Fechar x

Polícia encontra roça de maconha em área do canal da transposição

maconha sertão

Uma plantação com quase 1.580 pés de maconha foi encontrada pela Polícia Militar em Salgueiro (PE), Sertão Central, no dia de ontem (4). A erva era cultivada ao Sítio Tamborio, entre as cidades de Salgueiro e Cabrobó (Sertão do São Francisco), próximo ao canal da transposição.

Com informações repassadas pela Compesa local, a polícia constatou que a água utilizada na roça de maconha estava sendo provavelmente desviada do canal. Ninguém foi preso durante a operação. A ocorrência foi encaminhada posteriormente à Delegacia de Polícia Federal (PF) em Salgueiro.

Vara da Infância inaugura amanhã Projeto ‘Oficinas Preventivas’ em Petrolina

LOGOMARCA OFICINAS PETROLINAA Vara da Infância e Juventude de Petrolina inicia nesta sexta-feira (6) o projeto ‘Oficinas Preventivas’, voltado aos jovens que estão com problemas de indisciplina e violência nas escolas e no ambiente familiar. Segundo a entidade, os adolescentes farão um passeio pedagógico-educacional, com início no Fórum Dr. Manoel Francisco de Souza Filho, às 08h30, passando pela Fundação de Atendimento Socioeducativa (Funase), pela Penitenciária Dr.Edvaldo Gomes e pelo Campus da UPE.

(mais…)

Atendimento a usuários do Bolsa Família em Juazeiro será suspenso nesta sexta-feira

Recadastramento Bolsa FamíliaO atendimento aos usuários do Programa ‘Bolsa Família’ será temporariamente suspenso nesta sexta-feira (6) em Juazeiro (BA).

Segundo nota enviada ao Blog pela Secretaria de Desenvolvimento e Igualdade Social, o serviço será interrompido tanto no prédio da secretaria como na Casa do Bolsa Família, para que seja feita a higienização e dedetização desses locais.

O atendimento ao público deve retornar na próxima segunda-feira (9).

Cunha diz que vai recorrer de afastamento determinado por ministro do STF

cunha5O deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que teve o mandato suspenso na manhã desta quinta-feira (5) pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, está reunido com seus advogados e com deputados na residência oficial da presidência da Câmara e disse que vai apresentar recurso da decisão. Cunha está com o deputado Paulinho da Força (SD-SP) e Benjamin Maranhão (SD-PB).

De acordo com sua assessoria, Cunha permanecerá na residência oficial até o julgamento de outra ação no STF, marcado para a tarde de hoje, quando os ministros julgam ação aberta pelo partido Rede, que também pediu à Corte o afastamento de Cunha da presidência da Câmara com base no argumento de que ele não poderia estar na linha de sucessão presidencial, uma vez que é réu na Justiça.

Cunha foi notificado por volta das 7:30 da manhã da decisão do ministro Teori Zavascki, que deferiu uma liminar determinando a suspensão do mandato de Cunha em atendimento a um outro pedido de afastamento do parlamentar, que havia sido feito em dezembro pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Janot argumentou em seu pedido que Cunha se valia do cargo de presidente da Câmara para constranger deputados e atrapalhar o processo de cassação de seu mandato, em tramitação no Conselho de Ética da Casa. A segurança foi reforçada em frente à residência oficial de Cunha, onde se aglomera uma grande quantidade de jornalistas e começam a chegar manifestantes contrários à Cunha. (De Agência/foto reprodução)

Suspeitos são presos por receptação de moto roubada na zona rural de Salgueiro

20160505052752Policiais Militares da 8º BPM prenderam nesta quarta-feira (4), na zona rural de Salgueiro (PE), Sertão Central, dois homens por receptação de moto roubada.

De acordo com o boletim, o proprietário da moto – que havia sido roubada em dezembro de 2015 – teria reconhecido o tanque de seu veículo, que estava com um menor. Ele disse ter comprado o objeto por R$ 250,00. A partir daí, a equipe policial chegou aos dois suspeitos, José Humbelino, 28 anos, e Jairo Rodrigues, 21.

Com a dupla a polícia também encontrou o chassi, supostamente da moto roubada, em meio à caatinga. Os suspeitos foram conduzidos à delegacia para as medidas legais cabíveis. (foto: 8°BPM/divulgação)

Delegado diz que não foram encontrados indícios de lesão corporal ou anal em aluno agredido: “Foi preciso buscá-lo para fazer a perícia”

IMG-20160505-WA0003

O delegado, Daniel Moreira, responsável pelo caso de agressão ao estudante da Univasf, Anderson Veloso, acredita que pode estar havendo algum tipo de “exagero” por parte da vítima, a qual afirma que foi sequestrada, agredida e violentada sexualmente por três homens em Petrolina.

As agressões teriam ocorrido no último sábado (30/04), mas o fato só foi registrado na segunda-feira (2), quando a polícia começou a investigar o crime. O delegado diz que ainda não teve acesso ao laudo pericial, mas segundo ele, não há indícios de lesão corporal ou anal – conforme a vítima afirma ter sofrido.

Ainda não tenho a perícia, mas extraoficialmente temos a informação que não havia nenhuma lesão. Não havia lesão corporal, nem anal como a vítima alega ter sofrido. Acredito que possa estar havendo algum exagero. Acredito que ele foi sequestrado sim, mas o médico legista não verificou vestígios de violência anal, já que a vítima diz que houve violação com um pedaço de galho (no ânus). Este tipo de lesão é característico, mesmo com três ou quatro dias ainda fica algum vestígio. Ele sofreu um crime homofóbico, mas ainda não sabemos em que grau”, disse.

