Enquete

Circuito de corrida arrecada três toneladas de alimentos e doa a 100 famílias ligadas à Apae de Petrolina

alimentos doação apaeFamílias em situação de vulnerabilidade social ligadas à unidade petrolinense da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) serão beneficiadas com três toneladas de alimentos arrecadados durante a segunda edição do Casco de Peba – corrida de aventura realizada nos dias 20 e 21 deste mês, em Petrolina. Os alimentos serão distribuídos entre 100 famílias ligadas à associação.

Para a gente foi um sonho concretizado. Temos mais de 600 alunos e 90% deles sobrevivem de programas sociais. E além das doações, ficamos muito felizes com o evento de lazer ocorrido no Sesi, levando diversão às nossas crianças e jovens. A instituição agradece profundamente“, destacou a gestora da organização, Vanda de Souza Ferreira.

De acordo com o idealizador do Casco de Peba, Saulo Rosa, o evento foi considerado um sucesso. “Pulamos de menos de 100 para 280 inscritos e de todos os tipos, desde iniciantes a experientes em corridas de aventura. Recebemos apoio da Polícia Militar, do Exército, Marinha, Bombeiros e também de empresas de vanguarda, que entendem como investir no esporte é importante para a nossa sociedade”, disse.

Terceira edição

Segundo a gestora de marketing do evento, Aléssia Saluára, a terceira edição já está sendo desenhada. “Já visualizamos um evento ainda maior, com mais parceiros e mais solidariedade, mas com foco em desenvolver o esporte, tornando-o acessível a todos. Afinal, essa foi nossa missão“, adiantou. (foto/divulgação)

Trânsito de Petrolina fica lento até em locais onde não deveria ficar

tráfego tobias barretoO trânsito de Petrolina anda tão complicado que já começa a apresentar problemas até em locais onde o tráfego de veículos fluía normalmente.

É o caso da Rua Tobias Barreto, nas imediações do polo médico, Centro da cidade. Essa via pública, há bem pouco tempo, funcionava como ‘atalho’ de muitos motoristas para evitar o fluxo mais intenso de veículos no Centro.

Mas até na Tobias Barreto os pequenos engarrafamentos já começam a se formar, gerando reclamações. A foto foi registrada por Janko Moura, na tarde desta quarta-feira (1°). Lamentável.

Representantes do IML esclarecem demora em recolher corpo de comunitário no bairro José e Maria

bandeira Policia CivilRepresentantes do Instituto Médico Legal (IML) de Petrolina entraram em contato com o Blog para esclarecer as denúncias sobre a demora do instituto em recolher ontem (30/06) o corpo do comunitário Mariano José Alves, que faleceu no meio da rua enquanto seguia para uma consulta na unidade de Atendimento Multiprofissional Especializado (AME), no bairro José e Maria, zona norte da cidade.

De acordo com familiares, o corpo do homem teria permanecido “largado” no meio da rua por mais de quatro horas.

Segundo os funcionários do Instituto, a demora ocorreu devido ao cumprimento do protocolo, que deve ser tomado diante destas circunstâncias.  O IML esclareceu ainda que o instituto só pode recolher o corpo depois que a Delegacia de Polícia Civil (DPC) e o Instituto de Criminalística (IC) cumprirem os procedimentos no local.

Trilhando um novo caminho

pedro fillipe governistaO destino de alguns dos vereadores da Casa Plínio Amorim eleitos em 2012 caminha para ser diferente na campanha municipal do ano que vem.

Nos bastidores o ‘tititi’ acerca de uma aproximação do vereador oposicionista Manoel da Acosap (PHS) com o prefeito de Petrolina, Julio Lossio (PMDB), cresce a cada dia. Mas isso nem chega a ser novidade, uma vez que em 2008 Manoel já tinha acompanhado Lossio em sua primeira eleição.

Novidade mesmo seria Pedro Fillipe (PLS) – outro eleito em 2012 no palanque oposicionista – assumir de vez que joga no time dos governistas. Como, aliás, já fez há muito tempo seu colega Elias Jardim (PP).

Os dois inclusive estavam na solenidade de lançamento do Plano Municipal de Educação (PME), realizado ontem por Lossio, em seu gabinete.

Outro que estava por lá era Geraldo da Acerola (PT), o qual se diz com uma “postura independente” na Casa Plínio Amorim – ele e sua colega de partido, Cristina Costa. Neste caso é o PT quem vai decidir o que quer que eles sejam. Já andaram em sintonia com a base de Lossio, mas agora nem tanto assim, uma vez que o prefeito vem dando sinais de distanciamento com o partido.

