Michel Temer sanciona salários de servidores do Judiciário e do MPF

michel temerO presidente interino Michel Temer sancionou sem vetos os projetos de lei que garantem reajustes para servidores do Judiciário e do Ministério Público Federal (MPF). Os aumentos serão pagos gradativamente em parcelas até 2019, e, somente no ano que vem, vão gerar impacto de mais de R$ 5 bilhões.

As propostas foram aprovadas no fim do mês passado pelo Senado Federal, e determinam reajuste de 41% dividido em oito parcelas aos servidores do Judiciário e de 12% aos funcionários do MPF. As duas leis serão publicadas na edição desta quinta-feira (21) do Diário Oficial da União.

Além do vencimento básico, as medidas preveem aumentos na gratificação judiciária e dos cargos em comissão. À época da aprovação, o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, disse que os reajustes não teriam impacto negativo nas contas do governo. (fonte: Agência Brasil/foto reprodução)

Sento-Sé: Servidores municipais desmentem “propaganda” da prefeitura e garantem que continuam com salários atrasados

downloadEm Sento-Sé, no norte da Bahia, os servidores municipais ainda travam uma ‘queda de braço’ com a prefeitura na tentativa de receber seus salários atrasados. Por meio de nota enviada ao Blog, representantes do sindicato da categoria decidiram negar a informação divulgada pela prefeitura, através de carro de som, na qual a administração garante ter quitado os pagamentos.

Acompanhem:

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sento-Sé vem a público esclarecer a população que ao contrário do foi informado pela Prefeitura de Sento Sé, no dia de ontem (13), por meio de carro de som, os pagamentos dos servidores ainda não foram efetuados em sua totalidade.

Informa que os servidores da Saúde até o momento não receberam seus salários do mês de junho e que desde o ano de 2014 esses servidores vêm sofrendo com atrasos de pagamentos. Esclarece ainda que a prefeitura tem a obrigação de realizar os pagamentos de todos os seus servidores até, no máximo, o quinto dia útil, conforme determina a Lei.

Por fim, comunica a todos os servidores que se sofrerem ameaças e assédio moral por parte da gestão, informem ao Sindicato para que as providências sejam tomadas.

José Carlos de Souza Silva/Presidente

Servidores do MPPE aguardam reajuste salarial de 11%

Os trabalhadores do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) aguardam, desde maio, um parecer do procurador-geral de Justiça Carlos Augusto Guerra sobre o reajuste salarial referente ao ano de 2016. Durante assembleia organizada pela Federação Nacional dos Trabalhadores dos Ministérios Públicos Estaduais (Fenamp), os sindicatos presentes, entre eles o Sindicato dos Servidores Públicos de Pernambuco (Sindsemppe), elaboraram um ofício solicitando o reajuste. Estados como o Piauí, Paraíba, Paraná e Rio Grande do Sul já tiveram a demanda atendida.

O reajuste é garantido por lei, de acordo com a resolução número 53 do Conselho Nacional do Ministério Público, que determina a reposição da inflação anual. “No ano passado, nós tivemos um reajuste de apenas 8%, quando a inflação foi de quase 11%, ou seja, ficou negativo para os trabalhadores“, explicou Fernando Ribamar (foto), presidente do Sindsemppe. Ele explica que, na época, o procurador-geral de Justiça Carlos Augusto Guerra afirmou não ter condições de se posicionar sobre o assunto. “Entregamos o ofício e recebemos a resposta de que estavam esperando uma melhora nas contas do Estado para que houvesse uma disponibilidade orçamentaria para o reajuste“, continuou Fernando.

