fechar x

Folha de São Paulo aponta gestão de Petrolina entre as piores do Brasil

Prefeitura1

Petrolina, a capital do São Francisco, parece mesmo que deixou de ser boa referência para o Nordeste. Em ranking de eficiência dos recursos públicos anunciado pelo jornal Folha de São Paulo, a cidade apareceu entre as piores administrações do Brasil, na 2.697ª posição.

Entre as cidades pernambucanas, Petrolina é a 108ª colocada, atrás de municípios como Petrolândia, Salgueiro, Afogados da Ingazeira, Cabrobó e Moreilândia. A vizinha Juazeiro aparece em posição bem melhor no ranking nacional, na 770ª colocação.

O ranking de eficiência da Folha compara o volume de recursos arrecadados pelas prefeituras e o retorno desse orçamento para serviços como educação, saúde e saneamento. Segundo a avaliação, Petrolina tem a classificação de “pouca eficiência”, com a média 0,452. O serviço pior avaliado em Petrolina é o de saúde: 0,348. Já a educação aparece com índice 0,348, enquanto o saneamento tem 0,808 na avaliação do jornal.

Nazaré da Mata foi o município pernambucano com melhor avaliação no ranking de eficiência da Folha de São Paulo, na 18ª posição. Já na Bahia, a campeã de eficiência foi a cidade de Barro Preto (11° lugar). A cidade com melhor avaliação no Brasil foi Cachoeira da Prata (MG).

Você pode conferir os dados sobre cada cidade no link: http://www1.folha.uol.com.br/remf/

Falta de consciência de motoristas em rua da Areia Branca é alvo de críticas

rua do bambu motoristas

A irresponsabilidade de certos condutores de veículos em Petrolina não é mais nenhuma novidade. Na Areia Branca, zona leste da cidade, um bom exemplo disso pode ser constatado na Rua do Bambu.

Alguns motoristas sem consciência retiraram os cavaletes que impediam os carros de passar por cima de uma obra da Compesa. De acordo com o leitor Paulo Sérgio Silva, essa obra está inacabada há mais de duas semanas.

O problema, segundo ele, é que o tráfego naquele trecho da rua pode agravar o que já é ruim. “A única passagem era próxima ao restaurante. Mas outros motoristas que não se conscientizam da situação. Simplesmente estacionam no único espaço que seria a passagem dos demais. Resultado disso tudo: transtornos. Se o serviço da Compesa não é resolvido, imagine se o cano voltar a estourar”, alerta. É bronca.

Ex-prefeito Diniz Cavalcante receberá título de Cidadão Petrolinense

diniz cavalcante

Um dos políticos mais marcantes de Petrolina, que está completando 90 anos de vida, receberá uma justa homenagem da Câmara Municipal. O ex-prefeito Diniz Cavalcanti vai ganhar o título de Cidadão Petrolinense. O Decreto Legislativo (290/2010) é de autoria da ex-vereadora Raimunda Sol Posto.

A solenidade está marcada para a próxima terça-feira (30), às 19h30, no plenário da Casa Plínio Amorim. Foi na gestão de Seu Diniz, como é carinhosamente conhecido, que a cidade ganhou obras como o Viaduto do Barranqueiro – entre tantas outras.

Pelos inúmeros serviços prestados a Petrolina, não só como prefeito mas também como deputado estadual, Seu Diniz já deveria ter recebido bem antes esse título oficial. Porque petrolinense, na verdade, ele já é há muito tempo.

Artigo do leitor: “Uma carta aos políticos corruptos”

corrupcao_3_siteNeste artigo enviado ao Blog, o músico e poeta petrolinense Lênio Ferraz, que há anos está radicado na Suécia, faz uma reflexão pertinente a todos os eleitores que escolherão seus candidatos no próximo dia 2 de outubro. Vale a pena conferir:

Carta aos políticos corrutos

Senhores Políticos:

Me dirijo a vocês por saber quem vocês são e o que fizeram. Me dirijo a vocês porque tenho questionado suas atitudes e continuo a questionar tão ambíguo sacarmos de vocês que, eleição atrás de eleição, se torna mais evidente.

Eu sei dos seus feitos, li sobre vocês e da parte que lhes há tocado sobre vossos interesses pessoais, que nunca foram poucos. Vossas Senhorias se tornaram espertos em cobranças, exigência, e deixam que outras pessoas façam o que nunca deveriam fazer. Vocês, que no lugar da transparência exercem a apadrinhamento, o nepotismo e outras formas indecentes cravadas na política do nosso país, sobretudo no nosso Nordeste.