O caminho dos petistas, por enquanto, é uma incógnita para 2016.

Tubulação se rompe a poucos metros da Compesa e afeta abastecimento no Centro de Petrolina. Companhia promete consertar ainda hoje

Avenida Tancredo NevesUm rompimento na rede de tubulação de 300 milímetros, na Avenida Tancredo Neves, Centro de Petrolina, afetou o abastecimento d’água no Centro de Petrolina. Detalhe: o problema aconteceu próximo à sede da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

Em nota de sua assessoria de comunicação, a gerência Regional da Compesa ressaltou que as equipes já trabalham no conserto da tubulação. “A previsão é de que os serviços sejam concluídos até as 20h de hoje, quando o abastecimento será normalizado”, prometeu a empresa.

Moradora da Vila Eduardo leva Jeep Renegade sorteado pelo River Shopping

Renegade SportUma moradora da Vila Eduardo, em Petrolina, começou o mês de julho com o pé direito. Ela levou para casa o lançamento nacional da Jeep, o SUV compacto Renegade Sport – sorteado ontem (30) pelo River Shopping.

A sortuda é Maria Sílvia Botelho, que concorreu com seis cupons. Segundo o River, a campanha contou com 35.306 cupons de consumidores que compraram nas lojas participantes da promoção.

Este ano, o River Shopping promoveu uma ação conjunta de marketing e unificou as campanhas de Dia das Mães e Dia dos Namorados.

Homem morre a caminho de AME do José e Maria e IML leva mais de 4 horas para recolher corpo do meio da rua

IMLUm homem de 39 anos morreu ontem (30) no meio da rua enquanto seguia para uma consulta médica na unidade de Atendimento Multiprofissional Especializado (AME), no bairro José e Maria, zona norte de Petrolina.

O fato por si só abalou a família, mas o que já era triste ficou ainda pior depois que os parentes de Mariano José Alves viram o corpo dele permanecer largado na via pública por mais de quatro horas.

Segundo a irmã da vítima, o homem estava muito doente e seguia para uma consulta de rotina, quando o fato aconteceu. “Ele já estava muito doente e ia para uma consulta. Aí caiu e morreu no meio da rua, por volta das três horas da tarde. Mas o que está revoltando a gente é que o corpo ficou largado até mais de sete e meia da noite e o IML não apareceu para remover”, disse.

A comunitária disse ainda que a família ligou para a Polícia e para o IML na tentativa de recolher o corpo, mas o atendimento só foi feito por volta das 19h40.

Meu filho já foi lá [ao IML] e o policial civil também me disse que já informou o caso ao IML desde cedo, e eles não apareceram. Se a família pudesse pelo menos levar o corpo, a gente já tinha levado. Isso é muito triste, uma falta de respeito muito grande com o ser humano”, desabafou a irmã, Mirivalda Alves, em entrevista ao repórter Paulo Ricardo, da Ponte FM. O Blog procurou o Instituto Médico Legal (IML), que assegurou que irá esclarecer os fatos.

Nova diretoria do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher é empossada em Petrolina

conselho direitos mulher petrolinaO município de Petrolina deu mais um passo importante em relação à garantia de políticas públicas destinadas à cidadania das mulheres.

Uma solenidade realizada nesta terça-feira (30/06) marcou a posse da nova diretoria do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDMP). A cerimônia aconteceu no Espaço de Eventos da Secretaria de Cidadania.

A entidade tem caráter permanente, prepositivo, consultivo, executivo e deliberativo, cuja função é de propor, junto à esfera pública, políticas sociais voltadas a ratificar os direitos da mulher.

A secretária de Cidadania, Célia Regina Carvalho, que representou o prefeito Julio Lossio, disse que o Conselho “é uma conquista” para Petrolina. Ela aproveitou a oportunidade para ratificar o apoio necessário de sua pasta para que os trabalhos do CMDMP já comecem com a demanda da Conferência Municipal, marcada para o mês de agosto.

O CMDMP, que é paritário, foi instituído pela Lei Municipal 1.153/02 e reestruturado pela Lei Municipal de n° 2.696/2015. As atribuições do Conselho da Mulher são formular diretrizes gerais e o plano municipal de políticas para a promoção dos direitos das mulheres; articular, junto aos órgãos governamentais e seguimentos da sociedade, a implantação do plano municipal de políticas para as mulheres; e assessorar o governo municipal, acompanhando e controlando a elaboração e a execução de programas e projetos de políticas públicas para as mulheres.

Confiram, abaixo, a relação das novas conselheiras empossadas para o biênio 2015/17.

