Serrita: MPPE dá prazo de 15 dias à prefeitura para que regularize fornecimento de medicamentos

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou à prefeitura municipal de Serrita (Sertão Central), por intermédio da Secretaria de Saúde, que adote providências para regularizar o serviço de fornecimento de medicamentos da rede de atenção básica em até 15 dias, indicando, dentro do mesmo prazo, as medidas a serem implementadas para evitar a interrupção do fornecimento de remédios.

A Promotoria de Justiça de Serrita teria tomado conhecimento de que a prefeitura não vem disponibilizando de forma adequada os medicamentos ou tratamentos à população que necessita se submeter a tratamentos de média e baixa complexidades, causando inúmeros prejuízos à saúde das pessoas enfermas.

Em muitas das manifestações realizadas perante o MPPE foi constatada a demora no fornecimento de medicamentos ou, até mesmo, recusas indevidas, acarretando a judicialização das demandas e, por conseguinte, a postergação do acesso dos usuários do SUS aos remédios necessários ao tratamento das enfermidades”, explicou o promotor de Justiça Carlos Henrique Tavares Almeida, no texto da recomendação.

A Secretaria de Saúde de Serrita também deve deflagrar procedimento licitatório, caso não haja nenhum em curso, para aquisição dos medicamentos que compõem a Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (Rename) em quantidade compatível com a demanda local, de forma a efetivar o direito de acesso universal e igualitário à assistência terapêutica a todos os usuários da rede pública municipal de saúde, conforme os artigos 28 e 29 do Decreto Federal nº7.508/2011.

Recomendação

O Ministério ainda recomendou ao município promover ações preventivas de controle de estoque e aquisição contínua de medicamentos, para evitar a interrupção do fornecimento sempre que se identificar uma baixa de determinado medicamento no estoque. A recomendação foi publicada no Diário Oficial. As informações são do MPPE.

Suspeito de tentar estuprar menores preso ontem em Petrolina é visto à solta novamente

suspeito-solto-petrolina

Um homem de 44 anos, identificado por Fabrício da Silva Valério, foi preso ontem (20) por policiais militares do 5° Batalhão, no Loteamento Geovana, em Petrolina, quando tentava estuprar duas meninas de 10 anos e praticar atos obscenos diante de uma senhora que estava na frente da sua residência. Após ser detido por populares – alguns querendo linchar o homem -, a equipe do 5°BPM foi acionada ao local e o encaminhou à 1ª Delegacia de Polícia Civil (PC), no Bairro Ouro Preto, zona oeste da cidade, onde foi autuado em flagrante. (mais…)

Padeiro é morto a tiros no bairro Maria Auxiliadora

pedreio-morot-maria-auxiliadoraUm jovem de 22 anos morreu após ser alvejado por vários disparos de arma de fogo no bairro Maria Auxiliadora, zona leste de Petrolina, no final da noite de ontem (20).

Conforme o 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), a vítima é Leandro da Silva Costa. Ele trabalhava como padeiro e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Universitário (HU), mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Testemunhas informaram aos policiais que dois homens chegaram num carro preto, efetuaram os disparos e fugiram logo depois, tomando destino ignorado. Ainda não há informações sobre a motivação e autoria do crime. (foto/reprodução WhatsApp).

Governo de PE recorre e justiça decreta greve ilegal greve dos policiais civis

tjpePor meio de nota, o Governo de Pernambuco lamentou a decisão do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol) em decretar ontem (20) uma greve por tempo indeterminado, que começa a partir desta sexta-feira (21).

O governo se disse aberto ao diálogo, mas criticou a proposta apresentada pelo Sinpol, que por sua vez afirmou que o Estado faltava com a verdade. Mesmo se dizendo disposto a um consenso, o governo acionou o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), o qual já deu seu veredicto pela ilegalidade da greve.

