um risco a crianças. Haja bronca.

Enquanto isso…

CORTES1-499x420.jpg.pagespeed.ce.KpV_bzL58T

3ª Jornada Literária da Chapada do Araripe é encerrada com ‘chave de ouro’

RécitaFlavio e bandaO céu de Bodocó ficou mais colorido no último sábado (23). Na Agrovila Várzea do Meio, fogos de artifício reluziam e anunciavam o encontro da literatura com a poesia e a música. Era noite de encerramento da 3ª edição da Jornada Literária Chapada do Araripe, realizada pelo Sesc Pernambuco.

Após percorrer as cidades de Araripina, Trindade, Ipubi, Ouricuri, Granito, Exu e Moreilândia, a terceira edição da Jornada despediu-se em Bodocó. De 13 a 23 de maio, a programação recheada de atividades formativas de estímulo à leitura proporcionou grandes encontros para a difusão da literatura e suas oralidades através do universo da palavra e seus formadores.

A Jornada trouxe ainda em sua programação atividades como alvoradas, recitais, visitas de escritores a escolas, mesas de glosa, rodas de conversas e leituras, cantorias e intervenções.

Entre prosas e metáforas, o homenageado da terceira edição, o bodocoense Lourival Holanda tocou “um dedo de prosa” com outro bodocoense, o jornalista e escritor Cícero Belmar. Na conversa, Lourival, professor do curso de pós-graduação de Letras da UFPE e diretor da Editora Universitária da mesma universidade, recordou sua infância em Bodocó e falou do amor pela literatura que herdou da sua avó Dona Maria Holanda.

 “Meu imaginário é marcado pelas loas da minha avó e as lembranças da minha infância no sertão,” disse. Lourival agradeceu à coordenação do Sesc pela homenagem e ressaltou: “a Jornada Literária tem uma função mais que pedagógica. Ela faz toda uma região sonhar e despertar para a literatura.” Para ele a literatura tem a função de gerar expectativa. “Quando você lê, você alarga o seu próprio universo,” afirmou.

Poemas

Após as honrarias ao homenageado, os poetas Paulo Moura, Zé Andrade, Cida Pedrosa, Joy Carlu e Silvana Menezes, uniram-se em récita e declamaram poemas com motes que versavam entre amor, infância, sertão, política, natureza e saudade.

No cenário da casa de taipa, o público se deixou embalar pelas canções revividas em uma serenata de artistas bodocoenses: Zé Pereira, Miguel Filho, Carlinhos e Paulo de Bilinha. Aos 75 anos, seu Zé Pereira lembrou com nostalgia seu amor pela música. “Toco desde os 12 anos e me senti muito bem quando me convidaram para fazer essa serenata. Fazia muito tempo que não participava de uma. Quero participar da Jornada novamente por muitos anos ainda.”

Para encerrar a Jornada Literária 2015, Flávio Leandro cantou seu autêntico forró nordestino, animando o público. Revelando que estava duplamente feliz por estar pela terceira vez encerrando a Jornada. O ‘Poeta Cantador’ (como é conhecido), natural de Bodocó, também faz parte do berço de artistas da Várzea do Meio.

Em suas palavras, Andréa Pedroza, gerente do Sesc Ler Bodocó, destacou a importância da Jornada para a região do Araripe. Ela agradeceu a toda a equipe de execução do evento e rendeu agradecimentos em especial ao gerente de cultura do Sesc Pernambuco e coordenador geral da Jornada, José Manoel Sobrinho, e aos curadores do evento, Cida Pedrosa e Sennor Ramos. “O Sertão é grato por vocês terem trazido a arte da poesia para cá. O Sesc Pernambuco transformou o Araripe em corredores culturais, trazendo a cultura da arte e da leitura,” enfatizou. (com a colaboração de Elba Galindo/para o Blog/foto reprodução)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br