Beneficiária do ‘Minha Casa, Minha Vida’ perde imóvel após vendê-lo por R$ 15 mil em Petrolina

001_0Uma beneficiária do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ acabou perdendo o direito ao imóvel após vendê-lo por R$ 15 mil em Petrolina. Segundo informações da prefeitura, a ação aconteceu depois que a Ouvidoria realizou ação junto à Guarda Municipal para cumprir diligência no Residencial Nova Vida. A visita foi realizada após denúncia, encaminhada pela Caixa Econômica Federal, informando que uma beneficiária do programa havia realizado transação comercial para venda de imóvel.

Ao chegar à residência de Rozinira Alves, a equipe foi recebida pelo filho dela. O garoto, de 14 anos, confirmou que a mãe iria se desfazer do imóvel e se mudar para o Recife. O menor afirmou ainda que Rozinira tinha a intenção de abandoná-lo em Petrolina.

Segundo informações da assessoria de comunicação, a proprietária confirmou a venda do imóvel. “A beneficiária do programa Minha Casa Minha Vida confessou que fez o acordo de compra e venda por R$15 mil. Essa prática é totalmente ilegal“, salienta a ouvidora.

A venda ou transferência de unidades habitacionais do programa federal, destinadas à população de baixa renda, é proibida nos primeiros 10 anos, mas Rozinira tinha apenas três anos de recebimento da residência. Por conta disso, será feito o distrato e a proprietária perderá o direito ao imóvel. Já o comprador perderá o que pagou e ambos não poderão mais se inscrever em programas habitacionais.

A prefeitura ressalta que casos de aluguel, venda, repasse ou cedência, mesmo que para familiares, de imóveis do Minha Casa Minha Vida devem ser denunciados para a Ouvidoria, pelo número 156.

Dilma em Juazeiro: “O Brasil vai crescer ainda mais com o Minha Casa, Minha Vida 3”

dilma juazeiroA presidenta Dilma Rousseff (PT) disse ontem (14) que o Brasil voltará a crescer e a inflação será reduzida. A afirmação foi feita durante a solenidade de entrega das 1.480 unidades habitacionais do residencial Juazeiro I, do ‘Minha Casa, Minha Vida’, em Juazeiro (BA).

Segundo Dilma, o País passa por um momento de travessia que trará resultados positivos, e que a terceira etapa do programa será lançada até o dia 10 de setembro. “Estamos em uma travessia, e nessa travessia nós vamos fazer dar certo. O Brasil, podem ter certeza, vai voltar a crescer, vai reduzir a inflação. O ‘Minha Casa, Minha Vida 3’ vamos lançar até o dia 10 de setembro, e isso significa mais 3 milhões de casas, além das que já entregamos e daquelas que estão em construção”, disse a presidenta.

A primeira etapa do Residencial Juazeiro I, entregue ontem, somou investimentos de mais de R$ 88 milhões. São casas sobrepostas, e cada unidade é dividida em dois quartos, área de circulação, sala, banheiro, cozinha e área de serviço. Cada imóvel está avaliado em R$ 60 mil, segundo a Caixa Econômica Federal.

A meta do Governo Federal é contratar mais 3 milhões de unidades habitacionais até 2018. De acordo com o Ministério das Cidades, desde a criação do programa, em 2009, 2,3 milhões de moradias foram entregues, e 1,5 milhão de residências estão em construção. Criado em 2009, o programa financia imóveis populares para famílias de baixa renda, com subsídio de até 95% do valor.

Beneficiários de residencial do ‘Minha Casa Minha Vida’ no Itaberaba, em Juazeiro, também não conseguem ter acesso a solenidade

IMG-20150814-WA0008Nem os próprios beneficiários das 1.48o unidades do  residencial do ‘Minha Casa Minha Vida’, que serão entregues nesta sexta-feira (14) pela presidente Dilma Rousseff no bairro Itaberaba, em Juazeiro (BA), escaparam do rigor da segurança de Dilma.

