Confiram as agendas dos candidatos a prefeito de Petrolina nesta sexta-feira

petrolina visão aerea cidadeMiguel Coelho (PSB) – Coligação ‘Petrolina com a Força do Povo’

6h – Reunião com produtores rurais no N-4;

7h30 – Visita empresa no Rio Corrente;

9h – Caminhada no comércio do Centro;

11h – Visita empresas na Areia Branca;

11h30 – Caminhada no comércio da Rua Polônia;

15h – Reunião com comerciantes;

17h30 – Caminhada no José e Maria.

Edinaldo Lima (PMDB) – Coligação ‘Pra Continuar Avançando’

7h00 – Café da manhã com empresários;

7h30 – Reunião com colaboradores do Instituto de Olhos do Vale do São Francisco;

9h30 – Visita à empresa Aldiegas;

10h00 – Visita aos comerciantes da Avenida Sete de Setembro;

15h30 – Visita comércio da Avenida Honorato Viana;

18h30 – Participação no programa televisivo da campanha;

19h30 – Caminhada pelos bairros da cidade.

Odacy Amorim (PT) – Coligação ‘Petrolina do Povo e dos Sonhos de Isabel Cristina

9h – Oficina de pintura em camisa/Praça do Bambuzinho, Centro;

9h – Mini carreata nos Bairros Fernando Idalino, Loteamento Recife e Vila Marcela;

11h – Adesivaço no sinal da prefeitura/Local: Avenida Guararapes

15h – Mini carreata no Bairro Antônio Cassimiro.

Adalberto Cavalcanti (PTB) – Coligação ‘Pra Frente Petrolina’

8h30 – Caminhada no Bairro Nova Petrolina/Concentração: no início do bairro;

14h – Visita a Empresa Compare;

15h30 – Caminhada no Bairro Vila Marcela/Concentração: no início do bairro;

19h30 – Caminhada em Izacolândia/Concentração: no início.

OBS: A candidata Perpétua Rodrigues (PSOL) não enviou sua agenda até o momento.

Juazeiro: Candidatos a prefeito se enfrentam em debate morno na TV São Francisco

eleicoes-2016Os candidatos a prefeito de Juazeiro (BA) apresentaram, na noite de ontem (29), no debate promovido pela TV São Francisco (afiliada Rede Bahia/TV Globo), o plano de governo que cada um pretende colocar em prática caso eleito. Dos quatro nomes que disputam a prefeitura neste domingo (2/10), apenas Márcio Feitosa (PRP) não compareceu. O motivo é que o candidato não foi convidado pela emissora para participar da sabatina porque seu partido não tem dez deputados na Câmara. Apesar de o Supremo Tribunal Federal (STF) ter liberado a participação desses partidos em debates promovidos por rádios e TVs, a afiliada da Globo no norte baiano negou o pedido de Feitosa.

O debate, no entanto, foi morno, sem grandes novidades e com poucos embates entre os postulantes ao cargo maior da política municipal. Enquanto Paulo Bomfim (PCdoB) aproveitou para elogiar seu padrinho político e atual prefeito, Isaac Carvalho (PCdoB), Joseph Bandeira (SD) e Charles Leão (PPS) expuseram poucas propostas para a cidade. Mas aproveitaram para criticar a atual gestão e disseram que Paulo Bomfim só sabe falar que o município “começou a existir nos últimos oito anos”, período das duas gestões de Isaac.

Houve um momento de tensão quando Paulo Bomfim afirmou que Joseph Bandeira responde a vários processos judiciais da época em que foi prefeito, inclusive por conta de uma verba que não teria sido aplicada no antigo lixão da cidade – hoje aterro sanitário, um dos pontos mais frisados durante o debate. Bandeira, por sua vez, teve um pedido de resposta acatado pela organização do debate e garantiu que “tem as mãos limpas” e que tudo já foi esclarecido, até mesmo porque teve sua candidatura aprovada pela justiça.

Charles Leão também criticou a atual gestão e a postura de Paulo Bomfim, que segundo ele, não tem transparência. Disse ainda que os postos de saúde estão abandonados, que “não têm dipirona, nem gaze” para o atendimento à população. Falou também sobre o despejo de esgoto sem tratamento no Velho Chico e disse que a cidade precisa de visão futurista.

Outros temas

Os candidatos ainda falaram sobre mobilidade urbana, cobertura de canais, emprego e renda, educação, saneamento básico e turismo, além de questões ligadas ao desenvolvimento do interior do município. Esqueceram de falar sobre segurança pública e políticas inclusivas, por exemplo. A mediação do debate foi feita pelo jornalista Mauro Anchieta, repórter de rede da TV Bahia.

Éramos Assim…

seu-luizinho-e-dona-dora

No “Éramos Assim…” de hoje, uma linda história de amor. Agora se completam 48 anos que se conheceram.

Ela era o broto do ano e ele o dono e motorista do carro que a levaria para desfilar no aniversário da cidade. Ele, Luizinho do Sal, da Barca Nina, mandou tirar um monte de foto e todo dia ia entregar uma…

A investida deu certo e seu Luizinho da Barca Nina ganhou o coração de dona Dora.

