Morador do Ouro Preto solicita mudanças no trânsito em dia de feira do bairro

Moradores do Ouro Preto, zona oeste de Petrolina, fazem um apelo à Autarquia de Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) para que seja adotado um sistema de mão única nos dias de feira do bairro. Segundo eles, a movimentação no local torna o trânsito bastante confuso com o funcionamento da feira.

Os transtornos em dia de feira acontecem a cada momento. A comunidade conta já ter presenciado até brigas entre motoristas por causa do tráfego confuso no dia da feira, que acontece aos domingos. Eles dizem que os carros chegam quase a colidir de frente e nem a viatura da PM escapa da confusão, com dificuldade de transitar nas proximidades.

Em nota, Prefeitura garante que feira do Povoado de Vermelhos não acabará e promete melhorias

feira-povoado-de-vermelhos-lagoa-grandeA Prefeitura de Lagoa Grande (PE), no Sertão do São Francisco, rechaçou qualquer hipótese de que a tradicional feira livre do Povoado de Vermelhos, zona rural do município, venha a se acabar, segundo manifestaram os comerciantes do local. Numa nota enviada a este Blog por meio da assessoria, a administração municipal assegura, mesmo diante da crise político-econômica, não só a permanência da feira, como investimentos para melhorar sua estrutura.

Confiram:

O município de Lagoa Grande, interior de Pernambuco, mesmo em meio às dificuldades da crise financeira e política no cenário nacional, foi uma das cidades que mais progrediram no interior do Estado. Por isso, a gestão atual faz questão de garantir que sempre trabalhou para manter a qualidade de vida dos munícipes. Isto se comprova na permanência da folha de pagamento em dia, o que gera movimento no comércio local. Ao contrário de cidades vizinhas, que atrasam em até três meses os salários.

A prefeitura entende a reclamação dos feirantes, ao tempo que garante a permanência não só da feira rural, como a viabilização do pátio para a implantação de uma feira coberta. A área inclusive já foi escolhida em um local estratégico e o projeto enviado para o Governo do Estado, restando apenas a liberação do recurso.

Vale salientar que a compra dos alimentos para merenda escolar é realizada no comércio local, a preço de varejo, colaborando com os produtores rurais do município. Diferente do governo anterior, que levava o recurso local para o município vizinho, ao adquirir os produtos no Ceasa em Juazeiro-BA.

Desde 2013 a prefeitura de Lagoa Grande sempre pensou no bem estar da população e na geração de empregos. Como exemplo disso, tentou colocar três empresas no município: Tintas Yalen, Grupo Veneza, Logística Broker & Transportes, que gerariam mais de mil empregos diretos e indiretos. Mas infelizmente os vereadores oposicionistas engavetaram o projeto na câmara de vereadores, impendido a instalação dessas empresas.

Portanto, a prefeitura rebate a afirmação de que “falta incentivo à economia local”. Afinal de contas, é na gestão atual que a cidade realiza cursos profissionalizantes através do Cetep, e já formou cerca de 3.500 alunos recebendo bolsas mensais de até R$ 400, girando a economia e habilitando profissionais para o comércio local.

Prefeitura de Lagoa Grande/Ascom

Tradicional feira de povoado rural em Lagoa Grande corre risco de acabar por falta de incentivo, denunciam comerciantes

feira-povoado-de-vermelhos-lagoa-grande

O comércio de rua vive momentos ruins em todo o país, devido à crise econômica. No povoado de Vermelhos, zona rural de Lagoa Grande (PE), Sertão do São Francisco, isso não é diferente. A tradicional feira da comunidade está a um passo de acabar, segundo os próprios feirantes.

A falta de incentivo à economia local seria um dos fatores cruciais para a atual situação do comércio da comunidade. Ultimamente, conforme os comerciantes, as vendas têm despencado e em algumas situações a melhor opção é desarmar as barracas.

Muitos deles só têm a renda desse tipo de venda para manter suas famílias, o que gera ainda mais preocupação quanto ao futuro. Os comerciantes cobram da gestão municipal uma maior atenção com a tradicional feira. Com a palavra, a prefeitura. (foto/divulgação)

Falta de higiene de comerciantes na feira da Areia Branca incomoda frequentadores

flagrante carne chão feira a reia branca

A desorganização e a falta de higiene na feira livre da Areia Branca, zona leste de Petrolina, vêm incomodando muitos frequentadores do local. Um leitor do Blog, que preferiu o anonimato, fez um flagrante de comerciantes manipulando carnes e pedaços caídos ao chão.

Vi a total falta de higiene e respeito com os consumidores de carne da feira. Carnes jogadas pelo chão e gatos e cachorros fazendo a ‘festa’. Um verdadeiro absurdo. Cadê a Vigilância Sanitária do município?”, questionou. Com a palavra, as autoridades responsáveis.

Cena comum: Esgoto escorre ao lado da Feira da Areia Branca

esgoto areia branca

Se tem um assunto que não vai faltar na pauta dos candidatos a prefeito e vereador em Petrolina é saneamento. Reclamações nesse sentido não faltam na cidade. E agora aparecem até de onde nem havia tanta demanda assim.

Na Areia Branca, zona leste, o esgoto estourado escorre ao lado de uma das feiras livres mais conhecidas de Petrolina, o que provocou a irritação de moradores e comerciantes da área. A cena, infelizmente, virou comum na cidade. E só promessa de campanha não ajuda a resolver.