O favoritismo em contratos de empresas sobrevalorizadas a estabelecimentos próprios, de amigos e parentes é uma constância. Me dirijo a vocês, que estão de volta com um sorriso nos lábios, abraços fraternos e toneladas de promessas.

Vocês, que da noite pro dia se tornaram ricos, influentes e que há conseguido quantidades de incalculáveis bens, como puro passe de magia, usurpando do contribuinte, que inocentemente teima em acreditar nas suas palavras vivas em tempos de eleição.

A vocês, políticos sujos, que dizem pagar seus próprios trajes, suas viagens, festas de aniversários e tantos outros prazeres pessoais, vocês continuam calando nossa sociedade carente de estudo e conhecimento e continuam roubando a pureza do cidadão do Sertão, da caatinga, do agricultor, que sem malícia lhes escutam na esperança de tempos melhores que nunca chegam a eles.

Me dirijo a vocês, políticos corruptos, para contar-lhes o quanto eu repudio vocês. Parte dessa minha revolta é constatar que vocês continuam os mesmos, porém mais efetivos nas mentiras, defaldrando assim a inocência de muitos.

Vocês, que se apropriaram dessa deslealdade, dão continuidade a ludibriar um povo tão sofrido como é o nosso, dissimulando promessas ao vento e caloteando serviços sociais básicos desses cidadãos.

Vocês lapidaram a mentira com o tempo, numa monstruosa borbulha, e se deleita com objetivos alcançados a cada eleição. Hoje mais uma vez (tempo de eleição) reencontramos todos vocês, que desapareceram depois da última eleição. Vocês estão em todas as partes. Sorridentes, carismáticos e repletos de atenção. Em rádios, jornais e em outros meios sociais, vocês são presenças garantidas, principalmente em ambientes que são plausíveis investir alguns minutos distribuindo palavras sublimes de ordem, onde na realidade o desalinho é perene.

Contudo, e por tudo eu confio, antes da minha despedida desse plano terrestre, que a impunidade se extinguirá e a políticos corruptos seus fins chegarão. Sem mais nada, não vou lhes desejar sorte, e sim o castigo merecido.

Lênio Ferraz/Músico e Poeta

Agricultores familiares da Bahia são beneficiados com mais de 1 milhão de palmas para alimentar rebanho

palmas distribuição bahia

Mais de 1 milhão de raquetes de palma foram distribuídas para mil famílias de pequenos agricultores, de janeiro a agosto deste ano, em dez Territórios de Identidade da Bahia. A ação faz parte do Projeto de Segurança Alimentar do Rebanho, executado pela Superintendência de Agricultura Familiar (Suaf), da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural (SDR). A meta é distribuir 24 milhões de mudas de palma forrageira até 2017.

O Projeto tem a finalidade de contribuir para a sustentabilidade da bovinocultura de leite e da caprinovinocultura. “A distribuição dessas raquetes aos agricultores familiares contribui para implantação de reserva estratégica de alimentos para o rebanho bovino, caprino e ovino, no período de estiagem”, explica Marcelo Matos, superintendente da Suaf.

A palma é uma planta forrageira rica em energia e muito resistente à seca. As mudas estão sendo produzidas em seis Estações Experimentais da SDR. Esta primeira remessa saiu das estações de Utinga, Nova Soure, Jaguaquara e São Félix do Coribe.

“Esse projeto é muito importante, pois aqui no período seca os animais não podem passar fome. Sem o recebimento destas palmas teríamos que comprar o que seria muito complicado para nós”, afirma o agricultor familiar Anatólio Cerqueira, integrante da Associação Comunitária de Estrela, em São José do Jacuípe, território Bacia do Jacuípe. De acordo com a coordenadora de Segurança Alimentar Animal, Roberta do Valle a distribuição de mudas de palma forrageira, resistentes à praga conhecida por ‘Cochonilha do Carmim’, garantirá que grande parte dos agricultores familiares do semiárido baiano possuam uma área de palma adensada em sua propriedade, o que contribuirá para o bom desempenho dos animais durante todo o ano. As informações são do Governo do Estado. (foto/divulgação)

Avenida São Francisco vira palco para ‘desfile’ de carros de som de candidatos

seleção avenida são francisco_640x360Com a mudança na lei eleitoral, que coincidiu com o tempo das ‘vacas magras’ pelo qual atravessa o país, os candidatos que disputam cargos eletivos este ano em Petrolina estão se virando como podem. E neste caso parece que todos pensaram da mesma maneira.

Na zona leste de Petrolina, por exemplo, os candidatos aproveitam a visibilidade da Avenida São Francisco para ‘vender o peixe’. A via pública, uma das mais movimentadas da cidade, virou palco para desfile de carros de som com propaganda dos candidatos.