O que se sabe até o momento é que os contemplados estariam sendo proibidos de entrar, o que estaria gerando um tumulto no local.

Vice-prefeito de Juazeiro é impedido de participar de solenidade no Itaberaba

protesto dilma itaberabaEm meio a um início de tumulto, o vice-prefeito de Juazeiro, Irmão Francisco, foi impedido de participar da solenidade de entrega de 1.480 unidades do programa ‘Minha Casa Minha Vida’, no bairro Itaberaba, que terá a presença da presidente da República, Dilma Rousseff (PT).

No evento, alguns secretários da prefeitura conseguiram entrar, além do reitor da Univasf, Julianeli Tolentino. Milhares de pessoas já estão no local e continuam com as manifestações, mas por enquanto não houve incidentes.

Manifestações poderão marcar nova passagem de Dilma pela região nesta sexta-feira

dilma impeachmentA presidenta Dilma Rousseff (PT) poderá enfrentar uma saia justa em Juazeiro (BA) durante a solenidade de entrega de 1.480 unidades do Residencial Juazeiro I, do ‘Minha Casa, Minha Vida’, no bairro Itaberaba, nesta sexta-feira (14).

Nos bastidores da cidade comenta-se que Dilma poderá ser constrangida já na chegada ao Aeroporto Internacional Senador Nilo Coelho, em Petrolina, durante o desembarque. Em alguns grupos nas redes sociais, internautas estão divulgando que realizarão um ‘panelaço’ no aeroporto. Já no Itaberaba, a presidente poderá ser surpreendida com manifestantes segurando faixas e cartazes, pedindo seu impeachment.

Produtores rurais de perímetros irrigados de Juazeiro e Petrolina também devem se reunir no Residencial para cobrar mais agilidade do governo federal quando ao projeto de instalação dos flutuantes no Lago de Sobradinho (BA).

A solenidade no Itaberaba está marcada para as 11h. (foto/reprodução)

Dilma estará em Juazeiro nesta sexta-feira para inauguração de residencial no bairro Itaberaba

isaac e dilmaO prefeito de Juazeiro (BA), Isaac Carvalho, confirmou há pouco a presença da presidente Dilma Rousseff na inauguração das 1.480 unidades do novo residencial do ‘Minha Casa, Minha Vida’ localizado no bairro Itaberaba. A solenidade acontecerá no próprio Residencial nesta sexta-feira (14), às 11h.

Em parceria com o Governo Federal, através do programa, a prefeitura já entregou 4 mil unidades habitacionais. Além dessas 1.480 casas que serão entregues por Dilma e Isaac, ainda estão em construção mais de 4 mil residências, totalizando aproximadamente 11 mil novas unidades. (foto/arquivo divulgação)

Contemplados no ‘Minha Casa, Minha Vida’ do Itaberaba em Juazeiro assinam contrato a partir desta terça

A assinatura dos contratos dos contemplados no programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ para o Residencial Juazeiro I, localizado no bairro Itaberaba, em Juazeiro, acontecerá de amanhã (11) a quinta-feira (13), a partir das 8h30, na quadra da Escola José Pereira da Silva, na Avenida São Francisco.

As equipes de Habitação da Secretaria de Desenvolvimento e Igualdade Social (Sedis) e da Caixa Econômica Federal irão atender os contemplados por ordem alfabética, de acordo com o cronograma abaixo. Os 1.480 beneficiários deverão apresentar o original e duas cópias do RG (identidade), CPF e o Número de Identificação Social (NIS).

A lista de contemplados pode ser conferida acessando aqui. Abaixo segue o cronograma de atendimento para assinatura dos contratos.

