Colisão entre moto e caminhão deixa homem morto em rodovia em Uauá

Um homem morreu após a moto conduzida por ele colidir contra um caminhão na noite ontem (11), no quilômetro 272 da BR-116, próximo ao entroncamento do povoado de Poço de Fora, sentido Uauá/Juazeiro (BA).

De acordo com informações da 45ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), o motorista do caminhão, identificado como Clebson da Paixão Rodrigues, fugiu do local do acidente, mas foi localizado e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Juazeiro, onde foi constatado que ele não havia ingerido bebida alcoólica. Ele ainda passou pelos procedimentos policiais de praxe.

A vítima, José Milton Ferreira de Souza, morreu no local do acidente e seu corpo foi removido para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Juazeiro. A 45ª CIPM não deu maiores detalhes do acidente. (foto/divulgação)

Comando do 5°BPM promove reunião comunitária na zona rural de Petrolina

policiaO Comando do 5ºBatalhão da Polícia Militar (5ºBPM) promoveu na última sexta-feira (11) uma reunião na comunidade de Miradouro, zona rural de Petrolina, para discutir segurança pública na comunidade.

De acordo com o 5ºBPM,  durante o encontro foram abordados temas diversos no que diz respeito à poluição sonora, perturbação do sossego e outros males causadores da violência urbana.

“É uma dor que sinto dentro da alma”, diz pai de menina morta em colégio de Petrolina

A família de Beatriz Angélica Mota, de 7 anos, que foi assassinada dentro do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, Centro de Petrolina, na noite da última quinta-feira (9), está em estado de choque.

Consternado, o pai da vítima, Sandro Romildo, falou do sofrimento pelo qual está passando. “É uma dor que eu sinto que não é do corpo, é uma dor que sinto que é dentro da alma“, afirmou à TV São Francisco.

Ela era um anjo que não fazia mal a ninguém. Ela tinha sete anos, não tinha pecado e que Deus quis levar pra ele, porque ela era muito boa para viver nesse mundo cruel”, lamentou Sandro, que é professor de Inglês no colégio onde a filha foi morta.

Beatriz foi sepultada no final da tarde de ontem (11), na zona rural de Juazeiro, onde morava com a família. O caso está sendo investigado pelas polícias Civil, Federal e Militar. Segundo a delegada Sara Machado, responsável pela investigação, pessoas suspeitas já foram ouvidas, mas por enquanto nada de conclusivo. (foto/reprodução TV São Francisco)

Clamando por paz e justiça, dezenas de pessoas oram ao lado de colégio onde menina foi morta no Centro de Petrolina

Vestidas de branco e pedindo paz e justiça, dezenas de pessoas se reuniram na noite de ontem (11) em frente ao portão lateral do Colégio Nossa Senhora Maria Auxiliadora, no Centro de Petrolina, para orar por Beatriz Angélica Mota, de 7 anos, que foi brutalmente assassinada durante um evento de encerramento do ano letivo, no final da noite de quinta-feira (10). (mais…)

Por Beatriz…

luto2

Prefeito de Juazeiro se solidariza com família de menina morta em colégio de Petrolina

bratriz assassinadaO prefeito de Juazeiro (BA), Isaac Carvalho, emitiu nota de pesar e solidariedade à família de Beatriz Angélica Mota, de 7 anos, brutalmente assassinada na noite de ontem (10) nas dependências do Colégio Maria Auxiliadora, Centro de Petrolina.

Consternado, Isaac se dirigiu especialmente aos pais da criança, Sandro Romilton e Maria Lúcia Mota. “Recebam minha solidariedade e que Deus lhes dê conforto e forças para suportar essa inominável dor”.

O prefeito lembrou ainda que a família de Beatriz é muito conhecida e respeitada na cidade. “Por isso todos os juazeirenses estão chocados e também se solidarizam com a família por esse triste ocorrido”.

O corpo de Beatriz Angélica foi levado ao Centro de Velório do bairro Santo Antônio. O sepultamento ocorreu no interior de Juazeiro, no fim da tarde de hoje (11). (foto/reprodução)

Sinpro-PE envia nota de pesar pelo assassinato de estudante em colégio particular de Petrolina

Em estado de choque pelo brutal assassinato da estudante Beatriz Angélica Mota, ocorrido na noite de ontem (10) no Colégio Maria Auxiliadora, assim como também está toda a população de Petrolina, o Sindicato dos Professores no Estado de Pernambuco (Sinpro-PE)/Regional Petrolina enviou uma nota de pesar à imprensa.

Na nota, entre outras coisas, a entidade se sensibiliza com a família de Beatriz, que tinha apenas sete anos de idade, e pede às autoridades policiais uma investigação rigorosa para se chegar tão logo que possível ao autor do crime. A íntegra da nota pode ser conferida acima abaixo:

nota sinpro pe

Delegada fala sobre investigação de assassinato de menina em colégio de Petrolina: “Intenção era matar”

delegada sara machado

A Polícia Civil de Petrolina está investigando o assassinato de Beatriz Angélica Mota, de apenas 7 anos de idade, que foi morta a facadas na noite de ontem (10) dentro de uma sala do Colégio Maria Auxiliadora, no Centro da cidade. O crime ocorreu durante a realização de uma festa de encerramento do ano letivo. A garota estava acompanhada dos pais, sendo ele professor da unidade de ensino.