Porém, de acordo com Sindsemppe, o reajuste salarial não iria inviabilizar financeiramente o MPPE, já que apenas 20% da folha são recursos destinados aos servidores. “Seria um acréscimo de apenas 2% na folha. Ressaltamos que não se trata de aumento salarial. Existe uma determinação constitucional que garante o reajuste, que é a reposição inflacionária para que seja mantido o poder de compra“, explica. O sindicato deliberará em assembleia o posicionamento que irá tomar para tentar conseguir resposta concreta do procurador-geral, assim como um acordo sobre a pauta. (fonte: Ascom Sindsemppe/foto: Gustavo Glória/divulgação)

Servidores da Compesa devem entrar em greve a partir desta sexta-feira

COMPESA-19980Os 3,6 mil servidores da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) das áreas administrativas, técnica e manutenção entrarão de greve por tempo indeterminado a partir da próxima sexta-feira (8). O presidente dos Urbanitários de Pernambuco, José Barbosa Gomes, disse que os serviços essenciais como tratamento e distribuição de água não serão afetados.

A paralisação acontecerá porque a categoria não aceitou a proposta de reposição da inflação de 9,33% em duas parcelas. “Queremos que a reposição seja dada sem parcelamento, a manutenção das conquistas e elevação no tíquete de R$ 27 para R$ 30 por dia“, frisou. (fonte: Folha PE)

Ex-prefeito de Dormentes é alvo de investigação da PF por impropriação indébita, mas justifica

Geomarco Dormentes1Em meio a uma pré-candidatura visando às eleições deste ano em Dormentes (PE), no Sertão do São Francisco, o ex-prefeito Geormarco Coelho está sendo alvo da Polícia Federal (PF) por crime de apropriação indébita.

De acordo com informações repassadas ao Blog, o problema diz respeito a irregularidades detectadas pelo Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) quanto ao desconto de R$ 129.140,21 dos servidores do município, em 2011, durante a segunda gestão de Geomarco à frente da prefeitura.

O Tribunal alega que esse desconto não foi repassado à Previdência dos servidores. Se condenado, Geomarco poderá pegar de dois a cinco anos. Em resposta, o ex-prefeito disse a este Blog que não se recusou nem deixou de pagar a dívida. Apenas decidiu parcelar esse valor. “A prefeitura ainda está pagando esse parcelamento”, ressaltou.

Geomarco explicou ainda que precisava realizar ações “pela população mais pobre” de Dormentes, à época, e que sua decisão “é prática normal em 95%” dos municípios.

Erro em sistema deixa servidores de Petrolina com salários pela metade e revoltados

Prefeitura2Servidores da Prefeitura de Petrolina não conseguem disfarçar a irritação pelo fato de terem recebido seus vencimentos deste mês apenas pela metade.

Segundo informações repassadas ao Blog, teria ocorrido um erro no sistema de dados da prefeitura que ocasionou o problema, e que sairia uma folha complementar até quarta-feira (1) com vistas a sanar o contratempo. Mas até o início da tarde de ontem (2) a bronca persistia.

Uma fonte disse que nenhuma satisfação foi dada aos servidores, o que serviu para aumentar ainda mais o aborrecimento. Sobre o assunto, o Blog deixa o espaço garantido para os devidos esclarecimentos.

Sindicato dos Servidores do INSS em Petrolina fará protesto contra reforma da Previdência

INSSO Sindicato dos Servidores da Previdência em Pernambuco (Sindisprev-PE) realizará um a ato público nesta terça (31), a partir das 9h30, no Centro de Petrolina. A categoria, que tem o apoio da Frente Brasil Popular, protestará contra a reforma da Previdência Social. A mobilização sairá da agência do INSS na cidade, na Rua Tobias Barreto.

“Dia após dia, o ilegítimo Governo Temer tem anunciado medidas contra direitos adquiridos pelos trabalhadores e trabalhadoras, depois de décadas de luta”, ressalta a nota da Frente Brasil Popular.

Assim como o Sindisprev, o movimento acredita que o ato de acabar com o Ministério da Previdência Social “é emblemático” quanto ao “desprezo” do presidente interino Michel Temer contra os trabalhadores do setor.

Após assembleia, servidores do Detran-PE descartam greve

servidores Detran-PENão vai ter greve. Esta foi a decisão dos servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) após assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (20), na sede do órgão, que fica no bairro da Iputinga, na Zona Oeste do Recife. A categoria havia decidido, nessa quinta, fazer uma paralisação de advertência por 24h, mas resolveu aceitar o reajuste salarial de 12% oferecido pelo órgão. Com a decisão, as atividades voltam ao normal na próxima segunda-feira (23).