Data Letras
11 de agosto A,B,C,D,E,F,G
12 de agosto H,I,J,K,M
13 de agosto L,N,O,P,Q,R,S,T,U,V,W,X,Y,Z

Jovem sofre tentativa de homicídio em residencial do ‘Minha Casa, Minha Vida’ em Petrolina

ViolênciaUm jovem de 21 anos sofreu uma tentativa de homicídio no Residencial Nova Petrolina, do ‘Minha Casa, Minha Vida’, ontem (8). De acordo com informações do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), Robson Santos da Conceição foi alvejado com dois disparos de arma de fogo na altura das costas.

Segundo o 5º BPM, a vítima, após ser encaminhada ao Hospital Universitário (HU), relatou que os tiros foram efetuados por uma pessoa conhecida apenas como “Adriano” e que o motivo da agressão foi por “desentendimento na compra de passarinhos”.

A vítima disse aos policiais que não tinha nenhum interesse em representar contra o agressor, não fornecendo detalhes sobre o seu paradeiro. A equipe policial realizou diligências no local do fato, porém não obteve êxito. O fato foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil (DPC).

Moradores do Cacheado são convocados para atualização de cadastro do ‘Minha Casa, Minha Vida’

minha casa minha vidaA Secretaria de Habitação de Petrolina (Sehab) está convocando os moradores do bairro Cacheado, contemplados no programa ‘Minha Casa, Minha Vida’ a atualizar seus dados cadastrais. O processo, segundo a Secretaria, é necessário para o recebimento do imóvel. Atualmente os moradores da comunidade estão em casas alugadas através do Aluguel Social, pago pela prefeitura.

Para atualização do cadastro, os beneficiários devem retirar uma senha de atendimento na sede do plantão social do Cacheado – a “Casa Amarela” -, de segunda a quarta-feira (10 a 12 de agosto) das 17h às 20h. O recebimento dos documentos acontecerá quinta e sexta-feira (13 e 14), na Sociedade 21 de Setembro, por trás do prédio da Prefeitura. A data e horário do atendimento de cada morador será informado na senha.

A documentação necessária para atualização de cadastro habitacional (original) é a seguinte:

-Certidão de Nascimento ou Casamento (divorciados com averbação) / Certidão de óbito (viúvo/a);
-CPF e RG (do casal);
-Carteira profissional;
-Título de eleitor (do casal);
-Certidão de Nascimento dos filhos (menores de idade);
-Comprovante de residência atualizado;
-Cartão Bolsa-Família;
-Laudo Médico contendo a espécie, grau/nível e CID (caso no grupo familiar tenha necessidade especial).

Mais de R$ 3 milhões serão investidos em trabalhos sociais em residenciais do ‘Minha Casa, Minha Vida’ em Petrolina

assinatura lossioO prefeito de Petrolina, Julio Lossio, assinou ontem (5) a ordem de serviço para atender os mais de 10 mil moradores dos residenciais Monsenhor Bernardino e Nova Petrolina, do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, com trabalho social. A iniciativa tem como objetivo estimular novos hábitos e transformar a realidade das famílias que receberam suas casas novas.

De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, a gestão municipal está injetando neste projeto, que envolve os empreendimentos Nova Petrolina e Monsenhor Bernardino, investimentos que ultrapassam R$ 3 milhões. O secretário extraordinário de Habitação, Edinaldo Lima, também chancelou o documento.

Para Edinaldo Lima, através deste trabalho será possível exercitar a cidadania dos atendidos e permitir que criem relações de sociabilidade com seus vizinhos. O prefeito reforçou a necessidade de oferecer aos moradores orientações sobre a importância do cuidado com o patrimônio que pertence a eles. “A gente fica triste quando chega e encontra brinquedos quebrados e outras depredações. Precisamos orientar melhor essas famílias e ajudar essas pessoas a construir a verdadeira cidadania”, pontuou.

Com experiências exitosas em outros residenciais, que fazem parte do Minha Casa, Minha Vida em Petrolina, o trabalho técnico social possui um caráter educativo e de mobilização juntos às comunidades atendidas pelo Programa, objetivando a conservação das moradias e também das áreas comuns aos usuários. (foto: Ascom PMP/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br