Secretaria executiva da Mulher: Titular – Roseane de Souza Farias/Suplente – Rosilene Nogueira da Silva;

Secretaria Municipal de Saúde: Titular – Rosicleide Maria Nazaré da Silva Soares/Suplente: Vanecia Sousa Nogueira

Secretaria executiva de Acessibilidade: Titular: Stfane Barros Hipólito/Suplente: Rosimary Andrade Nobre;

Secretaria de Planejamento e Orçamento: Titular – Marlucia das Neves Alves/ suplente: Crispina Menezes da Silva Benevides;

Secretaria Municipal de Educação: Titular – Luzimar Nunes Amariz/ Suplente: Marinalva de Araújo Marques;

Poder legislativo: Titular – Maria Cristina Costa de Carvalho/Suplente: Maria Elena de Alencar;

Secretaria Segurança Cidadã: Titular – Maria do Socorro Neto/Suplente: Denevalda Cavalcante Amorim;

Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA): Titular – Denise Williane da Silva lima/Suplente: Flávia Teixeira de Souza;

Lions Club Petrolina Centro: Titular – Luzia de Assis Barbosa Gurgel/Suplente: Maria Pinheiro Costa;

Federação das Associações do Município de Petrolina (Feamupe): Titular – Maria Elieide da Silva/Suplente: Ijoelcida Passos Ferreira;

Universidade Federal do Vale do São Francisco: Titular – Alvany Maria dos Santos Santiago/Suplente: Paula da Luz Galrão

Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR): Titular – Lucilene dos Santos/Suplente: Aldemira Maria Evangelista Pereira;

Associação dos Agentes Comunitários de Saúde de Petrolina (Acosap): Titular: Dilma de Souza Alves/Suplente: Dulcinete Dias de Oliveira;

Associação de Mulheres Rendeiras: Titular: Cícera Josefa Rodrigues/Suplente: Márcia Alves de Oliveira;

União Brasileira de Negros (Unegro): Titular: Ana Paula de Lima Silva/Suplente: Tiago da Silva Carvalho;

União Brasileira de Mulheres (UBM): Titular: Jussara Barbosa Pereira/Suplente: Vanessa Carine Chaves.

(foto: Ascom Assessoria de Cidadania/PMP)

Após denúncias no Blog, condutores “folgados” param de estacionar motos em calçadas de Petrolina

IMG-20150701-WA0000 (1)Depois das reclamações feitas neste Blog por alguns moradores, o cenário das calçadas na Praça da Simpatia, nas proximidades do Estádio Municipal Paulo Coelho, Centro de Petrolina, já é bem diferente.

Por lá, os pedestres estavam incomodados com os condutores de motocicletas que insistiam em estacionar os veículos na calçada, impedindo a passagem. Mas, como se pode ver na foto acima, enviada através do WhatsApp, os motoqueiros parecem ter aprendido a lição.

Pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), estacionar sobre calçada corresponde a infração grave, com multa de R$ 127,69 e acúmulo de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Coordenador da 8ª Ciretran rechaça denúncia de suposto favorecimento de despachantes no agendamento eletrônico

ciretran petrolina_640x480Usuários da 8ª Ciretran/Detran-PE em Petrolina questionam o órgão de trânsito por supostamente favorecer os despachantes no atendimento eletrônico.

“Preciso emplacar a minha moto, mas não tem a opção de agendamento para Petrolina, e se passar do prazo quem sofrerá as consequências são as pessoas que de certa maneira vão ter de recorrer aos despachantes, que chegam a cobrar até R$ 180 para fazer o serviço”, diz um usuário, que prefere não ser identificado.

O coordenador da 8ª Ciretran na cidade, Wenderson Batista, no entanto, rechaçou veementemente, que possa haver qualquer tipo de favorecimento dentro do órgão estadual.

Não existe esse favorecimento. O que acontece são esses feriados, paralisações, entre outros motivos que levaram a instituição ter ficado fechada, em todo Estado. As pessoas envolvidas e responsáveis por fazer a disponibilidade dos agendamentos tiveram um acúmulo de serviço. Tudo isso é feito na sede”, declarou.

Com relação aos despachantes, Wenderson ratificou não existir tal favorecimento. O que ocorre, segundo ele, é que esses profissionais já sabem o setor no qual irão procurar, o que acaba agilizando o serviço dos mesmos. “Apenas eles sabem por onde fazer agilizar os trâmites. Situação idêntica acontece com os despachantes de todos os outros órgãos, a exemplo da Caixa Econômica na questão do financiamento das casas, na justiça para o cidadão recorrer para solucionar várias questões em que recorrem aos advogados, e por aí vai”.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br