O delegado também ressaltou que precisou buscar a vítima na universidade, para que a perícia pudesse ser feita. “Tem algumas coisas estranhas. Não sei o que está acontecendo, a vítima procurou a delegacia na segunda-feira e  a encaminhamos para fazer o exame sexológico e traumatológico, e a vítima, simplesmente, não foi fazer.  A vítima foi orientada a comparecer no dia seguinte para formalizar seu depoimento e também não foi. Tentamos contato e não conseguimos, fomos à casa dele (Anderson) e à Univasf para podermos encaminhá-lo à perícia”, contou o delegado.

Casos aleatórios

Sobre os crimes de homofobia em Petrolina, o delegado disse que ainda há poucos registros na cidade e que “uma ou outra agressão” também foi registrada recentemente, porém a polícia não acredita que haja relação entre os dois casos.  “A gente não tem registros de crimes homofóbicos. Tivemos um registro recente, mas acredito que foi aleatório. Mas, pelo que ouvimos da vítima, os agressores pensaram que o estudante fosse homossexual. Mas ele nem é, inclusive reagiu e os agressores fugiram. Acredito que não há relação entre os casos”, informou.

Daniel também esclareceu que a homofobia ainda não é caracterizada como crime, mas pode enquadrar-se no código penal. “Gostaria de esclarecer que não existe a figura típica do crime de homofobia, isso ainda não foi tipificado no Brasil no Código Penal, o que não impede que alguns crimes relacionados à questão do preconceito, de homofobia, sejam tipificados, finalizou, em entrevista ao programa ‘Manhã no Vale’ da Rádio Jornal.

Oposicionistas e governistas divergem e Osório encerra sessão da Casa Plínio Amorim por falta de quórum

sessão casa plinio amorim 050516

A sessão plenária desta quinta-feira (5) na Casa Plínio Amorim terminou novamente antes do esperado. O presidente da Mesa Diretora, vereador Osório Siqueira (PSB), encerrou os trabalhos por falta de quórum, a exemplo da semana passada, mas desta vez não foi pela ausência dos colegas.

Oposicionistas e governistas protagonizaram mais uma queda de braço na Casa, o que resultou no fim antecipado da sessão.

Dois polêmicos vetos do prefeito Julio Lossio foram colocados na pauta para serem analisados – um em relação ao projeto do Executivo referente à instalação de antenas de transmissão na zona rural de Petrolina; o outro, mais polêmico ainda, diz respeito à formalização do acordo da regularização fundiária na zona norte.  Ronaldo Cancão (PTB) pediu a Osório que retirasse de pauta os vetos, mas o presidente manteve as duas matérias.

O vereador da oposição, então, deixou o plenário, sendo seguido por Zé Batista da Gama (PDT), Zenildo do Alto do Cocar (PSB) e Edilsão do Trânsito (PRTB). A medida foi criticada pelos governistas, que sabiam que sem eles não haveria quórum suficiente para continuar a sessão, que foi encerrada por Osório. Mais detalhes pelas próximas horas.

Confira as vagas disponíveis nesta quinta-feira na Agência do Trabalho

desempregoA Agência do Trabalho em Petrolina divulgou mais uma lista com as vagas de emprego disponíveis na cidade nesta quinta-feira (5). Quem for à Agência hoje vai encontrar vagas para atendente de farmácia, assistente de marketing, farmacêutico, auxiliar de cobrança, entre outras.

O atendimento ao público é feito das 7h às 13h. Outras informações podem ser obtidas através do número (87) 3866-6540. A lista completa está disponível no link Relação-das-vagas -05-de-Maio-2016

Residencial Novo Tempo será entregue na próxima segunda-feira, garante prefeitura

DSC_7513Após muita espera dos contemplados, a Prefeitura de Petrolina anunciou a data para entrega dos imóveis do Residencial Novo Tempo, do Programa ‘Minha Casa, Minha Vida’. Segundo a assessoria de comunicação, a entrega das unidades às famílias acontecerá às 9h da próxima segunda-feira (9).

O residencial, com mais de 499 casas, conta com a parceria da entidade Habitat Brasil, responsável pelo trabalho social junto aos beneficiados. Atende às famílias de trabalhadores de mototáxi e servidores públicos com renda bruta mensal de até R$ 1.600,00, sendo composto por duas etapas: Novo Tempo I e II.

Com a entrega do Residencial Novo Tempo, localizado no bairro Pedra Linda, sobe para 9.054 o número de residências entregues em nove empreendimentos na cidade.

Entidades de Petrolina promovem hoje ato contra homofobia

univasf bonfimDiversas entidades de Petrolina participam logo mais, a partir das 16h, de um ato contra a homofobia. A mobilização foi motivada pela agressão sofrida pelo estudante de psicologia da Univasf, Anderson Veloso, na última sexta-feira (30/04).  O jovem conta que foi sequestrado por três homens no bairro Maria Auxiliadora, onde foi agredido e violentado sexualmente.

A estudante de Psicologia da Univasf, Taiane Barros, explica que o objetivo é mostrar a indignação da comunidade diante do crime de homofobia. “Nossa intenção é mostrar a nossa indignação. Queremos convocar a população para mostrar que todos têm direito a liberdade”, disse.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br