Uma das mais frequentes é a vereadora e candidata à reeleição, Maria Elena (PSB) – que inclusive mora na Cohab II e tem muitos eleitores por lá. Mas na Avenida São Francisco também já foram vistos carros de som dos principais candidatos a prefeito da cidade. Uma festa. (foto/arquivo Blog)

Confiram as agendas dos candidatos a prefeito de Petrolina neste domingo

eleições 2016Depois de uma reunião com produtores rurais do N-9 do Perímetro Senador Nilo Coelho, de uma caminhada na feira livre do Bairro João de Deus e de visitas ao comércio da Areia Branca, o candidato a prefeito pela coligação ‘Petrolina com a Força do Povo’, Miguel Coelho (PSB), fará às 16h uma reunião com ciclistas na Vila Mocó, e encerra a agenda de hoje (28) com uma caminhada, a partir das 17h30, no N-8.

Já Odacy Amorim (PT), da coligação ‘Petrolina do Povo e dos Sonhos de Isabel Cristina’, participou da 3ª edição do Projeto ‘Mexa-se Pela Vida’, logo cedo, na Orla de Petrolina. Em seguida visitou as feiras livres da Areia Branca e João de Deus, teve uma reunião com moradores da Caatinguinha, no final da manhã, encerra sua agenda com uma caminhada no Serrote do Urubu, a partir das 16h, e uma reunião em Porto de Palha, às 18h.

O candidato governista Edinaldo Lima (PMDB), da coligação ‘Pra Continuar Avançando’, começou o dia com um café da manhã com as sementeiras dos Bairros José e Maria, Terras do Sul e Dom Avelar; em seguida gravou para o guia de campanha. Às 17h30, ele tem reunião com todos da coligação. Às 19h, participa do aniversário dos 22 anos da Igreja Batista, e encerra o dia às 20h30, reunindo-se com paroquianos da cidade.

A candidata do PSOL, Perpétua Rodrigues, cumpriu a agenda do domingo apenas na parte da manhã. Ela participou às 8h50 de uma reunião no Assentamento Marissi Amador, zona rural, e visitou comunidades próximas. O candidato Adalberto Cavalcanti (PTB) não envia agenda a este Blog.

Jornal francês Le Monde questiona impeachment de Dilma: “Golpe ou farsa?”

dilma e temer

O jornal francês Le Monde, um dos mais influentes do mundo, publicou editorial neste fim de semana, em que afirma que o impeachment de Dilma Rousseff é “golpe ou farsa”, que vitima o povo brasileiro.

“A ironia quis que a corrupção fizesse milhões de brasileiros saírem para as ruas nos últimos meses, mas que não fosse ela a causa da queda de Dilma Rousseff. Pior: os próprios arquitetos de sua derrocada não são santos“, diz um trecho.

“O homem que deu início ao processo de impeachment, Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara dos Deputados, é acusado de corrupção e de lavagem de dinheiro. A presidente do Brasil está sendo julgada por um Senado que tem um terço de seus representantes, segundo o site Congresso em Foco, como alvos de processos criminais. Ela será substituída por seu vice-presidente, Michel Temer, embora este seja considerado inelegível durante oito anos por ter ultrapassado o limite permitido de doações de campanha.”

“Se esse não é um golpe de Estado, é no mínimo uma farsa. E as verdadeiras vítimas dessa tragicomédia política infelizmente são os brasileiros.” (fonte: Notícias ao Minuto/foto arquivo reprodução)

Carro atinge e destrói barraca em avenida no São Gonçalo

IMG-20160828-WA0007

Um carro desgovernado destruiu uma barraca na avenida principal do bairro São Gonçalo, em Petrolina, na madrugada deste domingo (28). Segundo informações, o motorista teria perdido o controle do veículo e atingido a barraca, que ficou destruída.

Mesas e cadeiras também ficaram destruídas. O fato despertou a atenção de muitos curiosos. Não há informações se alguém ficou ferido. (foto/reprodução WhatsApp)

Revitalização do São Francisco pode custar R$ 30 bilhões

A discussão em torno da revitalização do Velho Chico tomou impulso na última semana a partir do lançamento do plano ‘Novo Chico’. O presidente em exercício Michel Temer assinou decreto que remodela o Programa de Revitalização da Bacia do Rio São Francisco, instituído em 2001 pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso. Na último dia 15, a Câmara Técnica do programa fez a primeira reunião e criou grupos de trabalho para detalhar as ações e os custos. Durante o encontro, o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, disse que as intervenções devem custar cerca de R$ 7 bilhões em um período de 10 anos.