Por meio do desembargador do desembargador Bartolomeu Bueno, o TJPE concedeu, na noite de ontem (20), liminar ao Governo do Estado declarando ilegal o movimento paredista decretado pelo Sinpol. O Sindicato já foi notificado ainda ontem sobre a decisão. O descumprimento implicará em multa diária no valor de R$ 100 mil. A decisão pode ser acessada no link tj-decreta-ilegalidade-de-greve-da-poli-cia-civil. (foto/reprodução)

Polícia Federal libera porte de arma para a Guarda Municipal de Juazeiro

Ontem (19) a Guarda Civil Municipal de Juazeiro (BA) recebeu da Polícia Federal (PF) a autorização do convênio de porte de arma. Na Bahia as cidades de Itaberaba e Tucano também receberam a mesma autorização.

O porte de arma está previsto na Lei 13.022 de 8 de agosto de 2014, no seu artigo, segundo no qual descreve que “incumbe às guardas municipais, instituições de caráter civil, uniformizadas e armadas à função de proteção municipal preventiva, ressalvadas as competências da União, dos Estados e do Distrito Federal“. Ainda prevista na lei está a proteção dos direitos humanos fundamentais, do exercício da cidadania e das liberdades públicas, preservação da vida, redução do sofrimento e diminuição das perdas, além do patrulhamento preventivo e compromisso com a evolução social da comunidade e, quando necessário, o uso progressivo da força.

O convênio foi assinado pelo superintendente regional da PF, Daniel Justos Madruga, em Salvador. Para a inspetora-chefe Josilene Lins, a Guarda Municipal estará mais apta a realizar a segurança das cidades. “Estamos muito felizes por mais uma conquista da corporação, pois nos empenhamos muito desde o início do plano de trabalho, e a realização dos cursos de formação e todos os critérios exigidos pela Polícia Federal. O próximo passo é fazer o requerimento individual de todos os GCM’s“, informou.

Para esse requerimento, a inspetora esclarece que GMs aptos deverão apresentar comprovação de idoneidade, com a apresentação de certidões negativas de antecedentes criminais fornecidas pela Justiça Federal, Estadual (incluindo Juizados Especiais Criminais), Militar e Eleitoral, não estar respondendo a inquérito policial ou a processo criminal, comprovar capacidade técnica e de aptidão psicológica para o manuseio de arma de fogo, realizada em prazo não superior a um ano, que deverá ser atestada por instrutor de armamento e tiro e psicólogo credenciado pela PF, além de ter sido punido disciplinarmente na corporação. (foto/arquivo divulgação)

Em nota, Sinpol-PE esclarece motivos que levaram categoria a paralisar atividades e critica governo estadual

greve-sinpol-pe

Em nota enviada à imprensa, o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE) justifica à sociedade as razões pelas quais levaram a categoria a deflagrar, no dia de ontem (20), uma greve por tempo indeterminado.

Confiram:

Em virtude do descumprimento de diversos prazos e acordos, propostos pelo próprio Governo do Estado, além do flagrante descaso com a Segurança Pública, nesta quinta-feira (20), mais de 4.000 mil Policiais Civis fizeram uma grande passeata pelas ruas do Recife. Ao final, em assembleia realizada em frente ao Palácio do Campo das princesas, decretaram GREVE POR TEMPO INDETERMINADO. O sindicato da categoria (Sinpol-PE) tem denunciado a condição precária em que se encontra a Polícia que investiga os crimes em Pernambuco. Faltam coletes à prova de balas, efetivo, viaturas, gasolina para diligências e até mesmo papel para imprimir os boletins de ocorrência da população. Além disso, em Pernambuco, os Policiais Civis recebem o pior salário do país entre a classe.

Com o objetivo de confundir e jogar a sociedade contra o movimento, o Governo de Pernambuco tem mentido ao dizer que a categoria está pleiteando 300% de aumento salarial. A verdade é que só existem duas reivindicações: melhores condições de trabalho e a implementação da reformulação do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos da Polícia Civil, construído por técnicos da Secretaria de Administração e a diretoria do Sinpol.