“Resolvemos aceitar o reajuste de 12% e vamos dar até a próxima sexta-feira para que o governador sancione a lei e autorize o pagamento da folha extra”, declarou Alexandre Bulhões, presidente do Sindicato dos Servidores do Detran-PE (Sindetran). A assembleia desta sexta foi convocada porque, segundo a categoria, o acordo firmado para a finalização da greve ocorrida entre os dias 4 de março e 7 de maio deste ano não havia sido cumprido.

Após negociações, os servidores conseguiram o aumento de R$ 100 no vale alimentação e aceitaram o reajuste de 12%, que foi enviado pelo Detran-PE nessa quinta para a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Em entrevista à Rádio Jornal, Alexandre declarou que alguns pontos do acordo assinado em agosto de 2015 ainda precisam ser avaliados. “Um deles é o pagamento de gratificação para os examinadores do pátio, lei que não é cumprida desde 2008, o pagamento da insalubridade para o vistoriador, são alguns pontos”, comentou.

Além disto, também fica pendente a contratação permanente do plano de saúde. O reajuste pedido inicialmente pela categoria era de 32,85%, mas o acordo feito no fim da greve foi de que seria dado um reajuste de 3% e seria corrigida a distorção na tabela do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) em até 18%, o que geraria um aumento de 21% para a maioria dos trabalhadores.

Multa

A última greve dos servidores durou quase um mês e chegou a ser considerada ilegal pela Justiça de Pernambuco. Na época, foi estabelecida uma multa por dia em que a decisão não fosse cumprida e o desembargador Marco Maggi chegou a determinar o bloqueio de R$ 2.320.000 da associação e do sindicato que representam a categoria época. (Fonte: JC Online/foto: Rafael Carneiro)

Servidores do Detran-PE podem entrar em greve a partir desta sexta-feira

simulado-detran-pe-2011Os funcionários do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) podem entrar em greve a partir desta sexta-feira (20). Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores (SindDetran-PE), Alexandre Bulhões, um acordo feito pelo presidente do Detran deveria ser cumprido até esta quinta-feira, mas nesta quarta o sindicato foi alertado que o combinado não iria se concretizar.

A greve fará com que todos os serviços sejam suspensos, incluindo os trabalhos nas sedes e em lojas dos shoppings. Caso a paralisação aconteça, o candidato que iria fazer testes para a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) durante o período de greve deverá agendar outro dia para o exame.

O mais provável é que a greve aconteça, mas caso mude o entendimento do presidente do Detran, nós podemos suspender a paralisação“, contou o presidente do SindDetran. Neste ano a categoria cruzou os braços por 34 dias.

Entre as principais reivindicações estão o aumento em R$ 100 no vale alimentação, que apesar de ter aumentado no mês de maio ainda não foi recebido pelos funcionários, a reposição de perdas salariais e a contratação do plano de saúde, visto que a empresa não aceitará mais renovar o contrato, que era apenas emergencial. “Os servidores ficarão sem planos de saúde, caso o acordo não seja firmado”, disse Bulhões. (fonte: Diário de PE)

Reajuste dos servidores da Facape é aprovado por unanimidade

sessão servidores facape

Sem a presença dos servidores da Faculdade de Ciências Aplicadas de Petrolina (Facape), os vereadores da Casa Plínio Amorim aprovaram pela maioria dos votos (17 a zero) nesta terça-feira (10) o projeto de lei de autoria do Executivo, que determina o reajuste salarial dos servidores da autarquia.

Esse, aliás, foi o único projeto pelo qual o prefeito Julio Lossio (PMDB) pôde comemorar.

Entre os projetos do Legislativo aprovados na sessão plenária de hoje, o destaque foi para o de autoria do vereador Adalberto Filho (PMDB), que institui a presença de um bombeiro civil em edificações e eventos que envolvem grandes públicos. O projeto já tinha sido adiado por algumas vezes.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br