Cedro: Sindicato dos Servidores Municipais pressiona prefeitura por pagamento dos salários atrasados de dezembro

No município do Cedro (PE), Sertão Central, continua a batalha dos servidores efetivos da prefeitura municipal para receber os salários atrasados referentes ao mês de dezembro de 2016.

De acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Cedro (Sindismuc), o ex-prefeito Josenildo Leite (o ‘Neguinho de Zé Arlindo) deixou dinheiro em caixa, oriundo de recursos da repatriação, para que seu sucessor, Antonio Leite, quitasse a pendência com os servidores. Mas o atual gestor desconversa e afirma que vai priorizar o pagamento da categoria no mês de janeiro. Ele também não deu previsão sobre quando poderá honrar a dívida da administração passada.

Enquanto isso, o Sindismuc até já enviou um ofício a Antonio Leite sobre o assunto, mas só recebeu de volta o silêncio do Executivo Municipal. A entidade promete que continuará a cobrança pelos direitos da categoria.

Aprovados em concurso da Prefeitura de Juazeiro tomarão posse nesta quinta

Os 78 aprovados no último concurso da administração municipal de Juazeiro (BA), realizado em abril do ano passado, serão empossados na manhã desta quinta-feira (19). O número do Edital de convocação é 614/2016, de 19/12/2016. A solenidade será no auditório da Secretaria de Educação e Juventude, Centro da cidade, às 9h.

Das 141 vagas ofertadas no edital, houve a necessidade de outras 15, o que elevou o número de convocados para 156 em relação aos cargos de nível médio, técnico e superior para o quadro efetivo do município.  A posse dos novos servidores é imediata. Desde a semana passada os aprovados cumprem a etapa de entrega de documentação, exames médicos e admissional. (foto/arquivo divulgação)

Prefeitura honra compromisso e servidores da Educação de Petrolina recebem bônus do Fundeb

Um servidor da Rede Municipal de Ensino de Petrolina informou a este Blog que o bônus do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) começou a ser pago nesta terça-feira (17). A promessa havia sido feita numa reunião, há poucos dias, entre o prefeito Miguel Coelho e diretores do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp).

“Acredito que todos os professores já tenham recebido. É um dinheiro que, por sinal, chega em boa hora”, comemorou o servidor. A reportagem entrou em contato com a assessoria da Secretaria Municipal de Educação, que confirmou o pagamento a toda a categoria.

“Cumprindo o acordo feito com a representação sindical, a Prefeitura Municipal de Petrolina confirma o pagamento do bônus financeiro para professores em regência, fruto do rateio das sobras do Fundeb. Os servidores tiveram o valor de R$ 1.565,00 creditado em suas contas nesta terça-feira (17). Sobre este valor não é incidido nenhum desconto”, diz a secretaria, em nota.

Prefeitura de Casa Nova é mais uma a convocar servidores para recadastramento

Com o objetivo de atualizar os dados cadastrais dos servidores em atividade e adequar a distribuição dos recursos humanos, a Prefeitura de Casa Nova é mais uma no norte da Bahia a convocar todos os servidores junto ao seu órgão de lotação, onde deverão efetuar o recadastramento. As condições para a atualização dos dados estão definidas e expostas no Decreto nº 023, publicado no último dia 9, no Diário Oficial do Município.

O secretário de Governo, Carlos Alves Costa, reforça que, além da atualização necessária, o recadastramento visa principalmente à valorização do servidor, além da promoção do zelo pelo interesse público. Aquele que, sem justificativa, não realizar o recadastro dentro do prazo terá suspenso o pagamento dos seus vencimentos, sem prejuízo de outras medidas cabíveis.

O período para efetuar o recadastramento segue até o dia 2 de fevereiro e é feito somente mediante o comparecimento do servidor junto ao seu órgão de lotação, munido da cópia de documentos especificados no decreto.

Curaçá: Após reclamações, nova gestão diz que vai pagar salários atrasados de funcionários efetivos e estáveis

Em Curaçá, no norte da Bahia, os funcionários efetivos e estáveis da Prefeitura ainda não receberam os salários do mês de dezembro passado. A reclamação é grande, mas a nova gestão informou, por meio de nota, que está tomando as medidas cabíveis para realizar o pagamento. Na mesma nota, a prefeitura acusa a gestão passada de ter dificultado a transição e não ter repassado os documentos necessários.

Acompanhe:

A Prefeitura Municipal de Curaçá, informa aos funcionários efetivos e estáveis, que o pagamento dos salários referente ao mês de dezembro/2016 ainda não foi efetuado porque a Gestão anterior além de não cumprir o seu dever e pagar os funcionários, também não repassou as informações com relação ao Relatório de Restos a pagar, tentando tumultuar o processo de transição.

 Estamos tomando as medidas necessárias para resolução do problema, em respeito aos servidores atingidos.

Ascom/PMC

Servidores municipais do Cedro reivindicam salários atrasados de dezembro, mas atual prefeito não dá previsão

Mais um município pernambucano está às voltas com atraso nos vencimentos dos servidores. No Cedro (PE), Sertão Central, a reclamação da categoria é com os salários de dezembro do ano passado, que ainda não foram pagos.

O ex-prefeito Neguinho de Zé Arlindo assegurou ter deixado os recursos da repatriação para o pagamento dos servidores, chegando inclusive a divulgar a informação em grupos de WhatsApp (foto).

No entanto, o atual gestor Antonio Leite disse, em recente entrevista a uma emissora de rádio local, que a prioridade é pagar os salários dos servidores de janeiro deste ano. Ele também não deu previsão de quando quitará a folha herdada do seu antecessor.