O Governo também mentiu ao afirmar, em nota emitida, que já realizou 14 reuniões com o Sindicato este ano. A primeira tratativa sobre o tema aconteceu no dia 17 de agosto, quando mais uma vez estabeleceu e descumpriu um prazo dado para a apresentação de uma proposta concreta sobre as reivindicações.

Neste momento, dirigindo-nos ao povo pernambucano, esclarecemos que os Policiais Civis têm como função principal investigar e solucionar os crimes, encaminhando seus autores à justiça. No entanto, o que ocorre em Pernambuco é que a Polícia Civil está tão sucateada e abandonada que a maioria dos boletins de ocorrência registrados pela população têm se transformado apenas em arquivo, ficando sem a devida investigação. Com relação ao problema, é importante ressaltar que a responsabilidade por essa situação e, por conseguinte, da greve é do descaso com o qual o Governo de Pernambuco tem tratado a segurança pública e seus agentes. Por isso, esperamos contar com seu apoio, diante da compreensão que essa luta é de todos que reivindicam uma segurança pública eficiente.

Sinpol-PE/Ascom

Assaltos nas imediações de igreja no Bairro Maria Auxiliadora aterrorizam moradores

violênciaUma série de assaltos na Rua André Vidal de Negreiros, imediações da capela de Nossa Senhora Auxiliadora, estão aterrorizando moradores do Bairro Maria Auxiliadora, zona leste de Petrolina.

De acordo com informações repassadas ao Blog, as ocorrências são quase que diárias. As vítimas são principalmente mulheres, que têm seus pertences, como bolsas e aparelhos celulares, levados pelos marginais.

A sensação de insegurança é tão grande que a rua costuma ficar praticamente sem movimento, depois das 19h. Com a palavra, as autoridades policiais.

Serra Talhada: Diretor de matadouro público é morto a tiros

ivanildo-quixabeiraO diretor do Matadouro Público de Serra Talhada (PE), no Sertão do Pajeú, popularmente conhecido por ‘Ivanildo Quixabeira’, foi assassinado com vários disparos de arma de fogo enquanto fazia um lanche num espetinho próximo a estátua do Cristo, na Rua 2 do bairro Bom Jesus. O crime aconteceu por volta das 20h de ontem (20).

Segundo testemunhas, dois homens chegaram ao local de motocicleta e foram logo atirando, sem chances de defesa para a vítima, que também era proprietária de um frigorífico. Ainda não há informações sobre a motivação e autoria do crime. Agora, Serra Talhada já contabiliza 37 assassinatos só este ano. (fonte/foto:O Farol de Notícias)

Utilidade pública: Jovem universitário desaparece em Petrolina e familiares se mobilizam por notícias

thalyson

O desaparecimento do jovem Thalyson Fernando Ferreira está mobilizando familiares em Petrolina, que buscam desesperadamente por notícias sobre seu paradeiro.

Thalyson, que reside no Bairro José e Maria, zona norte da cidade, é estudante universitário e cursa Administração na Univasf.  Ele foi visto pela última vez às 4 da manhã de ontem (19), bebendo com amigos no Bairro Areia Branca, zona leste. Segundo informações, ele teria se desentendido com seu pai.

Qualquer informação que possa levar a Thalyson, basta ligar para o número (87) 9 8808-6541 e falar com Jone Clécio, primo dele, que trabalha na Voz do São Francisco/Emissora Rural.

Golpe contra aposentados deixa Sertão do Pajeú em alerta

Aposentados e pensionistas de municípios do Pajeú pernambucano estão em alerta por conta de um novo golpe que vem sendo aplicado com frequência na região.

Uma quadrilha que teria acesso ao banco de dados dessas pessoas está subtraindo dinheiro com uma simples manobra de emissão de boletos.

Os estelionatários emitem o documento com timbre e tudo, mandando o cidadão efetuar o pagamento em agências bancárias. Advogado previdenciário, Tote Marques alerta que os aposentados só paguem o que comprarem. Fica a dica. (De Anchieta Santos/para o Blog)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br