River Shopping abraça Campanha ‘Outubro Rosa’

quiosque-outubro-rosaNeste sábado (1º/10) o River Shopping, em Petrolina, irá distribuir para colaboradores, lojistas e clientes o lacinho símbolo da Campanha ‘Outubro Rosa’. Anualmente, o shopping se engaja na campanha mundial de conscientização e combate ao câncer de mama.

O River também recebe o quiosque da Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e à Infância (Apami). No local estão à venda produtos diversos, como canecas, chaveiros e agendas, com renda revertida para a construção do Hospital Dom Tomás.

Também é possível se inscrever para participar da 5ª Caminhada e Corrida de Rua Outubro Rosa, que ocorrerá no dia 16 de outubro. O custo é de R$ 65 (público geral) e R$ 32 (pessoas acima dos 60 anos). A caminhada terá percurso de 5 km. Já a corrida contará com percursos de 5 km e 10 km. O estande funciona no corredor entre as lojas Marisa e C&A. (foto/divulgação)

Prazo de inscrições no 2º Congresso Brasileiro de Educação Ambiental Interdisciplinar termina nesta sexta

cobeai-2016Os participantes que desejam submeter Resumo ou Artigo Completo para publicação nos anais do 2º Congresso Brasileiro de Educação Ambiental Interdisciplinar (COBEAI), deverão se apressar, pois o prazo se encerra nesta sexta-feira (30).

O evento está previsto para ocorrer de 9 a 12 de novembro deste ano, no Complexo Multieventos da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Campus de Juazeiro (BA).

O tema central é “Meio Ambiente: Nosso desafio comum”. A programação será composta por 15 minicursos, 8 oficinas, 5 visitas técnicas, 7 conferências, 7 mesas redondas, além de lançamento de livro, apresentações e exposições artísticas e científicas, apresentações orais e banners dos artigos e resumos aprovados nos 16 Grupos de Trabalho (GTs) do evento.

O público-alvo são professores, estudantes, gestores públicos, profissionais e ativistas da área ambiental, mas o congresso será aberto ao público em geral. Outras informações, bem como instruções de como se inscrever, podem ser obtidas no site http://cobeai.escolaverde.org/site/2016/.

Projeto ‘Cãoterapia’ leva animais para alegrar idosos em abrigo em Juazeiro

caoterapia-juazeiro-lar-sao-vicente-de-paulo

O Abrigo São Vicente de Paulo, em Juazeiro (BA), está recebendo a visita de duas cadelas, Samy e Jujuba, como parte do tratamento de terapia dos idosos que vivem no local. A chegada dos animais faz parte do projeto “Cãoterapia”, que começou em 2006, por iniciativa do adestrador Netto Junior.

Ao todo, 31 idosos com idades entre 65 e 100 anos vivem na instituição. As visitas acontecem sempre durante os fins de semana. As cadelas passam cerca de uma hora no local, ajudando a melhorar o humor dos moradores, que retribuem com elogios e demonstrações de carinho. “É uma interação que só traz felicidade e alegria para eles“, conta Enilza Magalhães, administradora do abrigo.

Jujuba e Samy são das raças Golden Retriever e Samoieda. O fundador do projeto explica que a técnica é aplicada com idosos que apresentam não apenas problemas de saúde, mas também carência afetiva. “Os cães transformam o ambiente. Você pode observar o ambiente sem um cão, e o ambiente com um cão. Há muito mais agitação, muito mais harmonia entre as pessoas [quando há um cão no local]“, disse Netto.

Para se tornar um “cão terapeuta”, os animais são treinados por um ano, mas antes disso passam por uma seleção. Os cães são escolhidos ainda na ninhada e precisam ter características bem marcantes, como ser calmo e dócil, para poderem se relacionar com os idosos. (fonte: G1-BA/foto: reprodução TV São Francisco)

Edital para novos alunos do CPM em Petrolina sofre alterações

CPM PetrolinaO Edital do concurso para novos alunos do Anexo I do Colégio da Polícia Militar (CPM) em Petrolina sofreu alterações. A informação foi repassada pela secretaria escolar da instituição de ensino.

As mudanças são as seguintes: Extensão do prazo para a realização das inscrições; e aceite da Certidão de Nascimento para inscrição e identificação dos candidatos às vagas do 6º Ano. Confiram mais detalhes no seguinte link: alteracoes-edital-cpm-Petrolina.

Mais de 8,1 mil agricultores familiares receberam repasse do PAA do governo federal

frutas alimentosMais de 8,1 mil agricultores familiares já receberam o repasse feito pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) pelos produtos comercializados por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) em setembro. No total, o ministério transferiu R$ 12,9 milhões diretamente para as famílias que venderam os alimentos pela modalidade de Compra com Doação Simultânea.

Além de beneficiar os agricultores familiares com a garantia de mercado e de renda, os produtos beneficiam pessoas em situação de insegurança alimentar e atende a necessidade de alimentos da rede de assistência social, de creches, escolas e asilos, além de restaurantes populares e cozinhas comunitárias.