“A intenção é pagar, e se Deus quiser vamos pagar. Mas não temos um prazo definido. No momento vamos priorizar o pagamento da folha de janeiro e negociar o de dezembro. Analisaremos depois nosso saldo, nossos limites, para que possamos dar respostas mais concretas para os servidores”, declarou.

Giro de notícias

Mais lixo removido em Petrolina 

A manhã de ontem (12) foi de mais trabalho para as equipes de limpeza da secretaria de Desenvolvimento Urbano e sustentabilidade de Petrolina. Lixo, entulho, restos de poda e outros materiais que estavam acumulados na Rua Cabo Maurivam, na Areia Branca, zona leste da cidade, foram retirados do local. A demanda já havia sido reivindicada, inclusive, por comunitários através deste Blog. O que chama a atenção é que no local havia uma caixa coletora de resíduos colocada pela gestão passada para atender quem trabalha na feira livre do bairro, mesmo a rua estando entre a Escola Estadual Otacílio Nunes e uma unidade de saúde. O secretário de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade de Petrolina, Eduardo Carvalho, demonstrou preocupação diante do problema causado. “É inadmissível colocar uma caixa de coleta de lixo ao lado de um posto de saúde e uma escola, e ainda não fazer a limpeza frequente do local. Muito além de um problema de limpeza, é uma questão de saúde pública“, criticou. Depois da limpeza, a caixa de coleta foi retirada do local e será colocada num outro ponto, adequado, nas proximidades da feira livre da Areia Branca. (foto/Ascom divulgação) (mais…)

APLB/Sindicato de Juazeiro manifesta-se sobre atraso em pagamento de abono de férias dos trabalhadores da educação

Em nota, a direção da APLB/Sindicato de Juazeiro (BA) manifestou-se sobre o atraso no pagamento do abono de férias dos trabalhadores da rede municipal de Educação, referente  ao período  de 2016.

Acompanhe:

A APLB-Sindicato, delegacia do Baixo e Médio São Francisco, vem a público se posicionar a respeito do atraso no pagamento do abono de férias da Educação na rede municipal, correspondente ao período aquisitivo de 2016.

Cumprindo o seu papel de órgão fiscalizador, prezando pela garantia dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras em Educação da Rede Pública Municipal de Juazeiro-BA, ainda de acordo com o que lhe compete, pautados no que rege a legislação em vigor, a APLB informa:

Assim que a informação de que o pagamento do abono férias da Educação da rede municipal teria sua data ampliada para o dia 20, e não dia 10, como todos estavam aguardando, procuramos a Secretaria de Educação para que justificasse tal mudança, visto que a notícia pegou a todos de surpresa, provocando um enorme transtorno na vida do servidor.     

Fomos atendidos pela secretária de Educação e sua equipe financeira nesta terça, dia 11/01, às 9h, no seu gabinete, que justificou a falta de recursos suficientes para honrar o pagamento do abono no dia 10/01, por conta dos compromissos legais na mudança de um governo para o outro, onde não poderia deixar restos a pagar, mesmo que, em tese, esse governo não tenha sofrido descontinuidade. Um outro fator que vem atrapalhando a vida financeira da Seduc, segundo a secretária Lucinete,  é o fato de que o banco ainda não liberou a senha de acesso e as autorizações de autógrafos para movimentar as contas da secretaria.

A APLB/Sindicato esclarece que todos os servidores da Educação recebem o equivalente a 50% de abono de férias. Todos devem lembrar que essa foi uma conquista nossa, benefício (valorização) que só tem em nosso município, enquanto que nos demais Municípios é pago apenas um terço (1/3) de férias. Somos contra e não aceitamos qualquer tipo de atraso de pagamento de folha de servidor, inclusive a forma que vem sendo repassado o abono férias no nosso município. O abono férias é um direito do trabalhador garantido em Lei. Defendemos que o abono deva ser pago junto com o último salário do ano, no caso o salário de dezembro.

Diante da nossa reivindicação, a nova secretária, Professora Lucinete e sua equipe, abriram o compromisso de atender o pleito da APLB, que foi o seguinte: a partir de agora, incluir o pagamento do abono férias no calendário de pagamento anual da Secretaria, que será divulgado em breve, como também o compromisso de cumprir o reajuste do piso nacional assim que seja divulgado, como sempre aconteceu nos últimos 8 anos.

A Direção

Dormentes: Servidores da Educação cobram pagamento de salário de dezembro e outros benefícios trabalhistas

Em Dormentes (PE), Sertão do São Francisco, os servidores municipais da Educação amargam o atraso no pagamento do salário de dezembro, décimo terceiro e terço de férias. O ex-prefeito Roniere Reis deixou a administração saiu sem efetuar o pagamento, apesar de, no mês passado, os recursos do Fundeb e da repatriação terem entrado na conta da prefeitura para a folha.

A gestão atual do prefeito Geomarco Coelho (PSB), segundo informações, até o momento não fez nenhum pronunciamento de quando irá quitar essa pendência com os servidores efetivos da Educação – que por sua vez cobram explicações e o recebimento dos salários, uma vez que os municípios irão receber também o repasse do FPM que poderia ser usado para sanar o problema. Com a palavra, a prefeitura.

Servidores da Saúde de Petrolina receberão salários atrasados até esta quinta

A Secretaria de Saúde de Petrolina anunciou nesta segunda-feira (9), que os salários dos servidores da pasta, atrasados desde dezembro, serão pagos até quinta-feira (12).

Conforme a nota, só os médicos não receberão agora. A pasta aguarda a chegada de novas receitas nos cofres municipais para quitar o atraso dos médicos até final do mês.

 

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br