Segundo a delegada Sara Machado, que está à frente das investigações, já foram ouvidas pessoas que estavam no evento e também alguns suspeitos. “Algumas pessoas que estavam nas imediações do evento já foram ouvidas e estamos seguindo outras linhas de investigações que não podemos divulgar”, informou Sara, durante coletiva de imprensa na tarde de hoje (11).

A delegada disse que a investigação segue com o apoio das Delegacias do bairro Ouro Preto, do Centro, da Polícia Federal, da PM e da Delegacia de Homicídios. Sara também informou que estão sendo analisadas imagens de câmeras de segurança. “Imagens da escola, da vizinhança e de pessoas que estavam na festa já estão sendo analisadas, mas até agora não temos nada conclusivo.

Sobre um boato de que a garota teria sofrido abuso sexual, a delegada descartou. “Não houve violência sexual, nem tentativa. A garota estava vestida. Por conta disso, a intenção específica [do criminoso] era de matar”, afirmou Sara, dizendo que “nenhuma motivação nessa intenção de matar pode ser descartada.

A delegada também disse que o Instituto de Criminalística (IC) fez um levantamento e já se sabe que a garota foi morta no mesmo local em que foi encontrada – uma sala onde os materiais esportivos do colégio eram guardados. “Pelas informações preliminares da perícia, a criança foi morta naquele local. O IC fez um levantamento no local para levantar estruturas físicas que possam ter impressões digitais, restos de pele, cabelos”, frisou.

Boatos em redes sociais

Após o crime, surgiram diversas versões sobre o caso e a divulgação de fotos de pessoas supostamente suspeitas. Sobre o assunto, a delegada disse que a Polícia Civil (PC) não divulgou nada e que as pessoas que disseminam esse tipo de informação podem ser responsabilizadas criminalmente. “Não existe nenhuma informação oficial da PC sobre o crime. A gente pede às pessoas que não compartilhem imagens em rede sociais, pois podem colocar em risco a integridade de inocentes. Quem fizer isso pode ser responsabilizado criminalmente”, finalizou. As investigações do caso vão continuar.

Homem é preso por porte ilegal de arma no N-6 do Perímetro Senador Nilo Coelho

5BPMPoliciais militares do 5°Batalhão prenderam na madrugada de hoje (11) um homem por porte ilegal de arma. O fato foi registrado no N-6 do Perímetro de Irrigação Senador Nilo Coelho.

Segundo boletim policial, o detido é Jéferson Vieira dos Santos, de 27 anos. Ele estava com outras duas pessoas num Chevrolet Celta, cor branca e placa ARF-3317 de Pernambuco, que estava estacionado próximo a um bar da comunidade.

A equipe do 5°BPM desconfiou da movimentação dos suspeitos e efetuou a abordagem. No porta-malas do veículo os policiais acabaram achando um revólver calibre 38, com seis munições. Jéferson confessou ser o proprietário da arma, que teria sido comprada na Feira do Ouro Preto. Após ser preso, ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil (DPC) de plantão, onde foi autuado em flagrante delito. A arma também foi entregue à DPC.

PF investiga superfaturamento em obras de transposição do São Francisco

TransposiçãoA Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (11) a Operação ‘Vidas Secas’ – Sinhá Vitória, que investiga o superfaturamento de obras de engenharia executadas por empresas em dois dos 14 lotes da transposição do Rio São Francisco. Empresários do consórcio OAS/Galvão/Barbosa Melo/Coesa utilizaram empresas de fachada para desviar cerca de R$ 200 milhões das verbas públicas.

Os valores eram destinados à transposição do rio, no trecho que vai do agreste de Pernambuco até a Paraíba. Os contratos investigados, até o momento, são de R$ 680 milhões. Segundo a PF, as investigações apontaram que algumas empresas ligadas à organização criminosa estariam em nome de um doleiro e também envolvem um lobista, ambos investigados na Operação Lava Jato.

Estão sendo cumpridos 32 mandados judicias, sendo 24 de busca e apreensão, quatro de condução coercitiva e quatro de prisão, em Pernambuco, Goiás, Mato Grosso, Ceará, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio grande do Sul, Bahia e Brasília. Cerca de 150 policiais federais participam da operação.

Os investigados responderão pelos crimes de associação criminosa, fraude na execução de contratos e lavagem de dinheiro.

A PF explicou que o nome da operação, Sinhá Vitória, representa a mulher do sertão, que não se rende à miséria. Uma personagem descrita no livro Vidas Secas, de Graciliano Ramos, como uma mulher forte, que fazia as contas do pagamento recebido do dono da fazenda onde trabalhavam sempre chegando à conclusão de que eram roubados. (fonte: Agência Brasil)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br