O coordenador-geral de Sistemas Locais de Abastecimento Alimentar do MDSA, Paulo Sérgio Alves, ressalta que o PAA é uma das ações do governo federal para fortalecer a agricultura familiar. “O programa tem essa característica de inclusão produtiva. Além disso, é um incentivo para que o agricultor possa organizar a produção e vender também para outros locais, como comércios e feiras”, destaca.

O pagamento é feito todo mês, permitindo que o agricultor receba o recurso, no máximo, 30 dias após cada entrega de produtos. Cada família pode vender até R$ 6,5 mil por ano. O saque é realizado com o cartão bancário específico do PAA, que também pode ser utilizá-lo em operações de débito. A modalidade Compra com Doação Simultânea é executada por estados e municípios por meio de um termo de adesão, com recursos federais. Isto permite que a gestão local execute o programa de forma mais simples e ágil, além de garantir mais transparência. As informações são da assessoria do MDSA.

Justiça Eleitoral disponibiliza aplicativos para acompanhar apuração das Eleições 2016

O eleitor que quiser acompanhar a divulgação dos resultados das Eleições Municipais 2016 em tempo real, agora terá disponível o aplicativo (App) “Resultados”, que pode ser baixado gratuitamente em tablets e smartphones nas lojas Google Play (Android) e Apple Store (IOS). Por esse aplicativo é possível ter acesso à apuração de cada município, com a indicação dos candidatos eleitos ou dos que foram para o segundo turno (no caso dos municípios com mais de 200 mil habitantes). Os resultados do primeiro turno serão divulgados a partir das 17h (horário local) do dia 2 de outubro.

O eleitor também terá à sua disposição o “Divulga”, que é um sistema para PCs produzido pela Justiça Eleitoral para o acompanhamento dos resultados de votação de candidatos, partidos e coligações. O Divulga encontra-se disponível para download gratuito nas páginas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), em versões para Windows e Linux.

Outra opção é acompanhar a apuração pelo “DivWeb”, que apresenta o mesmo conteúdo do aplicativo “Resultados”, mas permite ao usuário acompanhar a apuração do resultado das eleições por qualquer navegador de internet, sem necessidade de instalação de qualquer software adicional em seu computador, tablet ou smartphone.

A Justiça Eleitoral disponibilizou ainda o aplicativo “Boletim na Mão” para download gratuito nas lojas Google Play e Apple Store. A ferramenta permite que o boletim de urna (BU) de cada seção possa ser lido e armazenado por meio do código QR – um código de barras em 2D que pode ser escaneado pela maioria dos aparelhos celulares que têm câmera fotográfica.

Servidor público deve se aposentar mais tarde

inss_previdencia1-300x225A proposta de Reforma da Previdência do governo federal pretende promover a convergência das regras de aposentadoria dos trabalhadores da iniciativa privada com as dos servidores públicos. Isso vai implicar no aumento da idade mínima para que funcionários públicos se aposentem – atualmente, 55 anos para mulheres e 60 para homens. Pelo texto que está sendo avaliado pelo presidente Michel Temer, a idade mínima para servidores homens e mulheres se aposentarem subirá para 65 anos, assim na iniciativa privada.

A exigência do tempo de contribuição para ter direito ao benefício integral também será alterada. Hoje, os funcionários públicos conseguem se aposentar sem descontos com 30 anos (mulheres) e 35 anos (homens) de serviço. A nova regra seguirá o critério da iniciativa privada: entre 45 anos e 50 anos como período necessário para a aposentadoria integral, com tempo mínimo de 25 anos para ter direito a requerer aposentadoria.

Regras para concessão da pensão por morte devem ficar mais restritivas, impedindo o acúmulo de aposentadorias. O mesmo valerá para trabalhadores da iniciativa privada. “As regras de pensão vão mudar para todos“, disse uma fonte do governo. Segundo um técnico envolvido na elaboração da proposta, a ideia é reduzir disparidades entre os regimes privado e público.

Na área econômica do governo, há a defesa de que haja o aumento da contribuição previdenciária dos servidores públicos, atualmente em 11%, para algo entre 13% e 14%. Como contrapartida, seria elevada a contribuição dos órgãos públicos empregadores, de 22% para 28%.

Adequação 

Assim como os trabalhadores da iniciativa privada, todos os servidores com menos de 50 anos se enquadrariam nas novas regras. Para os trabalhadores acima dessa idade, haveria um pedágio de 50% no tempo que falta para a aposentadoria.

Essa convergência nas regras já era para ter sido feita há muito tempo, mas antes tarde do que nunca“, afirmou o consultor de orçamento da Câmara dos Deputados, Leonardo Rolim. Ex-secretário de Previdência Social, Rolim defende a unificação das regras, mas em institutos separados para que o INSS não assuma um passivo de R$ 5 trilhões dos Estados e municípios que possuem rombos nas previdências de seus servidores públicos. As informações são do Jornal O Estado de S. Paulo.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br