A apresentação do plano de ação decenal está previsto para daqui a 90 dias. Mas antes desse prazo, já em setembro, o comitê deverá lançar o plano gestor da bacia, que também tem um horizonte de 10 anos. O presidente do comitê, Anivaldo Miranda, acredita que o documento vai antecipar a definição das primeiras decisões do comitê gestor e da câmara técnica.

“Nesse plano, fizemos um diagnóstico e identificamos cenários atuais e futuros para a demanda hídrica até 2035 e definimos também eixos de atuação, metas e prioridades. Vamos oferecer o plano como contribuição. A partir daí, o programa da revitalização poderá economizar tempo e dinheiro e partir para estabelecer quanto será gasto a cada ano”, comentou.

Segundo o vice-presidente da CBHSF, Wagner Soares Costa, o novo programa de revitalização cria mecanismos que permitem ter maior controle das ações. “A grande novidade foi a criação do comitê gestor, que vai estabelecer o monitoramento das ações em implantação. Hoje, o que se sabe é que há muitas ações inacabadas e não iniciadas. O que se quer daqui para frente é que a ação comece, se desenvolva e tenha um término com data definida. Com isso, se materializa o resultado esperado da ação.”

Na lista dessas ações anteriores, estão obras de esgotamento sanitário e de abastecimento de água, que somam investimentos de R$ 1,1 bilhão. O plano Novo Chico absorveu essas obras e colocou a estimativa de término delas para 2019.

Segundo o presidente do comitê, os R$ 30 bilhões em investimentos para a recuperação da bacia do São Francisco deverão ser a soma de todos os recursos destinados pelos governos federal, estaduais e municipais e também pela iniciativa privada.

O programa da revitalização não pode ser entendido como programa do governo federal, mas como programa da União, dos estados da bacia, das prefeituras e inclusive da iniciativa privada. É um novo programa que tem que envolver toda a sociedade, todos os usuários da água e todo o Poder Público num esforço conjunto para vencer esse desafio”, disse.

De acordo com Costa, o levantamento das ações necessárias para a revitalização do Rio São Francisco envolvem, entre outros, a recuperação de áreas degradadas, a recomposição de matas ciliares e a implantação de saneamento básico em todos as cidades que compõem a bacia do rio (são 507, no total).

Além do saneamento, ele aponta que é prioritário recuperar áreas degradadas para que voltem a absorver águas pluviais. Com isso, haveria uma recarga dos lençóis freáticos e a melhora das nascentes. A Bacia do Rio São Francisco envolve os biomas da Caatinga, da Mata Atlântica e do Cerrado. Para o vice-presidente da CBHSF, essa questão faz parte de uma nova visão sobre os recursos naturais.

“Um dos motivos da degradação sempre é a antropização, com a ocupação do solo de maneira desordenada. Para degradar, nós gastamos muito dinheiro. Para recuperar, teremos também que gastar muito dinheiro, pois tivemos uma mudança no sentido econômico do uso dos bens naturais. De 20 anos para cá, essa conscientização veio mais forte e está sendo transformada em ações para que tenhamos os resultados de recuperação.” Nesse sentido, ele indica que a iniciativa privada, onde estão alguns dos grandes usuários das águas do São Francisco, participem de perto do plano de revitalização do rio.

Conceito

Neste primeiro momento de funcionamento do programa, Anivaldo Miranda alerta para a necessidade de se firmar um conceito de revitalização. Para ele, é preciso tomar cuidado para não confundir oferta com demanda de água.

“Revitalização tem que ser entendida nesse momento como um conjunto de investimentos cujo foco é oferta de água, de melhorar a quantidade e a qualidade da água. É claro que, ao fazer o programa de revitalização, é preciso compatibilizá-lo com outras agendas, como saúde, indústria e economia em geral. São agendas que avançam paralelamente, mas as agendas da revitalização precisam ser conceituadas de forma precisa.

Dentre as atividades que demandam mais água do rio São Francisco, está a transposição, que vai levar água do Velho Chico para Paraíba, Ceará, Rio Grande do Norte e uma parte de Pernambuco. Para Miranda, a obra é um motivo a mais para acelerar a revitalização, somado a expansão de outros projetos econômicos que vão exigir mais água do rio.

Os estados que vão se beneficiar com os canais da transposição agora começam a fazer parte da grande família do São Francisco – para o bônus e para o ônus. Isso significa que o programa de revitalização passa a ser de interesse direto desses estados. É um grande motivo para unir todas essas forças para tornar esse programa de fato realidade”, finalizou. As informações são da Agência Brasil.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br