Briga entre flanelinhas por espaço em feira na Areia Branca deixa comerciantes e frequentadores assustados

flanelinhaComerciantes e frequentadores da feira livre da Areia Branca, zona leste de Petrolina, estão atormentados com a disputa entre flanelinhas no local. Segundo informações de um feirante, que preferiu o anonimato, as brigas por espaços no estacionamento são constantes.

No estacionamento do pátio não é obrigado o cliente pagar para ninguém olhar seu transporte. O problema é que muitos flanelinhas conseguem dinheiro fácil pra comprar drogas”, relata, através do WhatsApp do Blog.

De acordo com o feirante, muitos guardadores de carro não se importam em consumirem as drogas no espaço da feira. ”As drogas e farras são consumidas no pátio da feira. Muitos dormem e fazem suas necessidades nas bancas da feira”, afirma.

O feirante cobra medidas por parte das autoridades e clama para que as pessoas parem de dar dinheiro aos flanelinhas do local. “Se todos pararem de dar moedas ou uma fiscalização for feita no local, isso deve amenizar. Seria uma boa solução”, finaliza. Com a palavra, as autoridades responsáveis. (foto/reprodução)

Centro de Zoonoses de Petrolina realizará 2ª edição da Feira de Adoção de Animais

110552a3913cd941ab288da46bbc5e2bCerca de 40 animais, entre cães e gatos, estarão disponíveis para adoção durante a 2ª Feira de Adoção promovida pelo Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Petrolina. A iniciativa acontecerá neste sábado (9).

Segundo a assessoria de comunicação da prefeitura, para adotar é preciso levar um documento de identificação (RG ou CPF) e um comprovante de residência. O evento acontecerá a partir das 13h na sede do CCZ, localizado na Rua Pedra do Bode, s/n°, Jatobá (próximo ao Clube Sindsemp).

Marchante denuncia venda de carne clandestina na Feira da Areia Branca

carne feira areia branca2

As denúncias de comercialização de carne clandestina em Petrolina começaram mais cedo do que se imaginava. (mais…)

Feira de produtos hortifrutigranjeiros da presidência é superior a R$ 52,5 mil

Dilma-cozinha-580x500

A Secretaria de Governo da Presidência da República, chefiada pelo ministro Ricardo Berzoini, decidiu ir às compras sem a preocupação de economizar. Segundo edital liberado nesta segunda-feira (11), vai gastar mais de R$ 52,5 mil apenas em produtos hortifrutigranjeiros. No carrinho de compras do exigente chef de cozinha da turma de Dilma estão cinco tipos de batata, três de maçã e outros quatro de pepino.

Oficialmente, as compras da Secretaria de Governo seriam para a Aeronáutica, que tem histórico de gastanças na área de gastronomia. O edital para a “feira” de R$ 52,5 mil no âmbito da Presidência da República condiciona a compra à alta qualidade dos produtos.

Em outros escândalos, militares gastaram sem piedade dinheiro público em bebidas e iguarias como bombons, filés de salmão, até sushis. (fonte: Diário do Poder/Jornal do Commercio)

Preparativos para SemiáridoShow 2015 estão em ritmo acelerado, informa coordenação

semiáridoshow 2015Os preparativos para a SemiáridoShow 2015 estão em ritmo acelerado, segundo informou a coordenação do evento. Na área de exposição da feira, a coloração amarronzada do solo começa a ser sobreposta por tons variados de verde. São as variedades de mandioca, espécies forrageiras, agroenergéticas e florestais, feijão e milho, um total de quase 80 variedades destes cultivos em fase de crescimento e que devem estar no ponto de colheita à época de realização do evento, no período de 20 a 23 de outubro.

Elias Moura Reis, engenheiro agrônomo da Embrapa Semiárido, revela que, ao todo, serão 12 hectares cultivados com as variedades e todas tem como característica comum a adaptação às condições climáticas da região, pesquisadas para ter ciclo curto de produção. Isto, afirma Elias, diminui os riscos de perdas das plantas com a irregularidade das chuvas.

De cima do mirante, com quatro metros de altura, pode-se observar a feira tomando a forma de exposição de alternativas para os agricultores conviverem com o semiárido. Além dos cultivos – alguns plantados individualmente, outros em forma de consórcios – demonstrações de apriscos, galinheiros, criação de animais apropriados ao clima, variadas tecnologias de captação e armazenamento da água da chuva e muito mais possibilidades serão expostas durante os quatro dias da Feira.

De acordo com Elias, até o início do evento tudo deverá está funcionando a contento e os visitantes poderão avaliar a adoção das variedades e dos sistemas de produção. Isso irá se somar a um conjunto de palestras, seminários e minicursos que poderão fornecer mais detalhes com relação às tecnologias.

Além destas demonstrações, as famílias também terão acesso a pesquisas desenvolvidas por 16 unidades da Embrapa, que irão demonstrar na prática os cultivos de variedades. A SemiáridoShow acontecerá de 20 a 23 de outubro, na Embrapa Produtos e Mercados, em Petrolina. A Feira é realizada pela Embrapa em parceria com o Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (IRPAA). O evento será aberto ao público das 8h às 17h.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br